Cuiabá, 28 de Fevereiro de 2017

Curtinhas

  • "Crias" de Riva são exonerados

    Terça-Feira, 28/02/2017 07h:53

    maria helena caramelo curtinha   Mesmo a passos de tartaruga, o MPE apura casos de efetivação irregular de servidores da Assembleia. São mais de 400 na lista de investigados. Ganharam estabilidade sob a caneta do ex-presidente Riva, que mandou e "desmandou" no Legislativo por duas décadas. E agora, dois anos depois de iniciada as investigações, alguns começam a perder o cargo efetivo para o qual entraram sem concurso público. Maria Helena Caramello, que foi braço de Riva por muitos anos, é uma delas. Em 2015 ela foi presa durante a operação Metástase. Passou a usar tornozeleira eletrônica e agora sai da folha. Recebia mais de R$ 15 mil. Quem também "dançou" foi o segurança Rubens Pinto da Silva, irmão do ex-deputado Dito Pinto. Já com idade para se aposentar, Rubens recebia mais de R$ 20 mil. Também perderam a estabilidade Leocir Antonio Boeri e  Varney Figueiredo. Entre outros prestes a perder cargo efetivo estão sindicalistas, colunista social e até ex-deputado.

  • Emblemático e palestra em MT

    Segunda-Feira, 27/02/2017 13h:29

    jairo bolsonaro curtinhas   José Nardes, presidente do sindicato Rural de Primavera do Leste, buscou no emblemático e polêmico Jair Bolsonaro (foto) uma estratégia para divulgar e atrair público para o Farm Show 2017, que acontece entre 28 e 31 de março no município. Ex-capitão do Exército e com quase 30 anos ininterruptos na cadeira de deputado federal pelo PSC do Rio, Bolsonaro será um dos palestrantes, assim como no Enacal 2015 e no 2º Congresso Nacional de Correção e Fertilidade do Solo, em Cuiabá, há dois anos. Como é daqueles sem papas na língua, conservador, defensor do agronegócio e sempre se envolve em polêmicas relacionadas aos direitos humanos e costuma confrontar movimentos e as chamadas minorias, como o público LGBT, Bolsonaro acaba "roubando" a cena por onde passa. E sabe tirar proveito político da situação, tanto que já está em pré-campanha à presidência da República.  

  • Fábio se gaba de "realizador"

    Segunda-Feira, 27/02/2017 12h:19

    fabio garcia deputado curtinhas   O deputado-empreiteiro Fábio Garcia (PSB) passou a explorar de forma demasiada e a assumir “paternidade” de feitos da gestão Mauro Mendes em Cuiabá. Massifica a concretização das obras da orla do Porto e do parque das Águas como se fosse o único responsável por tais projetos. Fabinho, como é chamado pelos mais próximos, pode até incluir essas obras na lista de suas realizações, afinal, destinou emendas para arrancar verba federal para tanto, mas erra ao se expor a tamanha prática demagógica, como garoto propaganda de si próprio o tempo todo nas redes sociais. Se pisar os pés 10 vezes no Porto, serão 10 postagens. O mesmo acontece com sua passagem pelo parque das Águas. Seguindo nessa toada, pensando apenas na reeleição e chamando para si feitos que tiveram participação coletiva, Fabinho tende a perder aliados no caminho.

  • Carnaval com dinheiro do Estado

    Sexta-Feira, 24/02/2017 16h:33

    wagner ramos curtinhas   Os quase R$ 300 mil que serão gastos no Carnaval de Arenápolis, o mais tradicional do Médio-Norte e com expectativa de receber 30 mil pessoas, estão saindo do caixa do Estado. Fazem parte do conjunto de emendas parlamentares de Wagner Ramos (foto), do PSD, e de Janaína Riva (PMDB), que possuem base eleitoral na região, e até de Zé do Pátio (SD), que renunciou ao mandato de deputado no final do ano passado para comandar a Prefeitura de Rondonópolis. Os recursos foram chancelados pela pasta de Estado de Cultura e liberados diretamente na conta da prefeitura de Arenápolis, sob Zé Mauro. Aliás, o prefeito orientou o cerimonial a fazer propaganda o tempo todo, durante as cinco noites de folia, do nome dos deputados "patrocinadores", que vão se fazer presentes para tirar proveito político da festa.

  • Governador debate cenário fiscal

    Sexta-Feira, 24/02/2017 11h:54

    pedro taques curtinha   O governador Pedro Taques (foto) chamou todos os secretários, adjuntos e mais o vice Carlos Fávaro para uma reunião nesta sexta, a portas fechadas. Abriu discussão interna sobre cenário fiscal e ações de governo. O gestor tucano quer que todos "abracem" a ideia e se empenhem para, com medidas austeras, equilibrar as contas públicas. Sabe que decisões consideradas impopulares, como de "congelar" salário do funcionalismo e de adequar leis da era Silval-Riva que asseguram aumentos progressivos a determinadas carreiras, trazem reações negativas às categorias. Por isso, todos da equipe, na ótica do governador, possuem argumentos convictos das medidas que serão tomadas e passam a defendê-las, inclusive em resposta a alguns deputados que possam contrapor as propostas. Taques deveria cobrar também mais comprometimento dos assessores na defesa das ações de governo.

  • Nasce escola dentro da Arena

    Sexta-Feira, 24/02/2017 11h:39

    leonardo oliveira curtinha   A estrutura da Arena Pantanal vai ser aproveitada também como escola. E esse 1º estádio-escola de MT vai se chamar Escola Estadual Governador José Fragelli, homenagem àquele que já comandou o Estado e que deu nome ao antigo estádio Verdão, demolido em 2014 para a construção da Arena. A ideia, após audiência pública no bairro Jardim Primavera, partiu do ex-vereador por Cuiabá e hoje secretário-adjunto de Esporte e Lazer, Leonardo Oliveira, e foi corroborada pelo governador Taques e pelo secretário Marrafon (Seduc). A escola será de tempo integral. Em um dos turnos, os alunos vão estudar as disciplinas básicas, como português, matemática e história. Já no outro turno, haverá treinamento esportivo. Os dois turnos contemplam alunos do 7º Ano, duas do 8º, três do 9º e três do 1º Ano do Ensino Médio.

  • Derrota de goleada à Ucmmat

    Quarta-Feira, 22/02/2017 23h:43

    dirceu zanatta curtinha ucmmat   Dirceu Zanatta (foto), vereador do PMDB de 2º mandato em Sorriso, peitou a cúpula regional do PMDB, que tentou, sem êxito, convencê-lo a desistir da disputa à presidência da Ucmmat. E se deu mal. Perdeu de goleada (217 a 583 votos) para o colega de Acorizal, Rafael Piovezan (PP). Foram 366 votos de diferença. O presidente peemedebista, deputado Carlos Bezerra, sugeriu que Zanatta fizesse composição com a chapa de Piovezan, como forma de "costurar" a unidade e fortalecer a Ucmmat, que está desacreditada por causa das últimas gestões pífias e marcadas por denúncias e polêmicas, incluindo a atual presidente Edileuza (PMB), que está "queimada" politicamente e atuou como cabo eleitoral de Zanatta. Mesmo com pedido de recuo, o parlamentar sorrisiense avisou que conduziria sua candidatura até o fim e se gabava que teria obtido apoio da maioria dos 1.404 vereadores das 141 câmaras do Estado. Veio o resultado das urnas nesta quarta. Só aí que Zanatta viu "cair a ficha".

  • Postura firme sobre vaga no TCE

    Quarta-Feira, 22/02/2017 10h:08

    antonio joaquim curtinhas   Até o final deste ano, devem ser preenchidas duas das sete cobiçadas cadeiras de conselheiro do TCE-MT. Para uma delas, deixada por Bosaipo desde dezembro de 2014, após três anos afastado por imposição do STJ, concorrem os deputados Zé Domingos e Gulherme Maluf. O primeiro é o mais afoito. Se articula para todo lado em busca de apoio e ainda "planta" informação de que será escolhido quando, nos bastidores, a sinalização é de uma chance maior para Maluf. Essa cadeira que pertencia a Bosaipo está "judicializada". E só a Justiça para "destravá-la". Já para a outra vaga a ser aberta com a aposentadoria de Antonio Joaquim (foto), hoje presidente do Tribunal, nenhum político se coloca como candidato. É que o próprio Joaquim não deu essa brecha. Ele avisou que a cadeira será destinada a membros do Ministério Público de Contas e já estabeleceu regras para isso, uma delas de se definir a partir de lista tríplice. Não deixa de ser uma postura elogiável. Em outras épocas, fazia-se "leilão" da vaga em meio aos "assédios", propostas indecorosas e brigas políticas.

  • Governo chama 113 para Detran

    Quarta-Feira, 22/02/2017 08h:04

    O governo, enfim, convoca mais 113 candidatos aprovados no concurso de 2015 para os quadros do Detran-MT. Embora o Palácio Paiaguás demonstre preocupação com o limite de gastos com a folha de pessoal, não teve outra alternativa senão chamar esses servidores para atender demanda de serviços prestados pelo órgão tanto na Capital quanto nos demais municípios. Antes, o governador Taques, os secretários Rogers (Segurança) e Júlio Modesto (Gestão) e a presidência e diretoria do Detran fizeram análise de um estudo técnico. As nomeações estão previstas para esta quarta (22). O sindicato que representa os servidores do órgão já liderou greves e protestos como forma de pressionar o governo a ampliar o quadro de pessoal.  

INíCIO
ANTERIOR
1 de 1137