Curtinhas

Terça-Feira, 22 de Novembro de 2016, 00h:13 | Atualizado: 22/11/2016, 00h:35

Com R$ 5 mi para retomar VLT

wilson santos curtinhas

 

Wilson Santos, derrotado a prefeito de Cuiabá pela segunda vez (em 2000 e 2016), passou a responder oficialmente pela secretaria de Estado de Cidades a partir desta segunda (21) com o ato de nomeação 14.118 assinado pelo governador Taques. Entra no lugar de Chiletto. E o ex-prefeito e deputado estadual licenciado chega já recebendo recursos para tocar a "empacada" obra do VLT, prevista em dois eixos em Cuiabá e Várzea Grande. Nesta mesma segunda, o governador concedeu crédito suplementar de R$ 5,8 milhões à pasta tocada agora pelo colega tucano para desenvolver obras e serviços de engenharia para implantar o chamado metrô de superfície, que deveria ter ficado pronto em 2014 para a Copa do Mundo, mas ficou emperrado, mesmo as obras já tendo consumido R$ 1 bilhão, quase o orçamento global de R$ 1,4 bilhão. Uma das missões de Wilson, como secretário, é de tocar essas obras. Recebeu também liberação de R$ 816 mil para dar andamento a outros projetos de mobilidade urbana.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Zóio | Sábado, 17 de Dezembro de 2016, 05h25
    0
    0

    As pessoas tratam milhões como se fosse troco, o consórcio VLT recebeu na verdade um bilhão e sessenta e seis milhões que, se forem corrigidos com juros de 1% ao mês, beira dois bilhões de reais e naquela época o real valia mais em relação ao dólar, mas a imprensa insiste em arredondar pra baixo o valor gasto que saiu do bolso de cada um de nós...

  • neusa maria | Quarta-Feira, 23 de Novembro de 2016, 18h32
    0
    1

    Enquanto o governo passado embolsava o dinheiro do VLT onde vocês estavam que ficaram de bico calado? Agora seus morcegos, sanguessugas que o governo vai acabar o que ficou inacabado vcs querem meter o bedelho? vão cassar o que fazer vão fazer visitas para a turma de vcs lá no presídio.

  • rocha | Quarta-Feira, 23 de Novembro de 2016, 10h05
    2
    1

    Piadaaaaaaa............ Desgoverno....

  • antonio da silva | Terça-Feira, 22 de Novembro de 2016, 14h43
    3
    3

    governador que falta de responsabilidade com a coisa publica deixou a obra parada mas 2anos agora com uma visao politica que recomeçar a obra que deveria estar pronta

  • Carlos Nunes | Terça-Feira, 22 de Novembro de 2016, 09h49
    3
    2

    Atrás de votos para 2018, agora o WS vai ficar concorrendo com o EP, para ver quem mostra mais obras. Eu fiz mais do que você, um vai dizer pra outro. Enquanto isso...não vai ter dinheiro suficiente pra Saúde, pra Educação, pra Segurança, e para setores mais essenciais. É possível que não tenha nem dinheiro para pagar os servidores em dia, dar o RGA. O caixa dos governos estão vazios; e ainda não inventaram passe de mágica para fazer dinheiro aparecer; então caixa vazio vai continuar vazio. Acho temerário pra burro, nessa época de vacas magras, mexerem com VLT...se não conseguiram fazer nem na época das vacas gordas, onde parecia que dinheiro dava em árvores ou caia do céu. O fracasso do Silval, o VLT, vai passar para o Taques; VLT ainda vai enterrar alguns políticos. Dizem que fracasso é igual Dengue, pega. No final, WS e EP vão correr pró tio Temer atrás do dinheiro, emprestado, para nós pagarmos a conta depois. Caixa do tio Temer está vazio também - tá tão vazio, que está dependendo de repatriação de um bando de sonegadores. Benditos Sonegadores! Vocês são uns heróis, às avessas mas são. Tem que beijar seus pés e mãos, vocês estão salvando o Brasil. Se não tivessem roubado aqui, e mandado pra fora, os daqui teriam passado a mão no dinheiro todo; não ia sobrar um centavo. Vote!

Matéria(s) relacionada(s):

Leitão ainda é incógnita ao Senado

nilson leitao curtinha   Nilson Leitão (PSDB) não está convicto de que será candidato ao Senado. Vai manter o projeto até o final de maio. E, caso não se viabilize, mesmo tendo duas vagas em jogo, buscará o terceiro mandato como federal. Assim como para o Senado, Leitão enfrentará...

Candidatos para todos os gostos

O cenário que se desenha, com os principais nomes a governador, é que o eleitor terá candidatos para todos os gostos. Os nomes colocados, até agora, já foram testados no Executivo e/ou Legislativo. Os mais notáveis são Taques (PSDB), Wellington (PR), Rossato (PSL) e Pivetta (PDT), que tende a substituir Mauro (DEM). O primeiro foi senador e, agora, apresenta os resultados de seu primeiro mandato como chefe do Executivo estadual. Pivetta foi...

Binotti critica "jogo de cena" de Jiloir

binotti curtinha lucas   Assim como fez com os demais que comandaram a prefeitura, o presidente da Câmara de Lucas do Rio Verde, vereador Jiloir Pelicioli (PDT), passou a criticar de forma dura o prefeito Luiz Binotti (foto), do PSD. Em sessão nesta semana, disparou de novo a metralhadora giratória, afirmando que Binotti...

Aliados de Suelme entregam cargos

corgesio albuquerque curtinha   Mais uma confusão no Palácio Paiaguás em meio a conspirações e brigas por cargos e espaço político. O governador decidiu tirar do 1º escalão a recém-nomeada Vanessa Queirós da pasta de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários para...

Alguns ex-aliados fora do manifesto

fabio garcia curtinha   Nem todos da lista de fortes aliados da gestão Taques e que, gradativamente, foram se distanciando do Palácio Paiaguás assinaram o manifesto contra o projeto de reeleição do governador do PSDB. Eis dois exemplos: os deputados federais Fábio Garcia (foto), do DEM, e Adilton Sachetti...

Ex-aliados em dura reação a Taques

carlos favaro curtinhas   Nunca na história deste país se juntaram tantas lideranças que eram aliadas e que agora estão contra o projeto de reeleição do governador Taques. Nada menos que 31 assinaram manifesto, expondo as razões de terem pulado do barco, entre eles 4 ex-prefeitos, como Mauro Mendes...

Blairo "lava as mãos" sobre o PP-MT

ezequiel fonseca curtinha   O senador licenciado e ministro Blairo Maggi (Agricultura) "lavou as mãos" em relação ao PP-MT, hoje tocado no Estado pelo deputado federal Ezequiel Fonseca (foto). Em algumas reuniões internas, o ex-governador defendeu que o partido abrisse as portas para novos filiados, independente destes...

Suplente se articula para cassar Diego

demilson nogueira vereador curtinha   O suplente de vereador Demilson Nogueira (foto), dirigente do PP de Cuiabá, está se articulando nos bastidores para derrubar o titular da cadeira Diego Guimarães, do mesmo partido. Ele juntou documentos, fotografias, discursos e registro de solenidade para tentar cassar o mandato de Diego....

Governo veta Maldonado à Unemat

adriano silva caceres curtinha   O suplente de deputado Adriano Silva (DEM), ex-reitor da Unemat, com sede em Cáceres, está revoltado com governador Taques. Enquanto atuava como deputado, substituindo o dono da cadeira Botelho, Adriano apresentou neste ano um projeto, aprovado em duas sessões, "rebatizando" a Unemat como...