Eleições-2014

Sexta-Feira, 27 de Abril de 2012, 13h:00 | Atualizado: 27/04/2012, 16h:09

ESCÂNDALO

Presidente do TCE manda auditar todos contratos da Delta em MT

    O Tribunal de Contas vai auditar os contratos entre o Governo e a Delta Construtora. A instalação foi determinada pelo presidente do TCE José Carlos Novelli, que pediu uma força tarefa. O órgão não vai se limitar a investigar os contratos com o Estado, que possui convênio para a locação de veículos para a secretaria estadual de Segurança Pública desde 2009.

     Seis relatorias vão fazer a auditoria em todas as relações da Delta com órgãos municipais. Isso quer dizer que também estão na mira os contratos firmados pelas prefeituras de Cuiabá e Várzea Grande. A empreiteira presta serviço de coleta de lixo nos 2 municípios. A iniciativa partiu do próprio governador Silval Barbosa (PMDB) no último dia 16. O peemedebista está preocupado com os recentes escândalos envolvendo a empreitara em irregularidades praticadas em conjunto com o bicheiro Carlinhos Cachoeira.

     O tribunal vai fazer rastreamento em seu sistema para identificar quais são os contratos existentes em Mato Grosso e, a partir daí, a secretaria de controle Externo encaminha às relatorias responsáveis de acordo com a distribuição de processos dentro da instituição. Os documentos também serão analisados pela Auditoria-Geral.

     Silval também resolveu falar sobre a possibilidade do bicheiro estar se articulando para vencer a licitação para comandar a Loteria do Estado (Lemat). Ele pediu ao secretário de Segurança, Diógenes Curado, que determine uma investigação por parte do serviço de inteligência, para saber se realmente houve a tentativa de intervenção. Até conhecer os resultados da investigação, a licitação está suspensa.

Governador manda auditar contrato do Estado com a Delta

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Paulo Mattos | Sexta-Feira, 27 de Abril de 2012, 16h35
    0
    0

    Paulo Mattos, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Air | Sexta-Feira, 27 de Abril de 2012, 16h31
    0
    0

    Parabéns TCE! - só agora vai auditar os contratos, por quê? Será que esses contratos nunca passaram por ai? Não percam tempo, depois a Câmara aprova as contas e se pegarem irregularidades não vão devolver o dinheiro mesmo! Então vamos evitar mais gastos desnecessários, poupem os nossos impostos! Um órgão em que filho herda a cadeira do pai, tem moral para investigar alguma coisa?

  • Henrique | Sexta-Feira, 27 de Abril de 2012, 16h24
    0
    0

    Olha o TCE querendo pegar carona. Essa auditoria vocês já fizeram. Infelizmente, os trabalhos dos técnicos do TCE não aparecem, pois à sua frente sempre tem umas figuras que querem resolver tudo "politicamente". Assim como foi o Ficha Limpa, devemos nos mobilizar para que os cargos de conselheiros seja ocupado via concurso público.

  • carlos gomes | Sexta-Feira, 27 de Abril de 2012, 14h58
    0
    0

    Parabens TC tem mesmo que investigar inclusive se tem todos os caminhoes executando os serviços de coleta????????Sera que tem??????

  • Jose Campos de Arruda | Sexta-Feira, 27 de Abril de 2012, 14h55
    0
    0

    vão analisar agora contrato emergencial prorrogado todo ano sem licitação desde o primeiro ano da administração de Wilson Santos na coleta de lixo. teve vereador que quis começar investigação nno lixo parou pois foi ameaçado.tchau pro CES.

  • sandro cesar | Sexta-Feira, 27 de Abril de 2012, 14h45
    0
    0

    Agora sim a coisa tá feia, é sujo falando do mal lavado, essa CPI do "cachoeira" já iniciou com pizza e terminará com caviar.

Citando outros líderes para ter delação

cezar zilio   A demora na homologação da colaboração premiada de Silval junto ao Supremo se deve, entre outras coisas, ao entendimento da Corte de que líder de organização criminosa não pode delatar. E percebe-se que o ex-governador se esforça para não ser enquadrado como tal. Nos...

O silêncio de Silval sobre conselheiros

De volta nesta quarta à sala da juíza Selma Arruda, da 7ª Vara Criminal da Capital, Silval Barbosa foi perguntado sobre comentários do seu ex-secretário Pedro Nadaf de que dinheiro do Estado teria, em forma de propina, abastecido bolso de conselheiros do Tribunal de Contas do Estado. Em resposta, o ex-governador que comandou o Estado de março de 2010 a dezembro de 2014 se limitou a dizer que prefere não comentar sobre esse assunto. Selma...

Efeito-Silval e tensão no meio político

walace guimaraes vg   Réu em vários processos, cinco deles na 7ª Vara Criminal de Cuiabá (nas quatro fases da Sodoma e mais a Seven), o governador Silval Barbosa tem provocado muita tensão no meio político, inclusive entre figurões, a cada notícia de que prestará depoimento. De sua boca...

Ex-governador não compromete Faiad

francisco faiad   Silval revelou que o braço mais forte do seu esquema de corrupção na secretaria de Administração estava sob a tutela de Cézar Zílio que, mesmo deixando o cargo, continuou a fazer a coleta da propina paga por empresários para manter contratos com o Estado. Por outro lado,...

Silval temia governo paralelo de Riva

jose riva curtinha   Chamou atenção na oitiva de Silval, nesta segunda na 7ª Vara Criminal de Cuiabá, quando confessou que tinha se tornado "refém" da Assembleia, então comandada por José Riva (foto). O ex-governador revelou ter sido procurado por Riva, que queria trocar a Consignum, responsável...

Oitiva de Silval bastante "concorrida"

silval barbosa curtinha   O 1º depoimento de Silval pós-liberdade - ficou preso por praticamente dois anos -, está mais concorrido do que final de Copa do Mundo. Nesta segunda, o ex-governador deve confessar crimes investigados na operação Sodoma 2. Entre os réus desse processo estão o ex-presidente da...

Filho de prefeito e salário de R$ 2 mil

emanuel filho curtinha   O federal de terceiro mandato Valtenir Pereira confirma que, de fato, nomeou para o seu gabinete Emanuel Pinheiro da Silva Primo (foto), filho do prefeito cuiabano Emanuel. O jovem assessor ganha R$ 2,4 mil mensais. E nem precisa pisar os pés no gabinete do deputado em Brasília. Presta serviços em...

Ex-cunhado empregado no gabinete

marcelo bussiki curtinha   Dois ex-vereadores estão lotados hoje na Câmara de Cuiabá. Com salário superior a R$ 10 mil, Eronides Dias da Luz, o Nona, integra o quadro jurídico. Responde como secretário de Apoio Legislativo. Edmilson Prates, ex-vereador pelo PMDB entre 2001 e 2004, é chefe de gabinete...

Divulgar direitos de quem tem câncer

gilmar fabris   Se tornou lei em MT, desde a última quinta (13), sob a chancela do governador Taques, um projeto do deputado Gilmar Fabris (foto) que obriga os órgãos públicos a divulgar em sites oficiais na internet, de forma clara e de fácil acesso, todos os direitos das pessoas com neoplasia maligna...