ECONOMIA E AGRONEGÓCIO

Segunda-Feira, 16 de Abril de 2018, 10h:14 | Atualizado: 16/04/2018, 10h:18

Acrimat: Brasil deveria recorrer à OMC contra União Europeia sobre o frango

Divulgação

luciano vacari.jpg

 Diretor executivo da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat) Luciano Vacari

O diretor executivo da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), Luciano Vacari, defende que o Brasil tome medidas de ordem comercial para resolver o impasse na exportação de carne de frango para a União Europeia (UE). "O País precisa fazer valer seus direitos frente à Organização Mundial de Comércio (OMC)", disse Vacari ao Broadcast Agro, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, nos bastidores da Intercorte, realizada nesta sexta (13), em Cuiabá.

Em março, o Ministério da Agricultura embargou as exportações de dez unidades da BRF para o bloco econômico, depois da deflagração da Operação Trapaça, da Polícia Federal, no mesmo mês. Antes disso, porém, a União Europeia vinha rejeitando um número cada vez maior de lotes brasileiros de carne de frango, alegando a presença de salmonela acima dos níveis permitidos. O setor produtivo do Brasil argumenta que os europeus vêm utilizando um critério de inspeção de salmonela em carne de frango in natura diferente do usado no frango salgado. "É preciso respeitar o que dizem as regras", disse Vacari sobre a postura da União Europeia. "Estão usando barreiras comerciais disfarçadas de barreiras sanitárias", afirmou ele.

Vacari, que faz parte da instituição voltada para criadores de bovinos, afirmou que a situação acaba afetando todos os setores da pecuária. "Esse volume que não está sendo exportado vai parar no mercado interno e os preços de todas as carnes (de frango e suíno) vão cair", disse. "Isso mexe com o tabuleiro todo."

Segundo a XP Investimentos, a competitividade da carne bovina no atacado paulista é a pior dos últimos oito anos, com a carcaça bovina a R$ 9,61 e o quilo do frango a R$ 3,03 - preços para a parcial de abril até esta sexta-feira. Na quinta-feira, 12, o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, relatou que houve poucos avanços nas reuniões com representantes da UE, em Bruxelas (Bélgica), para evitar o embargo a exportações de carnes brasileiras pelo bloco.

No entanto, segundo ele, há "alguma expectativa para minimizar impactos negativos para as exportações de carnes de aves do Brasil para o bloco" econômico. Na próxima quarta (18), haverá uma votação na Comissão Europeia para decidir sobre restrições às exportações brasileiras de carne de aves da BRF e outras à UE. De acordo com Maggi, após a publicação, uma possível decisão "será avaliada e serão tomadas as providências que forem consideradas necessárias, para restabelecer o fluxo comercial".

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

15 vão concorrer pela Grande Cáceres

moraes curtinha   Pelo menos 15 da região Oeste, que agrega mais de 20 municípios, estão se articulando para concorrer a deputado, sendo 7 deles de Cáceres. Dois vão a federal: Ezequiel Fonseca (PP), de Reserva do Cabaçal e que busca a reeleição, e o estadual Leonardo Albuquerque (SD), baseado...

Ataques de Pivetta dividem opiniões

otaviano pivetta curtinha lucas   Os ataques do ex-prefeito de Lucas do Rio Verde Otaviano Pivetta (foto), do PDT, ao governador Pedro Taques (PSDB) dividem opiniões. Uns acham que ele agiu com desrespeito quando definiu Taques como vagabundo, mentiroso, ladrão de sigla partidária e narcisista. E, diante disso, disseram que...

Irmão de senador disputa a estadual

wener santos nova marilandia curtinhas   O ex-prefeito de Nova Marilândia Werner dos Santos (foto), derrotado à reeleição em 2016, vai concorrer a deputado estadual, mesmo sem apoio irrestrito do irmão, o empresário e senador Cidinho Santos. Filiado ao PP, depois de sair do PR de Cidinho, Werner tem fomentado...

Salgadeira é "pepino" em 2 gestões

Não foi desta vez que a população pode começar a desfrutar das belezas do Complexo Turístico da Salgadeira. Pela segunda vez, o governo adiou a inauguração das obras de reestruturação. O local está fechado há quase 8 anos. O problema se arrastou por toda a gestão Silval e, ao que parece, vai ser resolvido no último ano do governo Taques, que se encerra em dezembro, caso ele não seja reeleito. Era...

Deputados com chances de reeleição

eduardo botelho curtinhas   Quase todos deputados estaduais consideram que entre 10 e 12 dos 21 que vão tentar a reeleição devem obter êxito nas urnas. E apontam, em privado, os com as maiores chances, inclusive com expectativa de mais de 30 mil votos: Botelho (foto), Nininho, Janaína Riva, Zeca Viana e...

Rede de aliados para se tornar federal

neri_geller_curtinha.jpg   Com a estatura de quem foi ministro da Agricultura do Governo Dilma e depois retornou como secretário de Política Agrícola da gestão Temer, Neri Geller (foto) montou uma rede estruturante de aliados capaz de já projetá-lo como futuro deputado federal. Aproveitou os últimos...

Assumindo culpa por "fantasma" na AL

abilio moumer curtinha   Numa postagem em sua página pessoal no Facebook, Abilio Moumer (foto), pai do vereador por Cuiabá Abílio Júnior e marido de Damaris Rasteli, tem a coragem de usar o nome de Deus e da igreja para, depois, pedir perdão. Se revela culpado pelo deputado Sebastião Rezende, evangelista da...

Rossato e Selma já têm até marketing

selma arruda curtinha   Dilceu Rossato, ex-prefeito de Sorriso, e Selma Arruda, que se aposentou prematuramente como juíza de Direito para poder se candidatar a cargo eletivo, estão mais bem planejados e organizados do que se imagina, surpreendendo até aqueles políticos mais tradicionais que costumam empurrar as...

Se Mauro recuar DEM volta pra Taques

jayme campos curtinha   O DEM segue aguardando decisão do indeciso empresário Mauro Mendes para puxar candidatura a governador. Mas, caso o ex-prefeito cuiabano desista de disputar o Paiaguás, o partido abriria duas possibilidades. Uma seria voltar para os braços do governador Taques e apoiá-lo à...