Cuiabá, 23 de Maio de 2015

Curtinhas

  • Coronel no Ministério da Justiça

    Sábado, 23/05/2015 10h:55

    wilquerson coronel curtinhas   Uma das referências da corporação da PM-MT, o coronel Wilquerson Felizardo Sandes (foto), doutor e ex-diretor de Ensino e Pesquisa da Polícia Militar do Estado, volta a atuar no Ministério da Justiça. Atendendo a uma solicitação da secretaria Nacional de Segurança Pública, o comandante-geral Zaqueu e o governador Taques já assinaram ato, liberando-o para trabalhar em Brasília. Professor universitário em cursos de graduação e especialização na área de administração em instituições públicas e privadas, Wilquerson já coordenou projetos especiais e agora vai ajudar na criação de um programa unificado de educação na área de segurança pública. Ele ingressou na PM em 1993 e, 19 anos depois, em 2012, foi promovido a coronel. Foi comandante-adjunto de batalhão e coordenador de Inteligência da Casa Militar. Foi ainda comandante regional e secretário-adjunto de Segurança Pública no governo Blairo.

  • Democrata completa staff

    Sexta-Feira, 22/05/2015 17h:55

    Após 15 dias no cargo, a prefeita Lucimar Campos (DEM) consegue completar o primeiro escalão. O servidor de carreira Olinto Passinato Neto assume interinamente a pasta de Administração. Ele ocupou cargos de confiança nas gestões de Jayme Campos, Murilo Domingos, Tião da Zaeli e do próprio Walace, que foi cassado dando lugar à democrata. O nome de Olinto Neto surge para substituir Valesca Olavarria, servidora do Tribunal de Contas. A funcionária pública chegou a ser anunciada na Administração, mas por motivos de ordem pessoal desistiu de ocupar o cargo. Também foi confirmado o nome da engenheira sanitarista Helen Farias Ferreira, na secretaria de Meio Ambiente. O secretariado conta com 15 integrantes.

  • Manobra pelo poder em VG

    Sexta-Feira, 22/05/2015 09h:12

    maninho vereador curtinhas   Maninho de Barros, vereador do PSD, entrou mesmo para a história de Várzea Grande como "rei das manobras". Foi dele a proposta, que virou lei, suprimindo da Constituição Municipal a obrigação de eleição indireta, quando da vacância dos cargos de prefeito e vice após dois anos de mandato. Essa mudança na Lei Orgânica se deu em 2012, quando Maninho presidia o Legislativo e vivia expectativa de se tornar prefeito em meio ao entra-e-sai da dupla Murilo-Tião. Com respaldo dos demais colegas, Maninho alterou a redação dos artigos 62 e 63. Agora, o presidente Jânio Calistro, motivado pela mudança na lei e pela cassação da dupla Walace-Wiltinho, interpôs ação no STF, tentando assumir a cadeira de prefeito no lugar de Lucimar, que foi a segunda colocada. Pode ser um tiro no pé se o Supremo se atentar para o fato da Câmara ter ferido preceitos constitucionais.

  • Revitalização, restauração e...

    Quinta-Feira, 21/05/2015 22h:00

    Entre as obras nas rodovias estaduais retomadas estão seis de revitalização. Todas são tocadas pela construtora Paviservice. Atingem as MTs-249 (Nova Mutum-Campo Novo do Parecis), 010 (Cuiabá-Rosário Oeste) e dois trechos tanto na 235 (Sapezal-Campo Novo do Parecis) quanto na 170 (Brasnorte-Sapezal). A Geosolo retoma a restauração das MTs-175 (Mirassol D' Oeste-São José dos Quatro Marcos) e 248 (Araputanga-Jauru), enquanto a Equipav fará o mesmo na MT-208 (Nova Bandeirantes-Alta Floresta). Já a 344 (Campo Verde-Dom Aquino) receberá conservação, conforme contrato com a Três Irmãos Engenharia. A pasta de Infraestrutura e Logística autorizou também reconstrução de duas pontes de concreto, ambas na MT-206 (Nortão).

  • 5 MTs e obras de pavimentação

    Quinta-Feira, 21/05/2015 21h:21

    Após quatro meses de suspensão dos trabalhos para checagem e auditoria, a secretaria de Infraestrutura e Logística deu ordem para reinício de serviços de várias obras que fazem parte do antigo MT Integrado e agora batizado de Pró-Estradas. Autorizou a Três Irmãos e a Agrimat a asfaltar trechos da MT-208, entre Alta Floresta e Nova Monte Verde. A empreiteira Campesatto também vai retomar as obras de pavimentação da MT-423, entre Cláudia ao rio Tartaruga (sentido União do Sul), no Nortão. O governo autorizou ainda asfaltar trechos das MTs-020 (Paranatinga-Canarana), 100 (Alto Araguaia-Ponte Branca-Ribeirãozinho), 170 (em Brasnorte) e a implantação e asfaltamento da MT-251 (Cuiabá-Chapada dos Guimarães).

  • Lucimar já define 13 na equipe

    Quinta-Feira, 21/05/2015 18h:10

    lucimar_curtinha.jpg  A prefeita de Várzea Grande Lucimar Campos (foto), DEM, definiu praticamente quase toda a equipe. Até o momento, 13 secretários foram nomeados, restando apenas duas pastas vagas. A engenheira e servidora de carreira da Sema, Helen Farias Ferreira foi convidada para assumir a secretaria de Meio Ambiente. Ela deve dar a resposta entre hoje e amanhã, mas sinaliza positivamente à vaga. A última escolha oficializada da democrata é a fiscal de tributos Márcia Françoso, que comandará a Controladoria Geral da prefeitura. A auditora do TCE Valesca Olavarria, que estava definida na Administração, abriu mão do posto por motivos de saúde. Até agora, foram escolhidos Khate Martins, na Promoção Social; o médico Cassius Clay de Azevedo, na Saúde; Sadora Xavier Fonseca Chaves, na Procuradoria-Geral; Sônia Fiori, na Comunicação; Breno Gomes, na pasta de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana; José Augusto de Moraes, Planejamento; João José Mendanha, como comandante da Guarda Municipal; Eduardo Vizotto, no DAE; César Miranda, na Gestão Fazendária; Juarez Toledo Pizza, na pasta de Governo; Terezinha Jesus da Rosa Milani, na Previvag; Adilson Luiz da Costa, no Desenvolvimento Urbano, Econômico e Turismo; e Zilda Pereira Leite, na Educação.

  • Blairo e liberação do FEX

    Quinta-Feira, 21/05/2015 17h:01

    blairo curtinhas   O senador Wellington Fagundes chegou a se reunir com ministro Levy, nesta semana, para pedir liberação do FEX aos Estados exportadores, por ser relator da reforma do ICMS. Apesar disso, quem participou da reunião definitiva acerca da questão, que é fundamental para Mato Grosso, é o ex-governador Blairo Maggi (foto), do PR, que tomou café da manhã hoje (21), na casa do vice-presidente Michel Temer (PMDB), no Palácio do Jaburu. No encontro ainda estavam presentes os ministros da Casa Civil, Aloizio Mercadante (PT); da Previdência Social, Carlos Eduardo Gabas; e do Planejamento, Nelson Barbosa. Blairo, nos últimos meses, tem feito críticas ao Palácio do Planalto. Uma delas era justamente o não pagamento do FEX. Agora, o governo federal repassará o montante de R$ 400 milhões para o Estado. O ministro Levy afirmou a Blairo que será encaminhado, nos próximos dias, ao Congresso Nacional, um projeto de lei com a previsão do pagamento.

  • Governo oficializa reforma

    Quinta-Feira, 21/05/2015 16h:44

    O governador Pedro Taques (PDT) publicou hoje (21) a reforma administrativa, no Diário Oficial. São 1.057 cargos comissionados extintos, além de contratos temporários reduzidos. A mudança representa economia anual de R$ 140 milhões. Com a “folga” na máquina pública, Taques pretende investir em áreas como saúde, educação e segurança, tidas como prioritárias pelo pedetista. Segundo o secretário estadual de Planejamento, Marco Marrafon, os cortes foram realizados criteriosamente, por meio de eliminação de níveis hierárquicos, com objetivo de garantir agilidade das decisões. Marrafon ainda explica que foram extintos os cargos que se constituíam em um entrave burocrático desnecessário. Os mantidos são considerados prioritários, sendo as competências devidamente delimitadas.

  • Detran com os portões fechados

    Quinta-Feira, 21/05/2015 11h:26

    daiane curtinhas detran   A presidente do Sinetran-MT e militante petista Daiane Renner resolveu radicalizar. Ela liderou uma investida que forçou nova paralisação geral dos servidores do Detran nesta quinta. Foram trancados com cadeados os portões de entrada do órgão, impedindo acesso tanto dos servidores que queriam trabalhar quanto daquelas pessoas interessadas em resolver questões relacionadas a documentação de veículos e outros serviços. O expediente volta ao normal nesta sexta. A categoria entrou em greve exigindo concurso público. O governo atendeu o pleito. Agora, um grupo, de forma intransigente, protesta porque entende que o Paiaguás deve fazer recomposição salarial de 6,22%, prevista no INPC. Nem quis esperar até a próxima semana, quando o governo apresenta cronograma do reajuste de mais 3%. O curioso é que não se vê nesse movimento sindical o mesmo despreendimento para combater corrupção no órgão.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 897