Cidades

Quinta-Feira, 16 de Fevereiro de 2017, 19h:29 | Atualizado: 16/02/2017, 19h:33

caso rodrigo

Após depor por 4h30 Ledur deixa DHPP sem falar; inquérito fase final

Após depor por 4h30 na Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a tenente do Corpo de Bombeiros Izadora Ledur deixou o prédio pelos fundos no estacionamento, sem trocar uma palavra com a imprensa. A defesa da tenente também se limitou a dizer que o inquérito segue sob sigilo e, por isso, não pronunciaria nada.

Gilberto Leite

Izadora ledur

Tenente Izadora Ledur deixa DHPP após depoimento de 4h30 sobre morte do aluno Rodrigo Claro

Agora, a delegada responsável pelo caso Juliana Chiquito Palhares deve concluir o inquérito nos próximos dias e decidir se vai indiciar ou não Ledur por tortura e omissão de socorro no treinamento do resultou na morte do aluno Rodrigo Claro, de 21 anos, em 15 de novembro de 2016.

Momentos antes de terminar o depoimento, a delegada voltou a dizer à imprensa que não vai se manifestar sobre o teor dos esclarecimentos apontados pela tenente. Entretanto, prometeu conceder entrevista após a conclusão do inquérito. 

Rodrigo Claro, que era aluno do curso de formação do Corpo de Bombeiros,  não resistiu ao tratamento na UTI do Hospital Jardim Cuiabá, e morreu após entrar em coma por passar mal durante treinamento da corporação.

O jovem estava há cerca de um ano no curso dos Bombeiros. Na ocasião, a corporação havia informado que durante etapa do Curso de Formação de Soldados, no momento da instrução de salvamento aquático na Lagoa Trevisan, o aluno queixou-se de dor de cabeça ao instrutor.

Ele realizava uma travessia a nado na lagoa com os demais companheiros de curso, com a estrutura de segurança exigida para o evento. Quando chegou à margem do lago, reclamou que não conseguia continuar a instrução porque estava com muita dor de cabeça, mas teria sido obrigado a prosseguir por determinação da tenente Ledur.

Laudo

Nesta semana vazou um laudo emitido pelo Corpo de Bombeiros a respeito da morte de Rodrigo. No documento consta que o tenente Licínio foi negligente com a segurança, ao ignorar que no documento que travava do apoio à instrução de salvamento aquático não havia previsão de ambulância, mas apenas de ônibus para deslocamento dos alunos e, ciente de que a ambulância estava estragada, não cancelou a instrução do 2º Pelotão na Lagoa Trevisan, em 10 de novembro de 2016.

Em relação à tenente coronel Izadora Ledur de Souza, enquanto comandante e instrutora do 2º Pelotão, o laudo aponta que ela também negligenciou ao permitir que Rodrigo fosse à coordenação do curso por meios próprios mesmo ciente de que ele sentia dores fortes de cabeça.

Galeria de Fotos

Credito: Gilberto Leite
Tenente Izadora Ledur deixa DHPP após depoimento de 4h30 sobre morte do aluno Rodrigo Claro
Credito: Gilberto Leite
Tenente Izadora Ledur deixa DHPP após depoimento de 4h30 sobre morte do aluno Rodrigo Claro
Credito: Gilberto Leite
Tenente Izadora Ledur deixa DHPP após depoimento de 4h30 sobre morte do aluno Rodrigo Claro
Credito: Gilberto Leite
Tenente Izadora Ledur deixa DHPP após depoimento de 4h30 sobre morte do aluno Rodrigo Claro
Credito: Gilberto Leite
Credito: Gilberto Leite

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Delator nega sociedade com Mauro

mauro mendes curtinha   Alguns vereadores aproveitaram a presença do ex-governador e delator Silval, na CPI do Paletó, para perguntar sobre eventual sociedade empresarial deste com o ex-prefeito da Capital Mauro Mendes (foto), que ensaia candidatura a governador. Silval esquivou-se. Disse que, no caso de um garimpo, o seu irmão...

Senador opta por ficar no Podemos

jose medeiros curtinhas   Após participar de reuniões com os presidenciáveis Levy Fidelix, do PRTB, e Jair Bolsonaro, que vai trocar o PSC pelo PSL, nas quais recebeu convite para filiação, o senador José Medeiros (foto) decidiu que fica mesmo no Podemos. E vai encampar o projeto de reeleição....

Ex-prefeito decide ficar no DEM

Roland Trentini   O ex-prefeito de Alto Garças, Roland Trentini (foto),  admite que ter sido sondado pelo empresário Silvino Dal Bó, um dos entusiastas do presidenciável Jair Bolsonaro, para reforçar sua campanha em Mato Grosso, angariando apoio dos ruralistas. Apesar de ter recebido o convite para aderir ao...

Silval cita 18 da AL com mensalinho

antonio azambuja curtinha   Silval Barbosa, em oitiva à CPI do Paletó, nesta sexta, na Câmara de Cuiabá, abriu o jogo sobre esquemas de corrupção. E, reforçando a delação, não poupou ninguém. Confirmou ter repassado mensalinho aos deputados na época em que foi...

Eleição da Mesa da AL custou R$ 16 mi

mauro savi curtinhas   À CPI do Paletó nesta sexta (23), o ex-governador Silval Barbosa disse que em todas as eleições da Mesa Diretora houve negociação financeira por votos. Citou como exemplo uma eleição cuja a chapa era formada por Mauro Savi (foto) e Romoaldo Júnior. O delator...

PSDB e vários vereadores a estadual

rodrigo da zaeli curtinha rondonopolis   O PSDB do governador Taques possui uma lista extensa de pré-candidatos a deputado porque inclui vereadores, que não precisam renunciar ao mandato para tentar outro degrau no Legislativo. Os quatro estaduais (Wilson, Saturnino, Baiano e Maluf) vão em busca da reeleição. O...

Silval repete na CPI termos da delação

silval barbosa curtinha   Instruído pelo jurídico para não desmentir a si próprio, o ex-governador e delator Silval Barbosa vai repetir na CPI do Paletó, nesta sexta, na Câmara de Cuiabá, aquilo que afirmou aos procuradores da República e à Justiça, de que o dinheiro entregue pelo...

Juarez não vai a vice e quer ser federal

juarez costa curtinha   Apesar de se colocar como pré-candidato a vice-governador, em chapa a ser encabeçada por Antonio Joaquim, Juarez Costa (MDB) está focado mesmo é na campanha a federal. Ele se animou com essa possibilidade porque o Nortão pode não ter um dos concorrentes. Trata-se de Nilson...

Governador e tudo ou nada à reeleição

pedro taques curtinha   Pedro Taques disse a interlocutores que pode até ter pensado no chamado plano B, que seria candidatura ao Senado, mas sua prioridade em 100% é a busca da reeleição. Avalia que seu governo tem feitos importantes que, quando potencializados na campanha eleitoral, o colocarão em vantagem nas...