Cuiabá, 31 de Julho de 2014

Eleições-2014

A | A

Domingo, 23 de Junho de 2013, 07h:58 | Atualizado: 23/06/2013, 13h:24

SAÚDE

Novo MT Saúde será enviado em agosto à AL; plano remodelado

Novo MT Saúde será enviado em agosto à AL; plano terá outros preços

-- Secretário Francisco Faiad (PMDB)   A secretaria estadual de Administração, sob Francisco Faiad (PMDB), deve encaminhar para a Assembleia, em agosto, projeto com o novo escopo de funcionamento do MT Saúde. Num primeiro momento, segundo o secretário, a ideia era que a matéria fosse apreciada antes do recesso parlamentar, em julho, mas houve um atraso na informatização dos dados. Ocorre que, até recentemente, o MT Saúde não tinha um banco de dados.

   Isso porque as empresas terceirizadas que administraram o convênio, após romper o contrato, levaram o sistema informatizado. Dessa forma, todas as informações cadastrais de usuários e rede conveniada foram perdidos. Assim, coube ao Cepromat promover a criação do novo banco de dados, que fica pronto no final do mês.

   Conforme Faiad, o próximo passo será a elaboração de uma tabela de preços baseada na faixa etária e não mais apenas um percentual de desconto estabelecido. Ele explica que a medida segue o padrão proposto por outros planos. Assim, na prática, alguns vão passar a pagar menos e outros mais. Ele cita como exemplo um funcionário que recebe R$ 4 mil e hoje para R$ 200. Segundo Faiad, esse valor deve cair para R$ 120, no caso do servidor ter 29 anos.

   O secretário pondera, no entanto, que a SAD também está preocupada com os servidores de categorias menos remuneradas. Será estabelecido um teto e o Estado vai subsidiar recursos para quem ganha menos. “Hoje tem servidor que paga R$ 34, por isso, o Governo tem que colocar tanto aporte financeiro”, reforça.

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • zoraide figueiredo | Segunda-Feira, 29 de Julho de 2013, 15h02
    0
    0

    Sr.Secretário,Fico indignada com essa falta de respeito para com os usuários deste plano que antes tão conceituado deixou de atender com dignidade e respeito cada contribuinte deste Estado.Com toda essa precariedade no atendimento só temos a lamentar e perguntar onde foi parar os descontos de anos atrás?Quem irá pagar por isso?Agora escuto na mídia que os descontos serão por faixa etária!Como ficarei se já me encontro em processo de aposentadoria?Sem contar que meu salário não corresponde tanto assim para pagar de acordo com minha idade!Até quando ficaremos ansiosos por dias melhores?Esperamos que analisem,repensem e os responsáveis tratem com respeito e dignidade cada contribuinte deste plano.E que seja resolvido imediatamente as dificuldades e burocracias na hora de consultas e agendamentos de exames....O desconto é sagrado na folha de pagamento não é?

  • jeronima maria | Quinta-Feira, 04 de Julho de 2013, 12h31
    0
    0

    SR,secretario já vão fazer 2 anos que o MT SAÚDE vem sendo empurrado com aval do SR GOVERNADOR,DEPUTADOS Sserá que vamos chegar 2014 ainda aguardando a boa vontade dos SRS. doença não espera e precisamos retorno de mais médicos especialistas.Porque nesse período o desconto continuou no holerite; criem vergonha.......

  • alice freiria savador | Quarta-Feira, 26 de Junho de 2013, 20h03
    0
    0

    paguei o mt saúde por mais de 3 anos, fui obrigada a sair do plano por não encontrar assistencia médica quando precisei.Hoje estou desprovida de atendimento por não ter condições de arcar com o custo de uma UNIMED.Até quando políticos farão o que querem em detrimento do povo???????????

  • Genita Maria | Terça-Feira, 25 de Junho de 2013, 21h21
    0
    0

    Aki em Guiratinga estamos a + ou - 1 ano e meio ki estamos pagando e não sendo atendidos, e aí como fica isso?, também pagamos a coparticipação de 30%, dependendo do acrescimo vou entrar sim na justiça, afinal alguém deve estar c/ nosso dinheiro!!!é impossível ki o ministério público não apure isso!!!!

  • Maria | Terça-Feira, 25 de Junho de 2013, 20h00
    0
    0

    Tornar o MT Saúde igual aos demais planos de saúde conforme o indicado acima, vai sacrificar mais uma vez os profissionais aposentados, principalmente nós do interior que toda vida tivemos atendimeto precário durante o período que o MT- SAúde funionou. Para reparar oprejuizo que já tivemos durante todo o período que pagamos sem receber atendimento sugiro que seja colocado um artigo no plano beneficindo tod aod por pela não prrtigo estação de serviço enquanto

  • iolan | Terça-Feira, 25 de Junho de 2013, 12h12
    0
    0

    sem falar nos 08 meses que foram descontados em folha e sem atendimento algum e até sem devolução ao usuário, onde foi parar o dinheiro, já que não havia atendimento algum? e nem adianta entrar com processo solicitando o reembolso que é negado.

  • robison gomes | Domingo, 23 de Junho de 2013, 21h15
    0
    0

    Quem tem 29 anos e ganha 4.000,00 nunca nesta vida pagaria MT Saude e sim uma UNIMED esse secretario e ridiculo e esta fora de sintonia com os funcionarios publicos, hoje se vc ganha 1500,00 e tem 4 filhos vc ta perdido com esse plano dele sao 6 mensalidades o MT nao e para enriquecer mais ninguem como foi o caso dos ex presidentes e sim dar melhor qualidade de vida aos usuários.

  • Claudio | Domingo, 23 de Junho de 2013, 19h57
    0
    0

    Sr Secrerário, o Senhor havia afirmado que a mensagem seria enviado para Assembleia, logo que encerrado a CPI da AL? Sr Secretário mais uma vez o servidor vai ser enrolando, vamos continuar com esse atendimento precário do MT Saúde? Quando vamos poder confiar nas suas promessas?

  • Elizeu | Domingo, 23 de Junho de 2013, 13h29
    0
    0

    Além dos R$ 326,00 ainda pago 30 por cento de co-participação.

Matéria(s) relacionada(s):