Cuiabá, 22 de Fevereiro de 2017

Curtinhas

A | A

Quarta-Feira, 15 de Fevereiro de 2017, 12h:05 | Atualizado: 15/02/2017, 12h:20

Mais um "maurista" com Taques

joao batista secretario cuiaba secom 190 curtinha

 

Mais um ex-integrante da equipe do ex-prefeito cuiabano Mauro Mendes que encontra abrigo no Governo Taques. Trata-se de João Batista (foto), que foi adjunto e, depois, pelos últimos seis meses do mandato do socialista, secretário de Governo e de Comunicação Social. Batista agora atua na Unidade de Relações Políticas, estrutura da pasta de Educação, Esporte e Lazer, sob Marco Marrafon. São 12 "mauristas", que ocuparam cargos considerados relevantes na Capital e que agora estão empregados no Estado, como Alan Resende Porto e Marioneide, hoje adjuntos de Obras e de Infraestrutura Escolar da Educação, respectivamente; Beto Corrêa, na assessoria especial da Casa Civil; os secretários Guilherme Muller (Planejamento), Rogério Gallo (Procuradoria-Geral), Kleber Lima (Comunicação) e Domingos Sávio (Ciência, Tecnologia e Inovação); e Thiago França, na assessoria especial da pasta de Cidades.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Claudio | Sexta-Feira, 17 de Fevereiro de 2017, 08h29
    0
    1

    o governador tem que parar de cuidar do povo para construir estacionamento no palacio porque ja não cabe mais os carros dos folgados que ficam pendurados em cargos sem o que fazer

  • jane | Quinta-Feira, 16 de Fevereiro de 2017, 19h11
    1
    1

    esse governador ta enchendo a maquina publuica e por isso não consegue pagar os salarios em dias, vai enterrar o governo do estado mais que o silval.

  • Adriana | Quinta-Feira, 16 de Fevereiro de 2017, 14h34
    1
    1

    Vai faltar lugar para acomodar tantos apadrinhados do ex Prefeito Mauro Mendes. kkkkkkkkkkkk. E dá-lhe nomeações

  • geraldo martins | Quarta-Feira, 15 de Fevereiro de 2017, 17h14
    1
    1

    João Batista é homem de Blairo Maggi, trabalhou no financeiro da primeira campanha do ex-rei da soja em 2002 e nunca mais largou o osso, pegando carona na gestão medíocre de Mauro Mendes e agora no governo PT.

Matéria(s) relacionada(s):