Cuiabá, 25 de Maio de 2017

Curtinhas

A | A

Terça-Feira, 18 de Abril de 2017, 22h:08 | Atualizado: 18/04/2017, 22h:36

Base de EP "engole" oposição

lilo pinheiro curtinha

 

Com 100 dias de mandato, Emanuel Pinheiro (PMDB) testou pela primeira vez a sua base na Câmara da Capital, nesta terça, e percebeu que será mais fácil do que imaginava aprovar as menagens do Executivo. Mesmo apresentado em regime de urgência e sob protesto do vereador Marcelo Bussiki (PSB), o projeto pelo desmembramento da secretaria de Governo e Comunicação foi chancelado pela maioria. Votaram favoráveis 19 vereadores. Só rejeitaram-no Bussiki, Abílio Júnior (PSC) e Felipe Wellaton (PV). O primo do prefeito e líder do Executivo na Câmara, Lilo Pinheiro (foto), do PRP, se sentiu prestigiado. Ele conduziu pessoalmente as articulações pela aprovação da proposta, assim como o ex-vereador Oséas Machado, agora no cargo de secretário-adjunto de Governo. Emanuel saiu vitorioso das urnas do 2º turno, no ano passado, com minoria na Câmara. Pelo seu palanque foram conquistadas 11 das 25 cadeiras. Catorze pertenciam a oposição. Mas, antes mesmo da posse, cinco viraram governistas.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):