Cuiabá, 28 de Fevereiro de 2017

Curtinhas

A | A

Sexta-Feira, 11 de Novembro de 2016, 10h:20 | Atualizado: 11/11/2016, 10h:34

Financeiro da AL vai com Pátio

tscharles franciel financas al curtinha

 

O deputado Nininho indicou e o prefeito eleito de Rondonópolis Zé do Pátio acatou para ter no comando da pasta de Finanças, a partir do próximo ano, Tscharles Franciel Tschá (foto). Trata-se do braço financeiro de Nininho desde quando este foi prefeito de Itiquira. Tscharles foi chefe de Gabinete e secretário de Finanças da gestão Nininho. Depois, acompanhou o parlamentar à AL, inicialmente no gabinete e, depois como secretário de finanças do Legislativo mato-grossense, que recebe R$ 34,3 milhões mensais de duodécimo. Tscharles é um profissional discreto, de extrema confiança de Nininho e tem mostrado competência na AL. Sua possível entrada no 1º escalão de Pátio faz parte de um acordo político entre o prefeito eleito e o deputado, atraindo o PSD à base aliada.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Jonas Melo de Almeida | Sábado, 12 de Novembro de 2016, 17h50
    1
    0

    Não concordo com esta indicação. Acho que o prefeito zé do pátio tem que valorizar quem brigou e votou no seu projeto. Esse tal de nininho é um grande oportunista, antes falava mal de pátio e agora quer nome de seu pupilo no primeiro escalão. Se quiser chegar, tem que chegar de mansinho pelas portas do fundo e não querer fazer imposição. Se o Zé carlos aceitar esta indicação sofrerá enorme desgaste diante de seus companheiros que o ajudou a elege-lo. Primeiro tem que ser que segurou no chifre do boi para comer o filé, depois o que sobrar reparte com quem não votou nele! Estamos de olho...

  • joao | Sábado, 12 de Novembro de 2016, 08h44
    1
    0

    Muito pouco para o deputado Nininho, pois Nininho foi apoiador de Zé do Pátio (indiretamente), enquanto o adversário ferrenho e até chamou de vagabundo, Percival vai ficar com 3 Secretarias e ainda quer a 4ª que é a Secretaria de Trânsito.

  • fabito | Sexta-Feira, 11 de Novembro de 2016, 18h49
    0
    0

    To pensando seriamente em virar político! é o melhor caminho! Eu não tenho vergonha na cara, tenho cara de peroba! esses pré requisitos são essenciais! e a certeza que a busca do poder, demagogia, hipocrisia, oportunismo vai sempre existir, fica fácil me garantir uma vida boa!

  • Edval da Silva campos | Sexta-Feira, 11 de Novembro de 2016, 16h59
    1
    1

    Feliz Jornada ao competente primeiro ministro Tscharles, quem conhece confia.......

  • eduardo | Sexta-Feira, 11 de Novembro de 2016, 11h37
    6
    1

    esse josé carlos do pátio é só fogo de palha, só discurso populista, mas, na prática se utiliza das minhas artimanhas dos velhos políticos e acordos espúrios.

  • Rondonopolitano | Sexta-Feira, 11 de Novembro de 2016, 11h25
    5
    0

    Aí tem.

  • Eng. Pedro Lomanho - Rondonópolis MT | Sexta-Feira, 11 de Novembro de 2016, 11h03
    4
    0

    É MAIS DO MESMO. A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA GIRA EM TORNO DE CONCHAVOS E ACORDOS ESPÚRIOS. SERÁ QUE O NININHO , COM A NOBRE INTENÇÃO DE AJUDAR O MUNICÍPIO DE RONDONÓPOLIS E SEU NOVO PREFEITO, ACEITARIA COLOCAR SEUS APANIGUADOS NA SECRETARIA DE CULTURA, OU NA DE ESPORTE, OU NA DE AÇÃO SOCIAL ? É CLARO QUE NÃO ACEITARIA. COMO MOSTRA BEM AQUELE JARGÃO MUITO USADO EM BRASÍLIA : " O DEPUTADO QUER CARGO EM ÓRGÃO QUE FURA POÇO." QUANDO O ZÉ DO PÁTIO FOI PREFEITO ANTERIORMENTE, QUEM MANDAVA NA PREFEITURA ERA O RIVA, QUE EXIGIU COLOCAR UM PAU MANDADO SEU NA CODER. AGORA É ESSE NININHO QUE VAI DAR AS CARTAS,OU "EMBOLSAR" AS CARTAS.

  • Paulo | Sexta-Feira, 11 de Novembro de 2016, 10h48
    8
    0

    Agora fica evidente que o racha no grupo de Percival Muniz e Rogério Salles foi muito bem planejado. Pasmem: Nininho apoiou Rogério Salles e agora indica o principal cargo da gestão, a secretaria de finanças. Adilton faz o mesmo. É a prefeitura se alinhando com empreiteiros. Uma pena.

Matéria(s) relacionada(s):