ECONOMIA E AGRONEGÓCIO

Quinta-Feira, 23 de Março de 2017, 16h:43 | Atualizado: 23/03/2017, 17h:12

JBS suspende produção de carne em 10 das 11 plantas frigoríficas de MT

Newtrade

frigorifico-jbs

Segundo JBS, ação objetiva  ajustar produção a embargos de países que compram a carne no Brasil

A JBS anunciou nesta quinta (23) que suspendeu por três dias a produção de carne bovina em 33 unidades de processamento no país, sendo que 10 delas são em Mato Grosso. A medida afeta 44% das unidades em Mato Grosso, já que o estado tem 25 unidades de processamento que atuam com o Serviço de Inspeção Federal (SIF), de acordo com a Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

A ação da JBS atingiu mais de 90% das unidades da empresa, já que são 36 no total. Das três que permanecem abertas, uma está em Mato Grosso. O empreendimento não detalhou quais das unidades foram paralisadas e quais estão na ativa. 

Segundo a JBS, o objetivo da ação é ajustar o volume da produção em relação aos embargos tomados por alguns países que importam a carne brasileira.

Em Mato Grosso a empresa opera com confinamento em Lucas do Rio Verde. Nas cidades de Água Boa, Alta Floresta, Araputanga, Barra do Garças, Colíder, Confresa, Diamantino, Juara, Juína, Pedra Preta e Pontes e Lacerda a JBS atua em parceria com pecuaristas. 

Mato Grosso detém o maior rebanho bovino do Brasil. Conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), são aproximadamente 30 milhões de cabeças. Segundo dados de 2016, foram enviadas para o abate no Estado 4,5 milhões de cabeças de gado. 

O Estado tem hoje capacidade total instalada para abater 787,6 mil cabeças por mês. Mas, se considerarmos apenas as unidades em atividade, esse número cai para 523,4 mil.

Chile, União Européia e China impuseram restrições à carne brasileira após a deflagração da Operação "Carne Fraca", da Polícia Federal (PF). Os três foram responsáveis por 33% das compras das carnes mato-grossenses no ano passado. 

 

Veja, abaixo, a íntegra da nota da JBS:

A JBS confirma que suspendeu, por três dias, a produção de carne bovina em 33 unidades das 36 que a empresa mantém no país. Para próxima semana, a Companhia irá operar em todas as suas unidades com uma redução de 35% da sua capacidade produtiva. Essas medidas visam ajustar a produção até que se tenha uma definição referente aos embargos impostos pelos países importadores da carne brasileira. A JBS ressalta que está empenhada  na manutenção do emprego dos seus 125 mil colaboradores em todo o Brasil.

 

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Mariazinha | Sexta-Feira, 24 de Março de 2017, 07h33
    1
    0

    A titulo de combater a corrupção ,estão mandando Pais pro brejo. Se a Friboi,a JBS pararem adeus 2 milhões de empregos. Dai entram as MULTI ,e agora SEM carteiras assinadas. Uma festa. Midiótas ,voces não tem mais DEMOCRACIA ,CARTEIRA ASSINADA , RGA e nem APOSENTADORIA!!! E a corrupção continua. SATISFEITOS ???!!!

  • arnaldo correia da silva | Quinta-Feira, 23 de Março de 2017, 17h25
    0
    0

    POR CONTA DE MEIA DUZIA DE CORRUPTOS OLHA AI . COLOCA EM RISCO A MAIORIA DOS EMPREGOS DE QUEM REALMENTE PRECISA ; QUANTAS FAMILIA NÃO VIVE COM ESSE EMPREGO. UM PAIS SEM COMANDO SO UM MONTE DE POLITICOS SEM COMPROMISSO SO PENSA NELES E A POPULAÇÃO QUE SE FODASSSSSSSS

Matéria(s) relacionada(s):

15 vão concorrer pela Grande Cáceres

moraes curtinha   Pelo menos 15 da região Oeste, que agrega mais de 20 municípios, estão se articulando para concorrer a deputado, sendo 7 deles de Cáceres. Dois vão a federal: Ezequiel Fonseca (PP), de Reserva do Cabaçal e que busca a reeleição, e o estadual Leonardo Albuquerque (SD), baseado...

Ataques de Pivetta dividem opiniões

otaviano pivetta curtinha lucas   Os ataques do ex-prefeito de Lucas do Rio Verde Otaviano Pivetta (foto), do PDT, ao governador Pedro Taques (PSDB) dividem opiniões. Uns acham que ele agiu com desrespeito quando definiu Taques como vagabundo, mentiroso, ladrão de sigla partidária e narcisista. E, diante disso, disseram que...

Irmão de senador disputa a estadual

wener santos nova marilandia curtinhas   O ex-prefeito de Nova Marilândia Werner dos Santos (foto), derrotado à reeleição em 2016, vai concorrer a deputado estadual, mesmo sem apoio irrestrito do irmão, o empresário e senador Cidinho Santos. Filiado ao PP, depois de sair do PR de Cidinho, Werner tem fomentado...

Salgadeira é "pepino" em 2 gestões

Não foi desta vez que a população pode começar a desfrutar das belezas do Complexo Turístico da Salgadeira. Pela segunda vez, o governo adiou a inauguração das obras de reestruturação. O local está fechado há quase 8 anos. O problema se arrastou por toda a gestão Silval e, ao que parece, vai ser resolvido no último ano do governo Taques, que se encerra em dezembro, caso ele não seja reeleito. Era...

Deputados com chances de reeleição

eduardo botelho curtinhas   Quase todos deputados estaduais consideram que entre 10 e 12 dos 21 que vão tentar a reeleição devem obter êxito nas urnas. E apontam, em privado, os com as maiores chances, inclusive com expectativa de mais de 30 mil votos: Botelho (foto), Nininho, Janaína Riva, Zeca Viana e...

Rede de aliados para se tornar federal

neri_geller_curtinha.jpg   Com a estatura de quem foi ministro da Agricultura do Governo Dilma e depois retornou como secretário de Política Agrícola da gestão Temer, Neri Geller (foto) montou uma rede estruturante de aliados capaz de já projetá-lo como futuro deputado federal. Aproveitou os últimos...

Assumindo culpa por "fantasma" na AL

abilio moumer curtinha   Numa postagem em sua página pessoal no Facebook, Abilio Moumer (foto), pai do vereador por Cuiabá Abílio Júnior e marido de Damaris Rasteli, tem a coragem de usar o nome de Deus e da igreja para, depois, pedir perdão. Se revela culpado pelo deputado Sebastião Rezende, evangelista da...

Rossato e Selma já têm até marketing

selma arruda curtinha   Dilceu Rossato, ex-prefeito de Sorriso, e Selma Arruda, que se aposentou prematuramente como juíza de Direito para poder se candidatar a cargo eletivo, estão mais bem planejados e organizados do que se imagina, surpreendendo até aqueles políticos mais tradicionais que costumam empurrar as...

Se Mauro recuar DEM volta pra Taques

jayme campos curtinha   O DEM segue aguardando decisão do indeciso empresário Mauro Mendes para puxar candidatura a governador. Mas, caso o ex-prefeito cuiabano desista de disputar o Paiaguás, o partido abriria duas possibilidades. Uma seria voltar para os braços do governador Taques e apoiá-lo à...