CONTEÚDO

Quarta-Feira, 13 de Setembro de 2017, 13h:30 | Atualizado: 13/09/2017, 19h:37

Assembleia

Após delação de Silval, Botelho diz que deputados atenderam seu apelo e retornaram ao trabalho

Marcos Lopes

botelho.jpg

 Presidente Eduardo Botelho comemora comparecimento de 19 deputados estaduais

O presidente da Assembleia,  Eduardo Botelho (PSB), afirma que os deputados estaduais atenderam o chamado para trabalhar normalmente. O pedido foi feito pelo socialista após vários colegas terem sido citados nas delações do ex-governador Silval Barbosa (PMDB) e de seu ex-chefe de gabinete, Silvio Correa, ambas homologadas pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

“Estavam todos os presentes, com alguns faltando, mas acredito que o número será maior nas próximas sessões.  Eu presidente que solicitei a presença deles e eles estão aqui para trabalhar”, disse Botelho após sessão vespertina de ontem (13), que contou com a presença de 19 parlamentares.

Com 19 presentes foi possível limpar a pauta prevista na Ordem do Dia com a votação de projetos de resolução, requerimentos, indicações e de projetos de lei em primeira e segunda votação.
Durante a sessão, dez projetos de resolução (PR) foram aprovados para a concessão de títulos para pessoas que com trabalhos relevantes no Estado.

Em segunda votação, foram apreciados oito projetos de lei (PL), dos quais dois foram aprovados, cinco arquivados e um foi retirado de pauta por Botelho para que pudesse ser avaliado pela consultoria jurídica da Mesa Diretora.

Já em primeira votação, os oito projetos de lei em pauta na ordem do dia foram aprovados e seguem o trâmite na Assembleia, passando pela apreciação da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) e por nova votação em plenário, seja para o arquivamento ou para aprovação do projeto.

Presentes

Além de Botelho, a sessão contou com a presença dos deputados estaduais Guilherme Maluf (PSDB), Ondanir Bortolini, o Nininho (PSD), Valdir Barranco (PT), Wagner Ramos (PSD), Janaina Riva (PMDB), Mauro Savi (PSB), Leonardo Albuquerque (PSD), Zé Domingos (PSD), Baiano Filho (PSDB), Dilmar Dal Bosco (DEM), Pedro Satélite (PSD), Zeca Viana (PDT), Silvano Amaral (PMDB), Saturnino Masson (PSDB), Allan Kardec (PT), Sebastião Rezende (PSC), Jajah Neves (PSDB) e Adriano Silva (PSB).

Delação

Na delação premiada, deputados e ex-deputados foram acusados de receberem “mensalinho” na Gestão Silval. Alguns aparecem em vídeos colocando dinheiro em paletó, bolsa, mochila e até caixa de papelão.

Na última aparição de Botelho, na qual negou “mensalinho” continue existindo nesta legislatura, o presidente avaliou que o escândalo arranha a imagem da Assembleia.  No entanto, pondera que o descrédito da população com os políticos é geral.

Da atual legislatura, os deputados citados por Silval foram Sebastião Rezende (PSC), Mauro Savi (PSB), Wagner Ramos (PSD), Romoaldo Júnior (PMDB), Guilherme Maluf (PSDB), Dilmar Dal Bosco (DEM), além de Zé Domingos, Baiano Filho (PSDB) e Gilmar Fabris (PSD).

Mensalinho

O acerto é que cada deputado estadual receberia R$ 600 mil divididos em 12 parcelas de R$ 50 mil. O dinheiro vinha de propina paga pelas empreiteiras responsáveis pela execução do MT Integrado, programa de pavimentação considerado como carro-chefe do governo Silval.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • alexandre | Quinta-Feira, 14 de Setembro de 2017, 08h50
    6
    1

    tenho medo da PF... porque o governador não manda descontar o ponto dos deputados grevistas ?

  • Ednaldo Fragas | Quarta-Feira, 13 de Setembro de 2017, 18h37
    9
    1

    "Eu presidente que solicitei a presença deles e eles estão aqui para trabalhar”. Se não chamasse não viria trabalhar? E quando aos dias que faltaram, foi cortado o ponto?

  • Said Joseph | Quarta-Feira, 13 de Setembro de 2017, 16h24
    9
    1

    O eleitor de Mato Grosso espera ansiosamente, pacientemente, educadamente, explicações convincente por parte dos nobres deputados acerca do recebimento das propinas, amplamente divulgadas em todo o País.

  • MOSSUETO | Quarta-Feira, 13 de Setembro de 2017, 16h02
    9
    1

    Essa tropa, se tivesse vergonha na cara, respeito pelo eleitor que acreditou em suas promessas de palanque, só voltaria a AL para protocolar a sua renuncia e pedir perdão ao eleitor pelos danos causados aos mesmos, mas com certeza iremos cobrar, se alguém dessa legislatura escapar, com certeza irá prestar contas com o eleitorado Mato-grossenses.

Matéria(s) relacionada(s):

Controladores de ROO e o baixo salário

Em Rondonópolis, o prefeito Zé do Pátio foi obrigado, por decisão judicial, a empossar controladores internos do Município. Mas, depois, simplesmente "lavou as mãos". Os controladores têm, entre outras atribuições, a missão de proteger o patrimônio, fiscalizar e combater a corrupção. A atuação é equiparada ao do trabalho desenvolvido pela CGU. O problema é que esses profissionais...

Prefeitos empurram pré-candidatura

neurilan fraga curtinha   Neurilan Fraga (PSD) tem recebido incentivo de prefeitos, os quais representa como presidente da AMM, para ser candidato. Em princípio, seu nome era citado como opção à Câmara Federal. Mas agora pode entrar no páreo para deputado estadual. Abriu-se essa brecha por causa da...

Lutava pra sair e agora luta pra entrar

antonio joaquim curtinha   Antonio Joaquim enfrenta um drama pessoal e um embate jurídico um tanto curioso. Lutava para sair e agora luta para entrar no TCE-MT. Até semana passada, antes da operação Malebolge, Joaquim dizia que já havia dado sua contribuição no tribunal e que, após 17 anos de...

Perri, apoio e decisão com o "fígado"

rogers detran curtinhas   A decisão de Orlando Perri de afastar Rogers (foto) do comando da Segurança e ainda impor a este tornozeleira eletrônica causou muitos debates internos, especialmente depois da reação dura do governador Taques. De um lado, os colegas de Pleno prestaram solidariedade a Perri e...

Secretário destrava 10 obras da Copa

wilson_santos No cargo se secretário de Cidades há quase 9 meses, Wilson Santos (PSDB), em visita à sede do Rdnews, comemora o fato de ter conseguido destravar 10 obras da Copa de 2014. Admite que ainda restam pelo menos mais 4 para retomar, o que deve ocorrer no próximo ano, além do VLT. O reinício das obras do...

Desembargador denunciado no CNJ

orlando perri   Orlando Perri (foto) vai ser representado no CNJ. Quem o denunciará será Pedro Taques. O  governador se mostra revoltado com a decisão do desembargador de, mesmo com parecer contrário do MPE, mandou afastar Rogers do cargo de secretário de Segurança e ainda determinou que este use...

Taques define Perri como juiz acusador

pedro taques curtinha   Pedro Taques (foto) reagiu de forma dura e enérgica à decisão cautelar do desembargador Perri, que determinou afastamento de Rogers do comando da Segurança e ainda o impôs tornozeleira eletrônica, por entender que este usou o cargo para tentar obter documentos sigilosos ou...

Diretoria recebe apoio de servidores

luiz_henrique_curtinha O Sindicato dos Trabalhadores do TCE e a Associação dos Aposentados e Pensionistas do Tribunal emitiram nota de apoio à nova gestão do órgão fiscalizador, alterada por força de decisão judicial. O apoio acontece 6 dias após o STF afastar 5 membros do Pleno, acusados em...

Incompetência e os voos cancelados

z� do patio curtinha   O prefeito Zé do Pátio, de Rondonópolis, é tão incompetente que não consegue manter regularizados pagamentos para funcionamento do aeroporto municipal Maestro Marinho Franco. Para se ter ideia, há 9 meses a prefeitura não paga dois bombeiros militares...