Cuiabá, 23 de Março de 2017

Curtinhas

  • Prefeitura, notas e premiações

    Quarta-Feira, 22/03/2017 23h:21

    antonio possas de carvalho secret�rio fazenda cuiaba curtinha   A campanha Nota Cuiabana Premiada vai render prêmios que variam de R$ 1 mil a R$ 50 mil. Em vigor desde 2013, ainda sob a gestão Mauro Mendes, essa campanha estimula o contribuinte a exigir nota fiscal no comércio, o que, na prática, leva o Município a arrecadar mais ICMS. Os sorteios junto aqueles que apresentarem nota vão ocorrer entre abril e dezembro. E os prêmios serão entregues em 8 de abril, em alusão ao aniversário de Cuiabá; 12 de junho, Dia dos Namorados; em 11 de agosto, 11 de outubro e em 21 de dezembro. O prefeito Emanuel e seu secretário de Fazenda Antonio Roberto Possas de Carvalho (foto) assinaram a Portaria 28, na segunda (20), definindo os prêmios e valores. O 1º prêmio é de R$ 15 mil; o 2º, R$ 10 mil; o 3º, R$ 5 mil; e mais 12 sorteios com R$ 1 mil para cada contribuinte participante. Já para o sorteio especial de Natal, o 1º prêmio será de R$ 50 mil, além de outros 32 prêmios de R$ 1 mil cada.

  • Reforma no gabinete de Botelho

    Quarta-Feira, 22/03/2017 18h:09

    eduardo botelho curtinhas   A estrutura da Presidência da Assembleia, sob Eduardo Botelho desde o mês passado, passou por reforma. Consumiu cerca de R$ 100 mil. Botelho explica que foram feitas pequenas mudanças na entrada da recepção, de modo a acomodar mais pessoas, e troca e/ou remanejamento de lugares de alguns móveis. Na parte interna, enfatiza que não houve mudança estrutural. Esta é a primeira vez que Botelho toca o Legislativo mato-grossense, que recebe duodécimo mensal de R$ 3,8 milhões e emprega cerca de 2 mil servidores e conta com 24 cadeiras de deputado. Na Mesa Diretora anterior, ele respondeu como primeiro-vice-presidente. A gestão Botelho tem agradado inclusive colegas de oposição, que consideram-no pulso firme, dinâmico, trasparente e, mesmo governista, tem lutado pela independênica do Legislativo.

  • Secretário e "pepinos" na Saúde

    Quarta-Feira, 22/03/2017 17h:10

    luiz soares curtinha   Entre tantos pepinos "herdados" pelo novo secretário estadual de Saúde Luiz Soares, o terceiro a ocupar a pasta nestes dois anos e dois meses do Governo Taques, está a inadimplência com a Atenção Básica dos municípios. O governo firmou alguns Termos de Ajustamento de Gestão (Tags) para cumprir metas. Mas, sob alegação de dificuldades financeiras, não as tem cumprido. Repasses à atenção básica e à assistência farmacêutica às prefeituras estão atrasados. Elevou-se a inadimplência em 68%, segundo levantamento do TCE-MT, que se mostra preocupado com essas pendências e não quer mais conceder dilação de prazo a secretaria de Saúde. Regularizar os repasses e agir com eficiência para eliminar tantas problemáticas para atender melhor a população dependente do SUS são desafios para Luiz Soares, novo porta-voz da gestão Taques na saúde pública.

  • Risco de ser boicotado no PMDB

    Quarta-Feira, 22/03/2017 08h:26

    carlos bezerra curtinhas   Antonio Joaquim, potencial candidato a governador, passou a ser "assediado" também pelo PTB e PP, após rumores de que, dentro do PMDB, poderia enfrentar dificuldades de atuar com voz de comando. O cacique do partido, deputado federal Carlos Bezerra (foto), se comprometeu a apoiar irrestritamente o nome de Joaquim ao Palácio Paiaguás. Já quanto à ideia de entregar ao futuro filiado a presidência estadual, Bezerra não deu tanta segurança. E, mesmo que venha a se aposentar da vida pública, não sendo mais candidato em 2018, após ter sido prefeito de Rondonópolis, deputado estadual e federal, governador e senador, Bezerra deseja continuar mandando no PMDB, coisa que faz continuamente há 20 anos. Enquanto Joaquim segue receoso com boicote da cúpula regional peemedebista, Ezequiel, presidente do PP-MT, entrou em ação, na esperança de "conquistar" Joaquim, o mesmo passou a fazer o PTB do ex-prefeito cuiabano Chico Galindo.

  • MT avança na reforma do ICMS

    Terça-Feira, 21/03/2017 23h:12

    gustavo de oliveira curtinha   O governo estadual não desistiu da reforma do ICMS, prevendo o que chama de modelo simples, legalista, justo e desenvolvimentista. Na segunda, o secretário Gustavo de Oliveira (foto), da Fazenda, conversou sobre o projeto com quatro deputados: Oscar (PSB), Alan (PT), Nininho (PSD) e Rezende (PSC). Gustavo quer fechar o texto da proposta até o final deste mês para iniciar as discussões com as áreas técnicas e com os segmentos. No próximo mês o projeto, sob análise em três etapas (jurídica, econômica e operacional), chegará à Assembleia para análise dos deputados. A Sefaz deve sugerir a 3ª etapa focada na reestruturação interna, de modo a poder operacionalizar o novo modelo tributário. A minuta do projeto está sendo elaborada pela Fundação Getúlio Vargas.

  • Pesca no parque e linhas rápidas

    Terça-Feira, 21/03/2017 15h:40

    emanuel pinheiro curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro vai incluir na semana comemorativa dos 298 anos de fundação de Cuiabá, de 1º a 23 de abril, uma pescaria com cerca de 500 idosos no parque Tia Nair. Sob organização da Associação que os congrega, a turma da terceira idade passará algumas horas do dia 5 dentro do parque, cada um com direito a levar para casa um peixe considerado nobre, inclusive já limpo. Haverá estrutura para apresentação musical e outros atrativos. Essa foi a saída sugerida e prontamente aceita pelo prefeito para promover a chamada despesca, quando se retira da lagoa o peixe que já alcançou o peso ideal. Depois, a lagoa receberá alevinos. Outra iniciativa do Palácio Alencastro é de, como parte do aniversário da Capital, pôr para circular três linhas de ônibus com apenas uma parada no itinerário bairro-centro, saindo do Parque Cuiabá, do Pedra 90 e do CPA. Em princípio, essas três regiões terão linha fixa com circular expresso, o que permitirá uma viagem rápida, e depois as empresas de transporte coletivo podem substituir esses ônibus comuns por sanfonados.

  • Sob efeitos-Carne Fraca e Janot

    Terça-Feira, 21/03/2017 10h:12

    blairo maggi curtinhas   A reviravolta com a operação Carne Fraca, deflagrada pela PF na semana passada e que lacrou frigoríficos, prendeu 37 e descobriu até carne podre à venda, o que levou alguns países a proibir importação de carne bovina, causando embaraço econômico para o Brasil, colocou Blairo Maggi no centro das atenções. O senador licenciado e ex-governador mato-grossense está usando toda habilidade como ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para resgatar a imagem do país. Blairo pode sair maior, como líder-referência do agronegócio e inclusive fortalecido politicamente, se obtiver êxito no resgate da credibilidade do país perante o mercado internacional e amenizar os prejuízos milionários do setor que é essencial para a economia. Mas, mesmo com toda essa ofensiva abraçada pelo governo federal e pelo empresariado, Blairo pode sair "chamuscado" se a crise não for contornada, em meio a denúncias de fraudes em frigoríficos e até de esquema de propina para burlar a fiscalização. E o ministro ainda enfrenta outro complicador, que seria estar na lista do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, sob risco de enfrentar inquérito no STF com base na delação de executivos da Construtora Odecrecht. Blairo até cancelou folga de 10 dias do MAPA.

  • Reinício do VLT no próximo dia 8

    Terça-Feira, 21/03/2017 08h:46

    wilson santos curtinha   As obras do VLT vão ser retomadas oficialmente no próximo 8 de abril, data em que Cuiabá completa 298 anos de emancipação político-administrativa. A missão de destravar todo o processo, inclusive no âmbito da Justiça, está com o ex-prefeito da Capital, deputado licenciado e secretário estadual de Cidades, Wilson Santos (foto). O próprio Wilson assegurou ao governador Taques que será possível, sim, aproveitar o aniversário de Cuiabá para reiniciar as obras, que já consumiram R$ 1 bilhão e exigem ao menos mais R$ 700 milhões para ser concluídas. Antes, na época do Governo Silval, Wilson condenava o VLT. Agora, na cadeira de secretário da pasta responsável pela obra, entende ser importante e aposta na viabilidade prática desse projeto para recuperar a popularidade. O governo estadual está disposto a subsidiar o preço da tarifa para os passageiros não serem tão penalizados com custo elevado da passagem.

  • Onofre, enfim, superintendente

    Segunda-Feira, 20/03/2017 22h:00

    onofre junior   O ex-vereador por Cuiabá, publicitário e apresentador de TV Onofre Júnior (foto), do PSB, enfim, assumiu oficialmente a superintendência de Defesa do Consumidor, órgão vinculado à secretaria de Justiça e Direitos Humanos. Chancelada pelo governador Taques, a nomeação saiu nesta segunda (20), após dois meses de espera. Onofre, que obteve 2.810 votos e saiu derrotado à reeleição no ano passado, entra no lugar de Gisela Simona Viana de Souza, que atuou como superintendente por vários anos, atravessando os governos Blairo, Silval e metade da gestão Taques. Onofre ganhou dois mandatos na Câmara da Capital explorando ações populistas, se colocando como defensor de consumidores que se sentiram lesados no mercado. É mais um do partido do ex-prefeito Mauro Mendes a se aliar ao governo tucano.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 1144