Concursos

Quarta-Feira, 31 de Março de 2010, 08h:07 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

Rumo à Copa de 2014

Governo autoriza concurso e abre 376 vagas na segurança

   O governo do Estado assinou decreto autorizando a realização de um concurso para aumentar o quadro de policiais militares e civis e do Corpo de Bombeiros. As provas devem acontecer até julho de 2011. Conforme o secretário de Justiça e Segurança Pública, Diógenes Curado, serão ao menos 376 novas vagas. A intenção do governo é aumentar a segurança gradativamente até a Copa de 2014. Assim, outros três concursos já estão programados para acontecer até lá.

   Neste primeiro momento, serão abertas 200 vagas para soldados da Polícia Militar, 20 para oficiais, 50 para investigadores da Polícia Judiciária Civil, 30 para cargo de escrivão e 20 para delegado. Já para o Corpo de Bombeiros as vagas serão distribuídas em 50 para soldados e 6 para oficiais. 

   De acordo com Curado, a medida visa ações preventivas e repressivas para combater a violência, sem prejuízo da preservação de programas voltados para a inclusão social e redução da criminalidade. Também para dar celeridade a mecanismos de contratação de servidores encarregados de oferecer segurança e defesa social à população mato-grossense.

   Ele indica que a quantidade de vagas pode ser ainda maior caso sejam resolvidos os valores da Bolsa-Copa, que está em discussão no Ministério dos Esportes, e também com a definição da PEC 300, que cria o piso nacional para policiais e bombeiros militares e policiais civis. O governo estadual já se posicionou contrário ao Bolsa-Copa, já que não teria condições de igualar os salário de todos os policiais e também de programar o pagamento após o evento. Curado explica que, demonstrada a necessidade e a disponibilidade orçamentária e financeira, a Sejusp poderá adequar o número proposto. Todos os editais dos concursos serão expedidos anualmente, a partir do mês de julho.

   “Atualmente o ideal seriam 10 mil homens, mas temos que ter os pés firmes no orçamento”, lembrou. Com o último certame ele informa que vão entrar cerca de três mil servidores sendo: 1 mil PMs, 60 delegados, 140 escrivães, 60 investigadores, 60 peritos, 20 técnicos de necropsia, 60 bombeiros e 1,5 mil homens que atenderão o sistema prisional. Alguns serão chamados a assumir no fim de 2010 e o restante em 2011. Atualmente a PM conta com 6,5 mil homens; a Polícia Civil, com 3 mil e o Corpo de Bombeiros com 1 mil.  

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Braga | Quinta-Feira, 17 de Março de 2011, 18h01
    0
    0

    merda

  • jose alencar | Terça-Feira, 23 de Novembro de 2010, 16h39
    0
    0

    EM TODO O MADATO DO SENHOR BLAIRO MAGGI NÃO FOI INCLUIDO UM SÓ SOLDADO SEQUER NO CORPO DE BOMBEIROS DE MATO GROSSO, ENTÃO APÓS OITO ANOS ELES ABREM UM CONCURSO, SABE QUANTAS? CINQUENTA, ISSO MESMO CINQUENTA PARECE BRINCANDEIRA, MAS INFELIZMENTE É REALIDADE; QUANDO NA REALIDADE DEVERIA ABRIR NO MINIMO 500 VAGAS. ETA BOMBEIRO BONZINHO.

  • negotuta | Segunda-Feira, 02 de Agosto de 2010, 17h13
    0
    0

    A segurança publica so tem olhos para a capital, o norte de mato grosso so sobra refugo, ninguém faz nada o efetivo e uma lastima tanto da PM quanto da Civil, tem cidades que tem o efetivo de 02 PM e 1 Civil isto e uma vergonha.

  • ROMILDO | Domingo, 25 de Abril de 2010, 08h18
    0
    0

    O GOVERNO FALA DE CONCURSO PUBLICO PARA PM, MAS ESTA ESQUECENDO QUE TEM MAIS DE 350 MILITARES QUE FORAM APROVADOS NO CFS(CURSO DE FORMAÇÃO DE SARGENTO) E QUE ATÉ AGORA NÃO FORAM CHAMADOS. MESMO TENDO MERITO DA JUSTIÇA DETERMINANDO PARA FAZER O CURSO.

  • Ana Beatriz | Sexta-Feira, 23 de Abril de 2010, 10h59
    0
    0

    Fiz o concurso para escrivão da polícia civil, que ofertaram 140 vagas. Caso eu não seja aprovada, mas classificada, há a hipótese de me chamarem? A necessidade existe. Não seria mais viável chamar os classificados em vez de fazer um novo concurso? Obrigada.

  • maria lucia | Sábado, 17 de Abril de 2010, 09h36
    0
    0

    maria lucia, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • João Augusto | Quarta-Feira, 31 de Março de 2010, 13h57
    0
    0

    Caro leitor Clarito Júnior, pelo que a Polícia Civil faz, 1.578,00 tá bom até d+ pra vocês. Quando precisei da Polícia Civil um policial barrigudo, folgado sem educação mal deu atenção pra mim na Delegacia. O policial militar que estava saindo da delegacia que me colocou na viatura, e fez o trabalho que era pra policial civil fazer: simplesmente investigar e prender. Acho que a PM sim, essa sim deveria ganhar bem pelo que fazem. Reflita Sr. Clarito Júnior....

  • Clarito Junior | Quarta-Feira, 31 de Março de 2010, 11h30
    0
    0

    Dá vergonha ver o teor desta matéria, sou Policial civil do concurso realizado em 2005 e que foi chamado em 2007, ontem completamos 3 anos desde a posse, quando da realização do concurso foram ofertadas 600 vagas para Investigador e 300 vagas para Escrivaes, dos 600 Investigadores que entraram e que foram gradativamente chamados em 4 nomeações, mais de 200 já pediram exoneração, em menos de 3 anos, devido ao baixo salário (leia-se 1.578,00 Liquidos), para nível superior, das 300 vagas ofertadas para escrivaes, apenas 147 compareceram para a posse e destes mais de 50 já pediram exoneração, motivo: baixa remuneração salarial, ou seja, não seria melhor extinguir a Segurança Publica ... porque pelo andar da carruagem parece que é isto que os governantes querem, em 8 anos vai diminuir o numero de agentes nas ruas em vez de aumentar, isso sem contar os colegas que estão aposentando e este ano, já vai mais de 100 pra casa descansar, tá feio o negocio, se alguem não olhar por nós estamos ferrados ...

  • lauro | Quarta-Feira, 31 de Março de 2010, 11h02
    0
    0

    o governo pode até fazer outros concursos para a pm mt mas é obrigação de chamar os que fizeram esse ano para a policia militar....é uma obrigação do administrador publico dar saude e segurança..

  • Rodolfo | Quarta-Feira, 31 de Março de 2010, 09h11
    0
    0

    Espero que tenha novo concurso sim.. Mas primeiro seria mais viavel chamar os classificados deste novo concurso que acabara de se realizar. Não sendo sufuciente o contingente disponibilizado nesse certame é correto a realização de um proximo no ano que vem.

Citando outros líderes para ter delação

cezar zilio   A demora na homologação da colaboração premiada de Silval junto ao Supremo se deve, entre outras coisas, ao entendimento da Corte de que líder de organização criminosa não pode delatar. E percebe-se que o ex-governador se esforça para não ser enquadrado como tal. Nos...

O silêncio de Silval sobre conselheiros

De volta nesta quarta à sala da juíza Selma Arruda, da 7ª Vara Criminal da Capital, Silval Barbosa foi perguntado sobre comentários do seu ex-secretário Pedro Nadaf de que dinheiro do Estado teria, em forma de propina, abastecido bolso de conselheiros do Tribunal de Contas do Estado. Em resposta, o ex-governador que comandou o Estado de março de 2010 a dezembro de 2014 se limitou a dizer que prefere não comentar sobre esse assunto. Selma...

Efeito-Silval e tensão no meio político

walace guimaraes vg   Réu em vários processos, cinco deles na 7ª Vara Criminal de Cuiabá (nas quatro fases da Sodoma e mais a Seven), o governador Silval Barbosa tem provocado muita tensão no meio político, inclusive entre figurões, a cada notícia de que prestará depoimento. De sua boca...

Ex-governador não compromete Faiad

francisco faiad   Silval revelou que o braço mais forte do seu esquema de corrupção na secretaria de Administração estava sob a tutela de Cézar Zílio que, mesmo deixando o cargo, continuou a fazer a coleta da propina paga por empresários para manter contratos com o Estado. Por outro lado,...

Silval temia governo paralelo de Riva

jose riva curtinha   Chamou atenção na oitiva de Silval, nesta segunda na 7ª Vara Criminal de Cuiabá, quando confessou que tinha se tornado "refém" da Assembleia, então comandada por José Riva (foto). O ex-governador revelou ter sido procurado por Riva, que queria trocar a Consignum, responsável...

Oitiva de Silval bastante "concorrida"

silval barbosa curtinha   O 1º depoimento de Silval pós-liberdade - ficou preso por praticamente dois anos -, está mais concorrido do que final de Copa do Mundo. Nesta segunda, o ex-governador deve confessar crimes investigados na operação Sodoma 2. Entre os réus desse processo estão o ex-presidente da...

Filho de prefeito e salário de R$ 2 mil

emanuel filho curtinha   O federal de terceiro mandato Valtenir Pereira confirma que, de fato, nomeou para o seu gabinete Emanuel Pinheiro da Silva Primo (foto), filho do prefeito cuiabano Emanuel. O jovem assessor ganha R$ 2,4 mil mensais. E nem precisa pisar os pés no gabinete do deputado em Brasília. Presta serviços em...

Ex-cunhado empregado no gabinete

marcelo bussiki curtinha   Dois ex-vereadores estão lotados hoje na Câmara de Cuiabá. Com salário superior a R$ 10 mil, Eronides Dias da Luz, o Nona, integra o quadro jurídico. Responde como secretário de Apoio Legislativo. Edmilson Prates, ex-vereador pelo PMDB entre 2001 e 2004, é chefe de gabinete...

Divulgar direitos de quem tem câncer

gilmar fabris   Se tornou lei em MT, desde a última quinta (13), sob a chancela do governador Taques, um projeto do deputado Gilmar Fabris (foto) que obriga os órgãos públicos a divulgar em sites oficiais na internet, de forma clara e de fácil acesso, todos os direitos das pessoas com neoplasia maligna...