Eleições-2014

Segunda-Feira, 12 de Setembro de 2011, 20h:40 | Atualizado: 12/09/2011, 23h:10

ACUSAÇÃO

Quem não deve não teme, rebate Dorileo após as críticas de Aray

João Dorileo Leal     O empresário João Dorileo Leal (PMDB), do Grupo Gazeta de Comunicação, reage às críticas do ex-presidente da Sanecap, Aray Fonseca, que o acusa de entrar para a política pela porta dos fundos e promover a pré-candidatura a prefeito de Cuiabá às custas de denúncias que podem desestruturar a administração Chico Galindo (PTB).

     Do mesmo partido do prefeito, Aray reclama da divulgação do teor de um áudio gravado durante uma reunião entre ele, à época no comando da Sanecap, e diretores da companhia que relatavam fraudes em processos licitatórios. As supostas irregularidades teriam ocorrido na gestão anterior à de Aray.

     Em resposta às críticas do ex-presidente, Dorileo diz que as atitudes de Aray só demonstram a tentativa de agradar ao patrão, Galindo. "O patrão que colocou ele na Sanecap e agora na Assembleia", diz, em referência à posse do ex-presidente na vaga do deputado Luiz Marinho, prevista para esta terça (13).

     O empresário nega que tenha divulgado a fita visando promoção pessoal. "Como comunicadores temos compromisso com a sociedade. Quando uma denúncia chega até nós não podemos jogá-la para debaixo do tapete, pois é de interesse público", argumenta.

     Dorileo também nega ter tido conhecimento da suposta fraude quando a fita foi divulgada por seu grupo de comunicação. "Ele nunca nos falou da existência de laudo técnico comprovando fraude na fita. Se houve algum tipo de edição, não foi feita por nós. A fita nos chegou daquela forma. Mas o fato é irretocável, a fita existe. Se as denúncias são da administração dele ou não, não importa. Ele tem que dar satisfação à população", afirmou.

     O empresário questionou a reação de Aray ao saber que a fita chegou às mãos de funcionários do Grupo Gazeta de Comunicação. "Por que será que ele ficou desesperado para que o conteúdo da fita não fosse divulgado? Quem não deve não teme", alfineta Dorileo. 

Aray reage a Deucimar e diz que Dorileo entra na política pelo fundo

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • marcio | Terça-Feira, 13 de Setembro de 2011, 16h14
    0
    0

    Dorileo vc acha mesmo que o grupo centro america vai deixar vc avontade sem nenhum candidato de peso pra fazer frente a vc????

  • marcio | Terça-Feira, 13 de Setembro de 2011, 14h50
    0
    0

    esse eder morais ate cinco anos atras era um mero auxiliar do secretario de finanças da prefeitura de cuiaba .hoje ele comanda a agecopa com um orçamento bilhionario. em um condominio de luxo na estrada da guia o mais famoso dos condominios de cuiaba esse eder tem um barraco avaliado em cinco milhoes de reais seu salario nao passa de vinte mil por mes!! ministerio pulblico receita federal espliquem isso a populaçao!!!

  • ana maria | Terça-Feira, 13 de Setembro de 2011, 12h32
    0
    0

    o dorileo vai entrar pela porta dos fundos e sair por ela mesma, ele acha porque tem dinheiro pode comprar a população com conversa furada. esse vai quebrar a cara. junto com valter rabelo q fica só atras dele puxando saco. o cadeia neles acabou.

  • Dante Gate | Terça-Feira, 13 de Setembro de 2011, 10h32
    0
    0

    dORILEO, o sinhozinho malta da Guia..além do enriquecimento `com dinheiro público, tem que explicar a exploração de menores em sua chácara...

  • BSilva | Terça-Feira, 13 de Setembro de 2011, 08h46
    0
    0

    Ao Aray os meus pêsames. Quanto ao fato do Dorilêo entrar na política pela porta dos fundos não é verdade, fazer política é uma missão e não uma profissão coma a maioria dos políticos fazem assim como quer o Sr Aray. Mesmo não votando em Cuiabá, mas a qui morando, meu candidato a prefeito em 2012 é Mauro Mendes, mas torço pelo sucesso do Dorilêo também, assim como votei e fiz campanha para o Senador Taques, precisamos trocar esses políticos profissionais, colocar pessoas que venham para a política como uma missão a ser cumprida, assim evitando que façam carreira roubando o dinheiro público, acomodando aqui e ali em um cargo de destaque prá fazer caixa de campanha com o dinheiro do contribuinte. Seja bem vindo Dorilêo. Fora o paraquedas Galindo e sua turma.

  • MARCOS | Terça-Feira, 13 de Setembro de 2011, 07h46
    0
    0

    Vai ter uma enxurrada de denuncia em cima desse dorileo se for candidato,pode esperar

  • Jedae | Terça-Feira, 13 de Setembro de 2011, 06h50
    0
    0

    Dorileo faça igual ao Eder "precatório" de Moraes! "Só devo explicações para a Receita Federal" - Se fizermos uma analise bem rápida, ambos conseguiram muita grana em pouco tempo. Mostre-nos a fórmula?

  • Astrogecildo | Segunda-Feira, 12 de Setembro de 2011, 23h06
    0
    0

    Com certeza podres vão aparecer na campanha, e não deve ser poucos. Entra ai.

  • Vinicius Boccato da Silva | Segunda-Feira, 12 de Setembro de 2011, 23h05
    0
    0

    Tomara que esse Dorileo seja candidato a prefeito. Primeiro ele vai desmoralizar de uma vez por todas o Jornal A Gazeta, pois toda matéria que sair atacando outros candidatos a prefeito não terá credibilidade, depois ele vai ter que explicar para a sociedade como de um simples reporter de beira de campo conseguiu rapidamente construir esse império de comunicação. É, o Antero, marqueteiro do Dorileu, vai ter que fazer milagre!!!

  • Rodrigo | Segunda-Feira, 12 de Setembro de 2011, 21h12
    0
    0

    Veremos na campanha Dorileo. Pode botar a sua barba de molho se é que tem barba! Pois a giripoca vai piá. Quero ver vc aguentar!!!!

Citando outros líderes para ter delação

cezar zilio   A demora na homologação da colaboração premiada de Silval junto ao Supremo se deve, entre outras coisas, ao entendimento da Corte de que líder de organização criminosa não pode delatar. E percebe-se que o ex-governador se esforça para não ser enquadrado como tal. Nos...

O silêncio de Silval sobre conselheiros

De volta nesta quarta à sala da juíza Selma Arruda, da 7ª Vara Criminal da Capital, Silval Barbosa foi perguntado sobre comentários do seu ex-secretário Pedro Nadaf de que dinheiro do Estado teria, em forma de propina, abastecido bolso de conselheiros do Tribunal de Contas do Estado. Em resposta, o ex-governador que comandou o Estado de março de 2010 a dezembro de 2014 se limitou a dizer que prefere não comentar sobre esse assunto. Selma...

Efeito-Silval e tensão no meio político

walace guimaraes vg   Réu em vários processos, cinco deles na 7ª Vara Criminal de Cuiabá (nas quatro fases da Sodoma e mais a Seven), o governador Silval Barbosa tem provocado muita tensão no meio político, inclusive entre figurões, a cada notícia de que prestará depoimento. De sua boca...

Ex-governador não compromete Faiad

francisco faiad   Silval revelou que o braço mais forte do seu esquema de corrupção na secretaria de Administração estava sob a tutela de Cézar Zílio que, mesmo deixando o cargo, continuou a fazer a coleta da propina paga por empresários para manter contratos com o Estado. Por outro lado,...

Silval temia governo paralelo de Riva

jose riva curtinha   Chamou atenção na oitiva de Silval, nesta segunda na 7ª Vara Criminal de Cuiabá, quando confessou que tinha se tornado "refém" da Assembleia, então comandada por José Riva (foto). O ex-governador revelou ter sido procurado por Riva, que queria trocar a Consignum, responsável...

Oitiva de Silval bastante "concorrida"

silval barbosa curtinha   O 1º depoimento de Silval pós-liberdade - ficou preso por praticamente dois anos -, está mais concorrido do que final de Copa do Mundo. Nesta segunda, o ex-governador deve confessar crimes investigados na operação Sodoma 2. Entre os réus desse processo estão o ex-presidente da...

Filho de prefeito e salário de R$ 2 mil

emanuel filho curtinha   O federal de terceiro mandato Valtenir Pereira confirma que, de fato, nomeou para o seu gabinete Emanuel Pinheiro da Silva Primo (foto), filho do prefeito cuiabano Emanuel. O jovem assessor ganha R$ 2,4 mil mensais. E nem precisa pisar os pés no gabinete do deputado em Brasília. Presta serviços em...

Ex-cunhado empregado no gabinete

marcelo bussiki curtinha   Dois ex-vereadores estão lotados hoje na Câmara de Cuiabá. Com salário superior a R$ 10 mil, Eronides Dias da Luz, o Nona, integra o quadro jurídico. Responde como secretário de Apoio Legislativo. Edmilson Prates, ex-vereador pelo PMDB entre 2001 e 2004, é chefe de gabinete...

Divulgar direitos de quem tem câncer

gilmar fabris   Se tornou lei em MT, desde a última quinta (13), sob a chancela do governador Taques, um projeto do deputado Gilmar Fabris (foto) que obriga os órgãos públicos a divulgar em sites oficiais na internet, de forma clara e de fácil acesso, todos os direitos das pessoas com neoplasia maligna...