Cuiabá, 03 de Agosto de 2015

Curtinhas

  • Gestão positiva e resgate da AL

    Domingo, 02/08/2015 23h:34

    guilherme maluf curtinhas   Ele se tornou presidente da Assembleia por acaso. Com perfil conciliador e daqueles que fazem de tudo para evitar brigas políticas, o deputado Guilherme Maluf (foto) chegou ao poder um tanto desacreditado. Era mal interpretado. Alguns de seus próprios colegas classificavam-no como inseguro, frouxo e sem convicção. Mas hoje mudaram completamente de opinião. Perceberam que Maluf, com habilidade e experiência também de empresário, conseguiu contrapor a "eterna" gestão Riva. Somente no 1º semestre em que o tucano preside a Casa, tomou medidas duras e inéditas, que contrariaram interesses, como depuração do quadro de comissionados, auditoria em contratos, controle e redução de despesas, criação de espaço para Procon, aumento dos debates, tanto que foram realizadas 44 audiências públicas - quando durante todo o 2014 foram feitas 19 -, destinou R$ 20 milhões ao governo para compra de ambulâncias aos municípios, inaugurou a rádio Assembleia (FM 89,5) e instalou de 3 CPIs. Maluf soube, com inteligência, ocupar espaço político em pouco tempo.

  • Entidades elogiam governador

    Domingo, 02/08/2015 22h:18

    paulo gasparoto curtinhas   Carlos Fávaro, ex-presidente da Aprosoja e hoje no posto de vice-governador, tem feito o trabalho de articulação da gestão Taques com os segmentos organizados. E vem colhendo bons resultados. Representantes de diferentes segmentos têm demonstrado confiança na nova administração. O presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado, Paulo Gasparoto (foto), por exemplo, afirma que o governador está expondo as dificuldades e se abre para alternativas. Para Gasparoto, é preciso ter paciência. Pondera que “a governança pública é extremamente complicada" e vê o governo agindo de forma democrática. O mesmo elogio parte do presidente da Associação das Empresas Cerealistas do Estado, Pedro de Moraes Filho, para quem o governo tem feito alguns ajustes e chega a dizer que o modelo adotado em MT serve para o Brasil.

  • Mutirão Fiscal em cidades polo

    Domingo, 02/08/2015 10h:26

    paulo_cunha_curtinhas   Após o último dia do Mutirão Fiscal 2015, nesta 6ª, no qual arrecadou R$ 207,5 milhões em negociações tributárias, o presidente do Tribunal de Justiça, Paulo da Cunha (foto), ressalta que devido ao resultado satisfatório, a previsão é que este modelo de evento seja realizado nos polos do interior, como Várzea Grande, Rondonópolis e Sinop. Diz que os municípios poderão receber estes mutirões e que a possibilidade está sendo formatada para que os polos também possam aderir à ação. Durante as três semanas de atendimento, mais de 20 mil pessoas negociaram as dívidas tributárias. Cerca de cinco mil processos foram baixados e outros 16 mil casos deixarão de ser ajuizados. O evento fez parte do Programa Nacional de Governança Diferenciada das Execuções Fiscais, pela Corregedoria Nacional de Justiça, comandada pela ministra Nancy Andrighi, que inclusive participou da abertura do Mutirão.

  • Servidoras se casam no interior

    Domingo, 02/08/2015 10h:03

    Duas servidoras municipais oficializaram a união homoafetiva, de dois anos, no último dia 25, em São José do Rio Claro (a 320 km de Cuiabá). Tratam-se de Márcia Ferreira dos Santos (28), secretária de gabinete do prefeito, e Wiviany Chrystina Santos Silva (21), gestora do Bolsa Família no município. Cerca de 200 convidados presenciaram a cerimônia, realizada pelo juiz de paz, Walter Tomaz da Costa. A regulamentação do casamento de pessoas do mesmo sexo ocorreu em maio de 2013, com a publicação do Provimento 18/2013, da Corregedoria-Geral da Justiça, que permite que casais homoafetivos se casem nos cartórios extrajudiciais ou que revertam a união estável para casamento. Conforme as novas regras, os trâmites para a habilitação do casamento homoafetivo devem ser realizados igualmente àqueles seguidos na cerimônia de um casal hétero.

  • Oficina debate conflito familiar

    Sábado, 01/08/2015 11h:26

    Nos dias 3, 4, 10 e 11 deste mês, acontece a Oficina de Parentalidade e Direito Sistêmico, na Univag, em Várzea Grande. O objetivo é ajudar famílias parentais, pais e filhos na superação da fase de reorganização familiar e composição dos conflitos. A ação é realizada pela 3ª Vara Especializada de Família e Sucessões de Várzea Grande, sob a juíza Eulice Jaqueline da Costa Silva, com o auxílio do promotor de Justiça, Rodrigo Barbosa de Abreu. No evento serão discutidos os efeitos do término do relacionamento e a importância do casal parental, dos pais e demais membros da família, buscarem maneiras saudáveis de lidar com o fim das relações afetivas. Também será tratada uma abordagem sistêmica do direito, por meio da ciência jurídica com viés terapêutico. A juíza convoca todos que possuem processos distribuídos no Juízo Especializado, com exceção dos inventários e alvarás judiciais. Os participantes terão certificado de comparecimento.

  • Zanatta e história de Pinóquio

    Sábado, 01/08/2015 11h:09

    zanatta_curtinha.jpg   Após reportagem divulgada pelo Rdnews, o empresário de Várzea Grande, Oscar José Zanatta, proprietário da Dibox Distribuidora de Produtos Alimentícios Boker, publicou nota afirmando que o sobrinho e ex-secretário estadual Allan Zanatta (foto) não faz parte do Grupo Dibox, desde 12 de março de 2013. O curioso é que o ex-gestor havia falado que frequentemente viaja a Minas Gerais e Goiás, onde teria expandido os trabalhos da empresa, que, segundo ele, pertence à esposa Simone Correa Zanatta. Atualmente ele reside em condomínio de luxo, em Cuiabá. Entretanto, para o tio, os investimentos de Zanatta, nos Estados citados, não são oriundos da Dibox. Além disso, Oscar destaca as relações estremecidas entre ambos, devido a desacertos empresariais, o que desmente completamente o ex-secretário.

  • Altevir paga contas trabalhistas

    Sexta-Feira, 31/07/2015 15h:12

    Altevir Magalhães, que chegou a trabalhar a pré-candidatura a prefeito de Cuiabá pelo PDT, hoje não fala mais no assunto. Ele enfrenta dificuldades no campo profissional e é alvo de investigação na Operação Ararath, que apura suposto esquema de lavagem de dinheiro. O empresário, que tinha um império na Capital, agora, amarga derrocada. Há um ano teve que admitir a falência de suas empresas e, neste mês, começa a pagar as dívidas trabalhistas aos 1.102 funcionários do Grupo Modelo. O montante da dívida é de R$ 1,8 milhão, referentes aos salários dos meses de junho, julho e agosto de 2014. Cada pessoa receberá até cinco salários mínimos, R$ 3,9 mil. Antes do caos, Altevir concorreu a suplente de Carlos Abicalil (PT) para o Senado em 2010, quando era filiado ao PMDB.

  • Lucimar, salários e "barulho"

    Sexta-Feira, 31/07/2015 12h:53

    lucimar curtinhas  A prefeita de VG Lucimar Campos (DEM) assumiu a gestão pintando um cenário de caos, assim como fez Walace Guimarães, quando sucedeu a gestão Tião/Maninho. O peemedebista chegou a atrasar o pagamento, mas, depois, regularizou. Lucimar, por sua vez, chegou a dizer que teria dificuldades para manter os pagamentos regularizados e, por fim, segue sem problemas. E, não poderia ser diferente, haja vista que a LRF é dura quanto à existência de pendências relacionadas aos salários de servidores. Mesmo sabendo da Lei de Responsabilidade Fiscal e de que não faz mais do que a sua responsabilidade, Lucimar faz barulho ao dizer que a folha salarial, relativa ao mês de julho já está disponível. O valor pago é de R$ 15,5 milhões.

  • Caminhões na MT-251 e veto

    Sexta-Feira, 31/07/2015 12h:01

    A Justiça volta a endurecer as ações que visam o combate ao tráfego de veículos “pesados” na Estrada Parque de Chapada dos Guimarães. A primeira decisão, vetando que veículos com 26 mil quilos, com mais de três eixos e 14 metros de cumprimento, transitem pelo local é de 2009. Agora, 6 anos depois, o Judiciário determinou que a liminar seja revigorada. Acontece que o Ministério Público denunciou o retorno destes caminhões à estrada, o que pode causar danos ambientais. No pedido, o MP solicita ainda que o Comando da Polícia Rodoviária Estadual seja oficiado para que aumente a fiscalização, uma vez que começa nesta sexta (31) o Festival do Inverno e, consequentemente, haverá aumento da circulação de veículos da rodovia. 

INíCIO
ANTERIOR
1 de 923