CONTEÚDO

Quarta-Feira, 13 de Setembro de 2017, 13h:30 | Atualizado: 13/09/2017, 19h:37

Assembleia

Após delação de Silval, Botelho diz que deputados atenderam seu apelo e retornaram ao trabalho

Marcos Lopes

botelho.jpg

 Presidente Eduardo Botelho comemora comparecimento de 19 deputados estaduais

O presidente da Assembleia,  Eduardo Botelho (PSB), afirma que os deputados estaduais atenderam o chamado para trabalhar normalmente. O pedido foi feito pelo socialista após vários colegas terem sido citados nas delações do ex-governador Silval Barbosa (PMDB) e de seu ex-chefe de gabinete, Silvio Correa, ambas homologadas pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

“Estavam todos os presentes, com alguns faltando, mas acredito que o número será maior nas próximas sessões.  Eu presidente que solicitei a presença deles e eles estão aqui para trabalhar”, disse Botelho após sessão vespertina de ontem (13), que contou com a presença de 19 parlamentares.

Com 19 presentes foi possível limpar a pauta prevista na Ordem do Dia com a votação de projetos de resolução, requerimentos, indicações e de projetos de lei em primeira e segunda votação.
Durante a sessão, dez projetos de resolução (PR) foram aprovados para a concessão de títulos para pessoas que com trabalhos relevantes no Estado.

Em segunda votação, foram apreciados oito projetos de lei (PL), dos quais dois foram aprovados, cinco arquivados e um foi retirado de pauta por Botelho para que pudesse ser avaliado pela consultoria jurídica da Mesa Diretora.

Já em primeira votação, os oito projetos de lei em pauta na ordem do dia foram aprovados e seguem o trâmite na Assembleia, passando pela apreciação da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) e por nova votação em plenário, seja para o arquivamento ou para aprovação do projeto.

Presentes

Além de Botelho, a sessão contou com a presença dos deputados estaduais Guilherme Maluf (PSDB), Ondanir Bortolini, o Nininho (PSD), Valdir Barranco (PT), Wagner Ramos (PSD), Janaina Riva (PMDB), Mauro Savi (PSB), Leonardo Albuquerque (PSD), Zé Domingos (PSD), Baiano Filho (PSDB), Dilmar Dal Bosco (DEM), Pedro Satélite (PSD), Zeca Viana (PDT), Silvano Amaral (PMDB), Saturnino Masson (PSDB), Allan Kardec (PT), Sebastião Rezende (PSC), Jajah Neves (PSDB) e Adriano Silva (PSB).

Delação

Na delação premiada, deputados e ex-deputados foram acusados de receberem “mensalinho” na Gestão Silval. Alguns aparecem em vídeos colocando dinheiro em paletó, bolsa, mochila e até caixa de papelão.

Na última aparição de Botelho, na qual negou “mensalinho” continue existindo nesta legislatura, o presidente avaliou que o escândalo arranha a imagem da Assembleia.  No entanto, pondera que o descrédito da população com os políticos é geral.

Da atual legislatura, os deputados citados por Silval foram Sebastião Rezende (PSC), Mauro Savi (PSB), Wagner Ramos (PSD), Romoaldo Júnior (PMDB), Guilherme Maluf (PSDB), Dilmar Dal Bosco (DEM), além de Zé Domingos, Baiano Filho (PSDB) e Gilmar Fabris (PSD).

Mensalinho

O acerto é que cada deputado estadual receberia R$ 600 mil divididos em 12 parcelas de R$ 50 mil. O dinheiro vinha de propina paga pelas empreiteiras responsáveis pela execução do MT Integrado, programa de pavimentação considerado como carro-chefe do governo Silval.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • alexandre | Quinta-Feira, 14 de Setembro de 2017, 08h50
    6
    1

    tenho medo da PF... porque o governador não manda descontar o ponto dos deputados grevistas ?

  • Ednaldo Fragas | Quarta-Feira, 13 de Setembro de 2017, 18h37
    9
    1

    "Eu presidente que solicitei a presença deles e eles estão aqui para trabalhar”. Se não chamasse não viria trabalhar? E quando aos dias que faltaram, foi cortado o ponto?

  • Said Joseph | Quarta-Feira, 13 de Setembro de 2017, 16h24
    9
    1

    O eleitor de Mato Grosso espera ansiosamente, pacientemente, educadamente, explicações convincente por parte dos nobres deputados acerca do recebimento das propinas, amplamente divulgadas em todo o País.

  • MOSSUETO | Quarta-Feira, 13 de Setembro de 2017, 16h02
    9
    1

    Essa tropa, se tivesse vergonha na cara, respeito pelo eleitor que acreditou em suas promessas de palanque, só voltaria a AL para protocolar a sua renuncia e pedir perdão ao eleitor pelos danos causados aos mesmos, mas com certeza iremos cobrar, se alguém dessa legislatura escapar, com certeza irá prestar contas com o eleitorado Mato-grossenses.

Matéria(s) relacionada(s):

Governo Taques avança na Segurança

gustavo garcia curtinha   A área de Segurança Pública, hoje sob Gustavo Garcia Francisco (foto), foi apontada pelo governador Taques como prioritária desde o início da gestão. Nos dois primeiros anos (2015 e 2016), aumentou o contingente policial, armamentos, serviços de inteligência e...

Empenho e solidariedade às famílias

pedro taques curtinha   O governador Taques acompanhou pessoalmente a operação policial na madrugada deste sábado, que resultou no "estouro" do cativeiro, na prisão dos assaltantes e na liberdade da empresária Milene Falcão Eubank, mantida refém por 13 horas. O secretário de Segurança,...

Estado perde seu único time na Série B

helmute fmf   Após quatro anos consecutivos na Série B, algo inédito na história de um time mato-grossense que não tinha representante desde 1994, o Luverdense foi rebaixado à Terceira Divisão. Precisava vencer para ter chance de seguir na Segundona, mas empatou nesta sexta, em 0 a 0, com o Guarani....

Taques ignora pressão e elogia Soares

luiz soares curtinha   Coube ao ex-prefeito cuiabano e apresentador do programa Resumo do Dia, Roberto França, tornar público o posicionamento do governador Taques quanto ao movimento de várias lideranças, especialmente de deputados, pela queda de Luis Soares da pasta da Saúde. No quadro "Bomba do Dia", apresentado...

Sintap defende servidores do Intermat

candido teles curtinha   O Sintap não defendeu Cândido Teles (DEM), presidente "inoperante" do Intermat que passou a usar a estrutura do órgão com pretensões eleitorais - é pré-candidato a deputado estadual, mas garante que, quanto aos servidores, estes são dedicados ao trabalho. Em nota, nega...

Pré-candidatura já ganha repercussão

mauro mendes artigo   A notícia revelada pelo Blog do Romilson de que Mauro Mendes, que deve se filiar ao DEM ou ao PR, está determinado a disputar o governo estadual e, sem alarde, começa a se distanciar de Taques, ganhou muita repercussão nos meios político e empresarial e no Palácio Paiaguás. Deu...

Dificultando planos políticos de Taques

nilson leit�o curtinhas   Pedro Taques está na bronca com o deputado federal Nilson Leitão (foto) por entender que este busca atrapalhar seus planos políticos majoritários. É desejo do governador disputar a reeleição com dois aliados fortes no palanque como candidatos ao Senado,...

Fábio já exige presidência do DEM-MT

f�bio garcia curtinhas   Fábio Garcia (foto), mesmo mal articulado e com atuação pífia na Câmara, deseja entrar no DEM e já assumir a condição de presidente estadual da legenda. Acompanhado do colega de bancada Adilton Sachetti, outro que deixou o PSB por causa de Valtenir,...

Governo já atrasa 2 duodécimos à AL

eduardo botelho curtinha   O presidente da Assembleia, deputado Botelho, admitiu que acumula dívidas milionárias com fornecedores e que só não está conseguindo honrar os pagamentos porque o governo não faz, em dia, o repasse constitucional. o Executivo já acumula dois duodécimos em atraso,...