Curtinhas

Sábado, 24 de Dezembro de 2016, 18h:17 | Atualizado: 24/12/2016, 18h:41

Voz do Gaeco e elogios a Taques

marco aurelio gaeco curtinha

 

O promotor de Justiça e coordenador do Gaeco, Marco Aurélio de Castro (foto), em entrevista ao programa O Livre, apresentado na Band Cuiabá por Augusto Nunes, não só fez rasgados elogios ao ex-procurador da República e hoje governador Taques, como o definiu como homem de fibra e referência no combate ao crime organizado. Tal citação veio quando o apresentador fez questionamentos sobre descobertas de fraudes em licitações na Seduc, que resultaram em prisões, entre elas do ex-secretário de Educação, Permínio Pinto. Segundo Marco Aurélio, não restavam dúvidas de que, quando o governo se instalou, algo surgiria porque Taques tinha sucedido Silval, que teve uma administração marcada por corrupção. Enfatizou que a corrupção não é do governo, mas, sim, do homem. Disse que sua admiração por Taques continua. Ponderou que a operação Rêmora é um caso isolado que ganha uma certa conotação por ser a 1ª investida de combate ao crime organizado dentro do atual governo, mas muito setorizado - confira aqui a entrevista.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Gilstinho | Segunda-Feira, 26 de Dezembro de 2016, 07h39
    8
    0

    Ja vi que esta investigação vai parar só ate O Alan e o Perminio "peixe" médio os tubarões que foi beneficiado NADA. Creio que este promotor foi muito infeliz ao Fazer elogio antecipa pra alguém que possivelmente podem ser peça peça de investigação futura. Pelo jeito logo logo, estará aí em publico dando NOTA alta pro Taques. Creio que deveria se auto impedir pra investigar o Pedro Taques sobre o caixa2. Será que se Pedro Taques fosse do PT ou PMSDB do Silval teria este tratamento elogiosa antecipada! Promotor perdeu minha admiração.

  • Ricarte | Domingo, 25 de Dezembro de 2016, 17h50
    10
    1

    Cara, onde vamos parar com tudo isso? Aqueles que deveriam prezar pela justiça, agem de tal forma!!O povo precisa acordar!!!!

  • odenir ferreira | Domingo, 25 de Dezembro de 2016, 11h27
    8
    0

    O que eu disse aquí no dia 24/12 às 19:01 é verdade e a mais pura realidade!Agora;quem não quer enxergar por parte de veiculos de informações e da justiça...paciência!E vcs querem saber...deixem o 'crime organizado' tomar conta e se apoderar do Poder.Só assim a midia e a justiça serão subordinadas à eles,kkk...vamos dar ri sadas...kkk!

  • Enfartado. | Domingo, 25 de Dezembro de 2016, 09h47
    7
    0

    Taí o exemplo quando dizem que o crime compensa. A defesa cabe ao infrator ou seus advogados, AO MPE cabe acusar .................... . chegamos ao fundo do poço a justiça e para quem detêm o poder econômico.

  • Neto | Sábado, 24 de Dezembro de 2016, 21h08
    0
    1

    Neto, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • odenir ferreira | Sábado, 24 de Dezembro de 2016, 19h01
    0
    1

    odenir ferreira, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

Matéria(s) relacionada(s):

Frustrado pela própria desorganização

emanuel pinheiro curtinhas   O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro foi vítima da desorganização da própria gestão ao não conseguir chegar ao Parque Tia Nair a tempo de assistir a apresentação da Esquadrilha da Fumaça neste domingo. Ficou preso na trânsito que congestionou...

Malouf e acerto com quadrilha de Silval

Em mais um depoimento à juíza Selma, da 7ª Vara Criminal da Capital, Alan Malouf, quando questionado acerca de um esquema no Governo Silval que resultou no desvio de R$ 16 milhões do erário, reconheceu ter recebido R$ 950 mil num contrato de gaveta e que não pagou impostos sobre o montante. Contou que em 2010 foi procurado por Eder Moraes, então secretário da Casa Civil, para poder realizar a solenidade de posse do governador para mil...

Ex-governador nega "surra" de Piran

valdir piran curtinha   O emblemático encontro entre Valdir Piran (foto) e Silval para acerto de contas foi questionado pela promotora de Justiça Ana Bardusco, durante depoimento do ex-governador na 7ª Vara Criminal de Cuiabá, nesta quinta. Diferente do que afirmou o ex-secretário Nadaf, Silval amenizou a...

Propinoduto "bancou" posse de Silval

alan malouf curtinha   O Buffet Leila Malouf, que tem como um dos sócios o delator Alan Malouf (foto), recebeu uma "bolada" para fazer a cerimônia de posse de Silval como governador. De fato, o evento realizado em 1º de janeiro de 2011 foi marcado por muito requinte. Na época, não se falava em valores. Eis que agora,...

Tirando dúvidas no CCC sobre propina

pedro nadaf depoimento curtinha   No 3º dia de confissão de Silval à Justiça, nesta quinta, ele contou que conversava com os demais membros da organização criminosa nos momentos de brechas, especialmente na hora da limpeza das celas, dentro do Centro de Custódia de Cuiabá, onde esteve preso por...

Forçando a barra para homenagear pai

vinicyus clovito curtinha   Diferente do pai Clovito Hugueney, parlamentar sensato que teve o 3º mandato de vereador interrompido por sua morte há 2 anos, Vinicyus Hugueney (foto), vereador de 1º mandato licenciado e hoje à frente da pasta de Trabalho e Desenvolvimento da Capital, não demonstra as mesmas habilidades...

Mais 11 em situação de emergência

Mais 11 municípios têm situação de emergência reconhecida pelo governo estadual, após prefeitos terem pedido socorro por causa de problemas ocasionados, principalmente com as chuvas. No mês passado, o Estado havia homologado situação de emergência em 15 cidades. Desta vez, o governador Taques referendou decretos municipais já assinados pelos gestores de Canabrava do Norte, Chapada dos Guimarães, Colniza,...

Citando outros líderes para ter delação

cezar zilio   A demora na homologação da colaboração premiada de Silval junto ao Supremo se deve, entre outras coisas, ao entendimento da Corte de que líder de organização criminosa não pode delatar. E percebe-se que o ex-governador se esforça para não ser enquadrado como tal. Nos...

O silêncio de Silval sobre conselheiros

De volta nesta quarta à sala da juíza Selma Arruda, da 7ª Vara Criminal da Capital, Silval Barbosa foi perguntado sobre comentários do seu ex-secretário Pedro Nadaf de que dinheiro do Estado teria, em forma de propina, abastecido bolso de conselheiros do Tribunal de Contas do Estado. Em resposta, o ex-governador que comandou o Estado de março de 2010 a dezembro de 2014 se limitou a dizer que prefere não comentar sobre esse assunto. Selma...

MAIS LIDAS