Cuiabá, 28 de Maio de 2016

Curtinhas

  • Zeca e defesa firme do RGA

    Sexta-Feira, 27/05/2016 13h:52

    Em nota, o deputado Zeca Viana reagiu a Curtinhas "Dois oportunistas e faltosos", publicada na quarta. Um dos opositores ao Governo Taques, o pedetista afirma ser favorável e defensor do pagamento pelo governo do RGA aos servidores. E enfatiza que esse reajuste anual está previsto em lei. Observa que sempre teve esse posicionamento, feito de forma firme e, por isso, não se considera um oportunista. Sobre a relação com o funcionalismo, o deputado pontua que a sociedade e os sindicatos têm poder e organização própria de criticar governos e políticos para cobrar direitos e fiscalizar os mal feitos da política, como se viu em protestos pelo impeachment e nos últimos 3 anos no Brasil e em MT. Por fim, Zeca alega que não participou da sessão, que resultou na derrubada do veto do governo ao RGA para servidores do Judiciário, porque estava em um compromisso particular São Paulo.

  • Emendas e auxílio ao governo

    Quinta-Feira, 26/05/2016 16h:39

    guilherme maluf curtinhas   O presidente da AL Guilherme Maluf (foto) está auxiliando o Executivo com sugestão de medidas para manter o equilíbrio das contas públicas em época de crise profunda. Disse que o Legislativo tem contribuído com o governo nesse sentido e vai propor até que os colegas deputados abram mão de parte das emendas. Na reunião dos deputados com o governador Taques, na última segunda, Maluf sugeriu repassar R$ 24 milhões de emendas para o Executivo. Antes, a AL já tinha devolvido R$ 20 milhões para o governo adquirir ambulâncias para todos os 141 municípios. Nessa linha de auxílio, o presidente defende que tanto o Legislativo quanto os demais Poderes não tenham suplementação sobre o duodécimo, mesmo em caso de variação positiva da receita corrente líquida, o que traria reflexo no orçamento do próximo ano.  

  • Veto "queima" e enfraquece vice

    Quarta-Feira, 25/05/2016 22h:22

    Deputados do PSD, que tem a maior bancada com 6 integrantes (Satélite, Zé Domingos, Fabris, Nininho, Wagner e Leonardo) comentavam nesta quarta, antes de participar da sessão na AL, que o principal líder regional do partido, vice-governador Carlos Fávaro, ficou "queimado" com os Poderes, especialmente junto ao Judiciário, por ter vetado o projeto aprovado por unanimidade pelo Legislativo, concedendo o RGA aos servidores. Acreditam que o "pepino" ficou com Fávaro "de caso pensado". Fávaro assinou o decreto um dia antes de Taques reassumir o Executivo, após uma viagem aos EUA. A decisão expôs o vice, já que o seu veto foi derrubado nesta quarta pelos deputados e o RGA será implantado pelo Tribunal de Justiça. Uma das vozes do setor produtivo, Fávaro perde força e fica fragilizado na condução do debate sobre taxa das commodities. Ele é contra novos impostos aos segmentos do agronegócio.

  • Dois oportunistas e faltosos

    Quarta-Feira, 25/05/2016 21h:23

    zeca viana curtinhas   Após fazer alarde em defesa dos servidores do Judiciário e atacar o Governo Taques por tentar barrar o reajuste de 11,28%, Zeca Viana (foto) e Janaína Riva nem compareceram à sessão noturna desta quarta, que resultou na derrubada do veto do Executivo. Os dois deputados agiram como oportunistas. "Inflamaram" o funcionalismo contra o governo e, na hora do voto, não demonstraram a mínima preocupação em se fazer presente. Não justificaram a ausência, "emenda" o feriado desta quinta. O veto foi derrubado por unanimidade. O próprio líder do Executivo, Wilson Santos, orientou a base a agir assim, alegando que essa postura seria coerente, pois a AL já havia aprovado o RGA do Judiciário, inclusive por unanimidade. Como houve esforço concentrado para decidir logo o impasse, os servidores vão receber esse aumento no folha de maio, que será paga na próxima segunda, dia 30.

  • Uso de nome social no Tribunal

    Quarta-Feira, 25/05/2016 17h:32

    antonio joaquim curtinhas   Após o Governo determinar que todas as repartições públicas estaduais considerem o uso do nome social a travestis e transexuais, o TCE quer fazer o mesmo no âmbito da instituição. O presidente Antonio Joaquim acatou propositura do Ministério Público de Contas e colocou em pauta essa proposta de resolução normativa. Entende que a iniciativa atende aos fundamentos constitucionais de cidadania e dignidade humana. Para ser aprovada dentro do TCE, a proposta precisa ser apreciada pelo pleno em 3 sessões. Entre as benesses para os que se enquadram neste perfil é que será assegurado que o nome social deve ser observado no tratamento pessoal sempre que for solicitado em situações, como cadastro de dados e informações, bem como nome em sistemas de informática e inscrição em eventos promovidos pelo Tribunal para emissão de certificados.

  • Crise, reflexo e perdas

    Quarta-Feira, 25/05/2016 17h:24

    Pedro Taques disse que todos, incluindo servidores e agentes públicos, devem refletir sobre a crise econômica, colaborar e até fazer algumas renúncias. Reafirma que só não consegue pagar o RGA de 11,28% ao funcionalismo, porque comprometeria o pagamento da folha salarial. O governador afirma buscar alternativas para melhorar o caixa do Estado. Ele observa que de 96 para cá deixaram de entrar nos cofres do Executivo R$ 33 bilhões, em razão da Lei Kandir. Desse montante, a União só repassou R$ 5 bilhões. Taques insiste na tese do Estado ter uma maior recompensa por se tratar do maior produtor do país, e não descarta discutir taxação do setor produtivo.

  • Mãe do governador cobra RGA

    Quarta-Feira, 25/05/2016 17h:16

    Enquanto conversava com 16 dos 24 deputados estaduais, no Palácio Paiaguás, na terça, o governador Taques recebeu um telefonema de sua mãe Eda Gonçalves Taques. Ela é professora do Estado aposentada e cobrou do filho uma posição acerca do RGA. Os quase 100 mil servidores estaduais reivindicam o reajuste anual de 11,28%, mas o governo alega não ter caixa para tanto, sob pena de atrasar a folha salarial. Encurralado pela mãe, Taques afirmou que está fazendo esforço para equilibrar as contas e assegurou que a tendência é de conceder o RGA, numa proposta a ser apresentada na próxima semana. Ao término da ligação, Taques se voltou para os deputados e ouviu deles, quase que em coro, a seguinte dica: "escute e siga o conselho de mãe!"

  • Fávaro articula proposta na AL

    Quarta-Feira, 25/05/2016 17h:15

    carlos favaro curtinhas   Carlos Fávaro (foto) se comprometeu a ajudar junto à AL na aprovação de um projeto que favorece micro e pequenas empresas, garantindo preferência nas contratações com municípios, Estado e União, e que em processos licitatórios menores somente elas participam. Esse empenho à proposta foi revelado por Fávaro, após um pedido do presidente do TCE, conselheiro Antonio Joaquim. Ambos se reuniram na segunda. O vice-governador disse que iria conversar com o governador Taques e também com deputados, para dar celeridade à aprovação da proposta.

  • Sílvio comanda 2 pastas em VG

    Quarta-Feira, 25/05/2016 10h:29

    silvio fidelis curtinhas   Afilhado político do ex-deputado e ex-prefeito da Capital Chico Galindo, de quem foi assessor e secretário de três pastas, Sílvio Fidélis (foto), professor e filiado ao PTB, se tornou agora espécie de supersecretário em Várzea Grande. É tão bem articulado que conduziu a secretaria de Educação na gestão Walace, saiu com a chegada ao poder da opositora Lucimar Campos e, dias depois, passou a integrar a nova administração. Primeiro foi nomeado secretário-adjunto. Em março, se tornou titular do Planejamento. Agora, Sílvio toca duas pastas, embora interinamente na Educação, Esporte e Lazer, maior secretaria da estrutura da máquina. Ele substitui Zilda Pereira, que saiu de licença para fazer cirurgia de uma escoliose na coluna. E, se depender de habilidade, carisma, simplicidade e competência, Sílvio não deve sair mais da Educação.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 1032