Eleições-2014

Terça-Feira, 14 de Maio de 2013, 15h:39 | Atualizado: 14/05/2013, 18h:19

Eleições 2014

Especialista diz que VG está órfã de líderes e deve fabricar nomes

Analista considera que não há fortes expectativas na AL

Foto: Rodinei Crescêncio -- Vinícius de Carvalho   O articulista político Vinícius de Carvalho avalia que Várzea Grande está órfã de lideranças políticas e terá muita dificuldade de “fabricar” nomes fortes para as próximas eleições. Ele observa que os partidos não se preocuparam em construir carreiras fortes no município, com raríssimas exceções como o de Jayme Campos (DEM). Carvalho lembra que a cidade já teve três deputados estaduais e hoje não tem nenhum.

   O analista se refere à época em que o prefeito Wallace Guimarães (PMDB), o jornalista Maksuês Leite (PRB) e o atual conselheiro do TCE Campos Neto (DEM) detinham cadeira na Assembleia. Por ser o segundo colégio eleitoral do Estado, o município se tornou um curral eleitoral, bastante assediado pelos candidatos de Cuiabá, mas sem qualquer representatividade política no Legislativo e na Câmara Federal. “Hoje a representação política de Várzea Grande está empobrecida”, classificou em entrevista ao RDTV, tv web do portal RDNews, nesta segunda (13).

   Dentre as candidaturas que se desenham na antiga cidade industrial para 2014, Carvalho só vê expressividade em Jayme Campos (DEM) e Tião da Zaeli (PSD) para deputado federal. Em sua conjectura, Jayme se projetará à Câmara Federal no lugar do irmão Júlio, porque teme o fato de Mato Grosso ter a tradição de não reeleger senador. “O único senador mato-grossense reeleito até hoje foi Jonas Pinheiro”, evidencia.

   Para a Assembleia, a situação estaria muito mais indefinida. “Vão ter que produzir algum nome, porque hoje não há ninguém de peso”. Articulam para concorrer ao pleito os vereadores de 1º mandato Dr. Waldir Bento (PMDB) e Pery Taborelli (PV). Também são cogitados Júlio Campos Neto e Lucimar Campos, ambos do DEM.

   O especialista acredita que Maksuês Leite também possa ressurgir no cenário político. Ele era grande promessa nas eleições majoritárias de 2008, mas acabou abortando precocemente a carreira ao se envolver em escândalo político.

   Na época, ele era o número 1 nas pesquisas de intenção de votos, mas recuou na disputa para beneficiar Júlio Campos que foi derrotado por Murilo Domingos. Denúncias deram conta de que o jovem político teria recebido muito dinheiro para desistir do pleito.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • EDUARDO RAMOS | Terça-Feira, 14 de Maio de 2013, 13h06
    0
    0

    ESSE CARA VIVE EM OUTRO MUNDO,,, VERDADEIRAMENTE NÃO SABE O QUE FALA. TIRAR LIDERANÇAS DE JÚLIO E JAYME CAMPOS..... AGUARDEMOS E VEREMOS.

  • Mario Mendes | Terça-Feira, 14 de Maio de 2013, 11h49
    0
    0

    especialista de nada ,órfã e vc de informaçao sobre Varzea Grande ,va ate o bairro mapim veja o nome pres. de bairro ,va ao Cristo Rei va pq do lago ,sao Mateus ,jd gloria todos esses bairros e outros mais tem sim nomes muito fortes so nao tem HOMENS ricos ou de família tradicional para ter apoio do poder publico nen dinheiro para financiar campanha

  • mauro | Terça-Feira, 14 de Maio de 2013, 11h29
    0
    0

    não só varzea grande, como também cuiaba, de ter , tem, mas não querem sair com chapa majoritaria.... tem que gastar....

  • José Sério | Terça-Feira, 14 de Maio de 2013, 09h45
    0
    0

    Pode ser especialista em outra área, dizer que Tião teria alguma possibilidade política me deixou em dúvidas.

Matéria(s) relacionada(s):

Joaquim vê tentativa de ferir sua honra

antonio joaquim curtinha   Antonio Joaquim, que aguarda oficialização de sua aposentadoria de conselheiro do TCE pelo Palácio Paiaguás para poder se lançar pré-candidato a governador, se mostra revoltado com o que chama de uso político da lista de materiais apreendidos pela PF em sua casa. Foram...

Aliados de Percival não querem Taques

percival muniz pps   Alguns filiados do "nanico" PPS e pertencentes ao grupo de Percival Muniz (foto) estão resistindo a ideia de receber a filiação do governador Taques, que está disposto a deixar o PSDB. O curioso é que esse movimento ganha corpo sem o conhecimento do próprio ex-prefeito rondonopolitano....

Derrota aos Viana e novo grupo político

leo bortolini curtinha   Léo Bortolini (foto), prefeito peemedebista interino, "enterrou" de vez o grupo dos Viana, ao vencer a vereadora Carmen Betti (PSC) neste domingo com 69% dos votos válidos, na eleição suplementar em Primavera do Leste. O peemedebista segue no comando do Executivo até 2020. Léo...

Adin para garantir 15% aos fazendários

rogerio gallo curtinha   Com a folha de pessoal "estourada", superando o limite prudencial da lei fiscal, o governo do Estado deveria agradecer ao TCE que, sob medida cautelar, suspendeu o reajuste de 15% concedido pelo Executivo aos agentes fazendários ao longo dos próximos dois anos, além de verba indenizatória...

Plano de se afastar para ser candidato

jayme campos curtinhas   Jayme Campos, hoje principal referência do DEM no Estado, revelou neste domingo que está decidido a se desincompatibilizar do cargo de secretário de Assuntos Estratégicos de Várzea Grande para "costurar" candidatura majoritária, seja ao Senado, seja para governador. A saída do...

Governo Taques avança na Segurança

gustavo garcia curtinha   A área de Segurança Pública, hoje sob Gustavo Garcia Francisco (foto), foi apontada pelo governador Taques como prioritária desde o início da gestão. Nos dois primeiros anos (2015 e 2016), aumentou o contingente policial, armamentos, serviços de inteligência e...

Empenho e solidariedade às famílias

pedro taques curtinha   O governador Taques acompanhou pessoalmente a operação policial na madrugada deste sábado, que resultou no "estouro" do cativeiro, na prisão dos assaltantes e na liberdade da empresária Milene Falcão Eubank, mantida refém por 13 horas. O secretário de Segurança,...

Estado perde seu único time na Série B

helmute fmf   Após quatro anos consecutivos na Série B, algo inédito na história de um time mato-grossense que não tinha representante desde 1994, o Luverdense foi rebaixado à Terceira Divisão. Precisava vencer para ter chance de seguir na Segundona, mas empatou nesta sexta, em 0 a 0, com o Guarani....

Taques ignora pressão e elogia Soares

luiz soares curtinha   Coube ao ex-prefeito cuiabano e apresentador do programa Resumo do Dia, Roberto França, tornar público o posicionamento do governador Taques quanto ao movimento de várias lideranças, especialmente de deputados, pela queda de Luis Soares da pasta da Saúde. No quadro "Bomba do Dia", apresentado...

MAIS LIDAS