Eleições-2014

Terça-Feira, 28 de Setembro de 2010, 14h:50 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:27

Eleições 2010

Cabos eleitorais reclamam; candidata diz sofrer extorsão

   Cabos eleitorais que supostamente teriam sido contratados para trabalhar na campanha da candidata a deputada estadual Alice Garcia (PRP) reclamam que até o momento não receberam pelo serviço prestado. De acordo com os militantes, o pagamento deveria ser feito mensalmente, mas depois de negociações, teriam sido informados de que a candidata não honraria a dívida.

   Alice ressalta que todas as pessoas que estão trabalhando para ela estão com os pagamentos em dia e que as acusações teriam partido de pessoas contratadas por alguém ligado a uma coligação adversária. “Estou sendo vítima de extorsão, assim como Mauro Mendes (candidato ao Palácio Paiguás pelo PSB)”, afirmou, lembrando que inclusive já procurou a Justiça para registrar boletim de ocorrência (BO) sobre o fato. Ela afirma que nem sequer conhece as pessoas que a acusam e que seus cabos foram contratados pela sua coordenadora de campanha. “Aqueles que estão trabalhando comigo, conheço todos, pois nos reunimos pontualmente”, destaca.

   No entando, outro BO foi registrado no último domingo (26) contra Alice. Entre as lideranças que dizem não ter recebido pelo trabalho prestado, está José Milton Gomes de Oliveira, de Cuiabá. O militante conta que abandonou o projeto da candidata depois de mais de dois meses sem receber. “Chega de trabalhar de graça”, desabafou.

   Conforme ele, o marido da candidata os teria informado de que eles não seriam pagos, pois suas contratações não teriam sido autorizadas. “Como não autorizaram e mandaram o material de campanha para gente?”, questiona. Assim como ele, Cleonice Leite também reclama do suposto “calote”. “Nos engajamos e íamos às feiras que eles pediam distribuir santinhos e nem água recebemos”, critica. Ela relata que, jutamente com mais quatro lideranças, encontrou o marido da candidata num posto de gasolina onde o mesmo teria informado que o dinheiro recebido por Alice não teria sido suficiente para pagar o pessoal.

   A candidata, por sua vez, diz já saber quem é o responsável pela confusão e que os cabos chegaram a ir até a portaria do prédio onde mora para abordá-la. “Meu marido foi sim encontrar com essas pessoas, mas ele também não os conhecem”, explicou. “Estou tranquila pois não devo nada a ninguém”, concluiu.

   Uma das lideranças, que preferiu não se identificar, conta que procurou a coligação “Mato Grosso Para Todos”, que referenda a campanha de Alice, e foi informado de que a candidata teria recebido R$ 100 mil para sua campanha. O cabo eleitoral diz que as despesas com os cerca de 150 cabos contratados em Cuiabá, Cáceres e Poconé gira em torno de R$ 30 mil.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Antonio | Terça-Feira, 28 de Setembro de 2010, 19h39
    0
    0

    HIMMMMM TÁ VIRANDO MODA, EM POCONÉ O MALUF DEIXOU MAIS DE 50 PESSOAS CHUPANDO OS DEDOS

Controladores de ROO e o baixo salário

Em Rondonópolis, o prefeito Zé do Pátio foi obrigado, por decisão judicial, a empossar controladores internos do Município. Mas, depois, simplesmente "lavou as mãos". Os controladores têm, entre outras atribuições, a missão de proteger o patrimônio, fiscalizar e combater a corrupção. A atuação é equiparada ao do trabalho desenvolvido pela CGU. O problema é que esses profissionais...

Prefeitos empurram pré-candidatura

neurilan fraga curtinha   Neurilan Fraga (PSD) tem recebido incentivo de prefeitos, os quais representa como presidente da AMM, para ser candidato. Em princípio, seu nome era citado como opção à Câmara Federal. Mas agora pode entrar no páreo para deputado estadual. Abriu-se essa brecha por causa da...

Lutava pra sair e agora luta pra entrar

antonio joaquim curtinha   Antonio Joaquim enfrenta um drama pessoal e um embate jurídico um tanto curioso. Lutava para sair e agora luta para entrar no TCE-MT. Até semana passada, antes da operação Malebolge, Joaquim dizia que já havia dado sua contribuição no tribunal e que, após 17 anos de...

Perri, apoio e decisão com o "fígado"

rogers detran curtinhas   A decisão de Orlando Perri de afastar Rogers (foto) do comando da Segurança e ainda impor a este tornozeleira eletrônica causou muitos debates internos, especialmente depois da reação dura do governador Taques. De um lado, os colegas de Pleno prestaram solidariedade a Perri e...

Secretário destrava 10 obras da Copa

wilson_santos No cargo se secretário de Cidades há quase 9 meses, Wilson Santos (PSDB), em visita à sede do Rdnews, comemora o fato de ter conseguido destravar 10 obras da Copa de 2014. Admite que ainda restam pelo menos mais 4 para retomar, o que deve ocorrer no próximo ano, além do VLT. O reinício das obras do...

Desembargador denunciado no CNJ

orlando perri   Orlando Perri (foto) vai ser representado no CNJ. Quem o denunciará será Pedro Taques. O  governador se mostra revoltado com a decisão do desembargador de, mesmo com parecer contrário do MPE, mandou afastar Rogers do cargo de secretário de Segurança e ainda determinou que este use...

Taques define Perri como juiz acusador

pedro taques curtinha   Pedro Taques (foto) reagiu de forma dura e enérgica à decisão cautelar do desembargador Perri, que determinou afastamento de Rogers do comando da Segurança e ainda o impôs tornozeleira eletrônica, por entender que este usou o cargo para tentar obter documentos sigilosos ou...

Diretoria recebe apoio de servidores

luiz_henrique_curtinha O Sindicato dos Trabalhadores do TCE e a Associação dos Aposentados e Pensionistas do Tribunal emitiram nota de apoio à nova gestão do órgão fiscalizador, alterada por força de decisão judicial. O apoio acontece 6 dias após o STF afastar 5 membros do Pleno, acusados em...

Incompetência e os voos cancelados

z� do patio curtinha   O prefeito Zé do Pátio, de Rondonópolis, é tão incompetente que não consegue manter regularizados pagamentos para funcionamento do aeroporto municipal Maestro Marinho Franco. Para se ter ideia, há 9 meses a prefeitura não paga dois bombeiros militares...