CONTEÚDO

Quinta-Feira, 28 de Dezembro de 2017, 15h:33 | Atualizado: 28/12/2017, 15h:51

Galli articula palanque em MT para Bolsonaro e não descarta disputar Senado ou sair ao Governo

O deputado federal Victório Galli (PSC) aguarda 2018 para intensificar as articulações com objetivo de assegurar palanque para o presidenciável Jair Bolsonaro (PSC-RJ) em Mato Grosso. Para isso, cogita abrir mão de buscar sua reeleição à Câmara federal para entrar na disputa majoritária.

Assessoria

Bolsonaro e Galli

Deputados federais Jair Bolsonaro (PSC-RJ) e Victório Galli, do mesmo partido

Galli tem sido encorajado pelo grupo político a disputar o Senado. A possibilidade de concorrer a governador não está descartada. “Estamos avaliando os cenários e trabalhando para garantir palanque para Bolsonaro aqui no Estado. Estamos conversando com diversos setores. Política é assim mesmo. É a arte de gastar saliva”, disse Galli em entrevista ao .

As definições em Mato Grosso passam pela decisão do cenário em âmbito nacional. Isso porque Bolsonaro ainda está avaliando se adere ao Patriota para concorrer à presidência da República.

A adesão ao Patriota chegou a ser descartada por Bolsonaro devido a impasses na composição dos diretórios estaduais. O convite para filiação de figuras como o deputado estadual Daltinho (Solidariedade) também influenciou a decisão do deputado federal do Rio de Janeiro, agora reconsiderada.

Se o governador Pedro Taques resolver o problema da saúde, se torna imbatível na eleição

Ainda existe a possibilidade de Bolsonaro aderir ao PR a convite do senador Magno Malta (ES) ou ficar no PSC. Para permanecer na sigla, o presidenciável precisa superar as divergências com o presidente nacional, pastor Everaldo, além de reacomodar o economista Paulo Rabello de Castro, escolhido como pré-candidato a presidente da República.

A partir da definição de Bolsonaro, Galli decidirá se fica no PSC ou o acompanha para outra sigla. Nos bastidores, o parlamentar tem afirmado que vai apoiá-lo independente de coligação partidária. “Bolsonaro é um homem sério, cristão e de direita. Tem meu apoio porque é o candidato certo para endireitar o Brasil”, completa Galli.

No Estado, Galli não descarta apoiar a reeleição do governador Pedro Taques (PSC) em 2018. Argumenta que o PSC ajudou a elegê-lo, faz parte da base e tem compromisso em ajudar Mato Grosso a superar a crise. “Se o governador Pedro Taques resolver o problema da saúde, se torna imbatível na eleição. Podemos apoiá-lo sem abrir mão de Bolsonaro para presidente”, concluiu Galli.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • said joseph | Sexta-Feira, 29 de Dezembro de 2017, 10h32
    0
    0

    Esse Deputado Galli é hipócrita, oportunista, profeta do demo. Não satisfeito, vai afundar sua própria candidatura e arrastar a igreja a qual pertence ao descrédito. É um fracasso total.

  • Cristiano Bolsonaro | Sexta-Feira, 29 de Dezembro de 2017, 09h28
    1
    1

    Se for por vontade do povo, Bolsonaro já ganhou. Porém, o TSE sinalizou que não irá cumprir a lei do voto impresso, portanto, já podemos nos preparar para um presidente do PT ou PSDB.

  • EliCar | Sexta-Feira, 29 de Dezembro de 2017, 00h23
    1
    1

    Cesinha pega teu rumo, que você ta vomitando o lixo dos psicopatas da esquerda. Irmão não prega mentira, crê em Cristo, e se afasta do mal.

  • OLHO VIVO | Quinta-Feira, 28 de Dezembro de 2017, 21h45
    4
    3

    Com Bolsonaro ou sem Bolsonaro esse Galliano vai levar um cacete que vai perder até o rumo....etá politiquinho hipócrita....se esconde atrás de igreja mas é um MALA....amigo do Temer...é do SATANÁS..RSRSRS

  • Cesinha | Quinta-Feira, 28 de Dezembro de 2017, 20h45
    2
    8

    esse pastor é um falso profeta!!! Anda de Mercedes na custa do povo!!! Vai apoiar um torturador, um apoiador do estupro de mulheres, Galli é homofobico e defendeu a reforma trabalhista que beneficiou apenas os padrões, alem de ser á favor da reforma da previdência, que vai fazer os trabalhadores do Brasil aposentar com sem 100 anos e contribuir mais para o governo!!! E aí irmãos!!!!???? Vamos acreditar neste irmão que defende o poder econômico e político!?

  • joaoderondonopolis | Quinta-Feira, 28 de Dezembro de 2017, 19h00
    4
    2

    A favor de Bolsonaro, MT vai ter muitos pretendentes para disputa, e serão vitoriosos, até eu não descarto disputar a deputado estadual ou federal.

Matéria(s) relacionada(s):

15 vão concorrer pela Grande Cáceres

moraes curtinha   Pelo menos 15 da região Oeste, que agrega mais de 20 municípios, estão se articulando para concorrer a deputado, sendo 7 deles de Cáceres. Dois vão a federal: Ezequiel Fonseca (PP), de Reserva do Cabaçal e que busca a reeleição, e o estadual Leonardo Albuquerque (SD), baseado...

Ataques de Pivetta dividem opiniões

otaviano pivetta curtinha lucas   Os ataques do ex-prefeito de Lucas do Rio Verde Otaviano Pivetta (foto), do PDT, ao governador Pedro Taques (PSDB) dividem opiniões. Uns acham que ele agiu com desrespeito quando definiu Taques como vagabundo, mentiroso, ladrão de sigla partidária e narcisista. E, diante disso, disseram que...

Irmão de senador disputa a estadual

wener santos nova marilandia curtinhas   O ex-prefeito de Nova Marilândia Werner dos Santos (foto), derrotado à reeleição em 2016, vai concorrer a deputado estadual, mesmo sem apoio irrestrito do irmão, o empresário e senador Cidinho Santos. Filiado ao PP, depois de sair do PR de Cidinho, Werner tem fomentado...

Salgadeira é "pepino" em 2 gestões

Não foi desta vez que a população pode começar a desfrutar das belezas do Complexo Turístico da Salgadeira. Pela segunda vez, o governo adiou a inauguração das obras de reestruturação. O local está fechado há quase 8 anos. O problema se arrastou por toda a gestão Silval e, ao que parece, vai ser resolvido no último ano do governo Taques, que se encerra em dezembro, caso ele não seja reeleito. Era...

Deputados com chances de reeleição

eduardo botelho curtinhas   Quase todos deputados estaduais consideram que entre 10 e 12 dos 21 que vão tentar a reeleição devem obter êxito nas urnas. E apontam, em privado, os com as maiores chances, inclusive com expectativa de mais de 30 mil votos: Botelho (foto), Nininho, Janaína Riva, Zeca Viana e...

Rede de aliados para se tornar federal

neri_geller_curtinha.jpg   Com a estatura de quem foi ministro da Agricultura do Governo Dilma e depois retornou como secretário de Política Agrícola da gestão Temer, Neri Geller (foto) montou uma rede estruturante de aliados capaz de já projetá-lo como futuro deputado federal. Aproveitou os últimos...

Assumindo culpa por "fantasma" na AL

abilio moumer curtinha   Numa postagem em sua página pessoal no Facebook, Abilio Moumer (foto), pai do vereador por Cuiabá Abílio Júnior e marido de Damaris Rasteli, tem a coragem de usar o nome de Deus e da igreja para, depois, pedir perdão. Se revela culpado pelo deputado Sebastião Rezende, evangelista da...

Rossato e Selma já têm até marketing

selma arruda curtinha   Dilceu Rossato, ex-prefeito de Sorriso, e Selma Arruda, que se aposentou prematuramente como juíza de Direito para poder se candidatar a cargo eletivo, estão mais bem planejados e organizados do que se imagina, surpreendendo até aqueles políticos mais tradicionais que costumam empurrar as...

Se Mauro recuar DEM volta pra Taques

jayme campos curtinha   O DEM segue aguardando decisão do indeciso empresário Mauro Mendes para puxar candidatura a governador. Mas, caso o ex-prefeito cuiabano desista de disputar o Paiaguás, o partido abriria duas possibilidades. Uma seria voltar para os braços do governador Taques e apoiá-lo à...