Eleições-2014

Segunda-Feira, 29 de Março de 2010, 15h:01 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

PALÁCIO ALENCASTRO

Na tentativa de evitar críticas, Galindo se reúne com vereadores

Galindo faz reunião com vereadores e busca manter base

Chico Galindo   Ciente de que enfrentará resistências na Câmara de Cuiabá devido ao clima eleitoral que já se instalou no parlamento, o vice-prefeito Chico Galindo (PTB), que assume o Palácio Alencastro em 4 dias, promete manter diálogo intenso com todos os vereadores, incluindo os da oposição. Ele aguarda apenas ser empossado para se reunir com os 19 parlamentares em busca de apoio. O petebista quer “aparar as arestas” e assegurar a manutenção da base governista. Hoje o prefeito Wilson Santos (PSDB) tem 13 dos 19 vereadores.

  No início da atual legislatura, 14 parlamentares eram situacionistas, mas como Everton Pop (PP) resolveu “pular” para a base de oposição, Galindo já assume a prefeitura com menos força que o tucano detinha. Hoje são tidos como oposicionistas: Francisco Vuolo e Chico 2000, os dois do PR, Lúdio Cabral (PT), Domingos Sávio e Arnaldo Penha, ambos do PMDB, além de Pop. “Eu vou conversar com todos os poderes: TCE, Ministério Público e com a Câmara. Respeito a oposição e tenho certeza que vamos ajudar Cuiabá”, disse Galindo, num discurso polido.

  O petebista tem bons motivos para “acertar os ponteiros” com o Legislativo, afinal, projetos polêmicos como a atualização da planta genérica de Cuiabá e a mensagem que autoriza a Sanecap a fazer a coleta de lixo devem ser apreciados neste ano. “Passando a gestão do lixo para a Sanecap vamos economizar 30% dos gastos. Estamos modernizando as políticas ambientais”, defende o petebista.

   Ele nega a venda de ações da Companhia de Saneamento e afirma não entender o porquê da polêmica entre os parlamentares sobre a lei aprovada na gestão do então prefeito Roberto França, que permite a venda de 49,9% das ações da Sanecap. “Não falamos nada sobre venda de ações. Não há nenhuma lei em discussão neste sentido. Não entendi a polêmica, que para mim tem conotação política”, alfineta o petebista. Já as discussões em torno da atualização da planta genérica deve ficar para o final do ano, após as eleições majoritárias. “É uma ferida que Cuiabá não suporta mais. Teremos que discutir isso no final do ano e vou tentar corrigir isso”.

  Por enquanto, o futuro prefeito afirma que não haverá mudanças no posto de líder do prefeito, hoje exercido pelo tucano Paulo Borges. “Se ele não for sair da Câmara para atuar na campanha de Wilson, vai continuar exercendo esse papel”, ponderou Galindo, numa referência às afirmações do pré-candidato ao governo, prefeito Wilson Santos (PSDB), que admitiu articulação para que Rossivelt Coelho e Borges, ambos do PSDB, deixassem o parlamento a fim de se dedicar à corrida eleitoral. Nesse caso, assumiriam as cadeiras os suplentes Tiago Nunes, sobrinho da deputada Chica Nunes, e Leonardo Oliveira, filho de uma das irmãs do ex-governador Dante de Oliveira (falecido em 2006), respectivamente.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Daiane do trs barras | Segunda-Feira, 29 de Março de 2010, 17h16
    0
    0

    acho bom conversar, pra fortalecer a base, mas ñ vai comprometer as secretarias com gente imcompetente como fez ws

Joaquim vê tentativa de ferir sua honra

antonio joaquim curtinha   Antonio Joaquim, que aguarda oficialização de sua aposentadoria de conselheiro do TCE pelo Palácio Paiaguás para poder se lançar pré-candidato a governador, se mostra revoltado com o que chama de uso político da lista de materiais apreendidos pela PF em sua casa. Foram...

Aliados de Percival não querem Taques

percival muniz pps   Alguns filiados do "nanico" PPS e pertencentes ao grupo de Percival Muniz (foto) estão resistindo a ideia de receber a filiação do governador Taques, que está disposto a deixar o PSDB. O curioso é que esse movimento ganha corpo sem o conhecimento do próprio ex-prefeito rondonopolitano....

Derrota aos Viana e novo grupo político

leo bortolini curtinha   Léo Bortolini (foto), prefeito peemedebista interino, "enterrou" de vez o grupo dos Viana, ao vencer a vereadora Carmen Betti (PSC) neste domingo com 69% dos votos válidos, na eleição suplementar em Primavera do Leste. O peemedebista segue no comando do Executivo até 2020. Léo...

Adin para garantir 15% aos fazendários

rogerio gallo curtinha   Com a folha de pessoal "estourada", superando o limite prudencial da lei fiscal, o governo do Estado deveria agradecer ao TCE que, sob medida cautelar, suspendeu o reajuste de 15% concedido pelo Executivo aos agentes fazendários ao longo dos próximos dois anos, além de verba indenizatória...

Plano de se afastar para ser candidato

jayme campos curtinhas   Jayme Campos, hoje principal referência do DEM no Estado, revelou neste domingo que está decidido a se desincompatibilizar do cargo de secretário de Assuntos Estratégicos de Várzea Grande para "costurar" candidatura majoritária, seja ao Senado, seja para governador. A saída do...

Governo Taques avança na Segurança

gustavo garcia curtinha   A área de Segurança Pública, hoje sob Gustavo Garcia Francisco (foto), foi apontada pelo governador Taques como prioritária desde o início da gestão. Nos dois primeiros anos (2015 e 2016), aumentou o contingente policial, armamentos, serviços de inteligência e...

Empenho e solidariedade às famílias

pedro taques curtinha   O governador Taques acompanhou pessoalmente a operação policial na madrugada deste sábado, que resultou no "estouro" do cativeiro, na prisão dos assaltantes e na liberdade da empresária Milene Falcão Eubank, mantida refém por 13 horas. O secretário de Segurança,...

Estado perde seu único time na Série B

helmute fmf   Após quatro anos consecutivos na Série B, algo inédito na história de um time mato-grossense que não tinha representante desde 1994, o Luverdense foi rebaixado à Terceira Divisão. Precisava vencer para ter chance de seguir na Segundona, mas empatou nesta sexta, em 0 a 0, com o Guarani....

Taques ignora pressão e elogia Soares

luiz soares curtinha   Coube ao ex-prefeito cuiabano e apresentador do programa Resumo do Dia, Roberto França, tornar público o posicionamento do governador Taques quanto ao movimento de várias lideranças, especialmente de deputados, pela queda de Luis Soares da pasta da Saúde. No quadro "Bomba do Dia", apresentado...

MAIS LIDAS