Executivo

Sexta-Feira, 11 de Agosto de 2017, 15h:42 | Atualizado: 13/08/2017, 21h:06

Eu confio na Justiça, afirma governador sobre soltura do primo Paulo Taques

Rafaella Zanol

pedro taques paulo taques 500

Governador Pedro Taques com o primo Paulo ainda quando era chefe da Casa Civil

“Isso é questão do Judiciário. Eu confio na Justiça”. Foram essas as palavras que o governador Pedro Taques (PSDB) utilizou para comentar a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), proferida ontem (10), que determinou a soltura do primo Paulo Taques.

Ex-chefe da Casa Civil, Paulo Taques foi preso preventivamente na sexta (04). Na decisão que decretou a prisão, o desembargador do Tribunal de Justiça (TJ) Orlando Perri apontou os supostos crimes de interceptação ilegal e denunciação caluniosa contra a ex-amante Tatiane Sangalli no âmbito do escândalo dos grampos ilegais.

Na semana passada, Taques comentou a prisão do primo durante a 8ª edição da Caravana da Transformação, em Barra do Garças. Disse que o Poder Judiciário cumpriu seu papel, mas que não permitiria “arbitrariedade” e “ilegalidade” lembrando que não responde pelos atos de quem já deixou o governo e que a situação não afetava as ações desenvolvidas em Mato Grosso.

Paulo Taques deixou o Centro de Custódia da Capital (CCC), onde estava na sala de estado maior por ter prerrogativa de advogado, agora à tarde. O alvará de soltura expedido pelo TJ impõe quatro condições: comparecimento regular, mensalmente em juízo; não se ausentar do país sem autorização e da Comarca sem comunicação judicial; proibição de ingressar em prédios públicos da governadoria, da secretaria estadual de Segurança Pública (Sesp), da secretaria estadual de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), da Casa Civil, da Casa Militar e da Polícia Militar; além de estar proibido de se comunicar com integrantes do serviço de inteligência do Estado.

Fora da Casa Civil desde 15 de maio, às vésperas da eclosão do escândalo dos grampos ilegais, Paulo Taques saiu dizendo que faria a defesa do governador. Isso porque denúncia apresentada pelo ex-secretário estadual de Segurança Pública, promotor de Justiça Mauro Zaque, indica que Taques sabia do esquema de interceptações telefônicas feitas ao arrepio da lei.

O governador nega com veemência ter sido avisado oficialmente por Zaque sobre a situação, depois do caso informado e arquivado pelo MPE. Tanto que o representou no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) acusando de prevaricação.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • carla | Domingo, 13 de Agosto de 2017, 10h21
    5
    0

    Pra mim o governador é uma versão atualizada do collor de mello.

  • Davi | Sábado, 12 de Agosto de 2017, 12h07
    6
    0

    Pois eu não confio. Membros do Ministério Público Estadual investigados em CPI pela assembléia controlada pelo governo. Procurador Geral da República que se reúne em Mato Grosso com Taques e depois tenta a inconstitucionalidade da Lei de Revisão Geral Anual dos servidores, afrontando dispositivo constitucional (art. 37, X da CF), ao invés de se ocupar com os problemas da República.

  • Ex-eleitor do Taques | Sábado, 12 de Agosto de 2017, 08h43
    10
    0

    Sim o Governador confia na Justiça desde que a Justiça seja contra os outros quando é contra o seu parente aí é complô né??? Governador o povo esta atento a tudo é já decidiu o senhor não continuará no Governo a partir de 2019... Taques nunca mais.

Matéria(s) relacionada(s):

Deputado quer trocar PSB pelo PSDB

adriano silva psb   O deputado estadual Adriano Silva (foto) não admite em público, mas confirma, em privado, que flerta com PSDB do governador Taques. Dá sinais de que pretende desembarcar do PSB, sob pretexto de que não concorda com a entrega do partido a Valtenir, e entrar no ninho tucano. Quer ficar próximo ao...

Risco de cassar quase 50% da Câmara

ball vereador curtinha pocone   Até o final deste mês, a Justiça Eleitoral de Poconé deve decidir sobre o pleito do MPE que pediu a cassação de 4 dos 11 vereadores e suplentes por causa de indícios de fraude nos registros de candidatura. Incluíram-se mulheres como candidatas "fantasmas". Elas...

Sem licença na Sema aos pequenos

No último dia 10, agindo sem alarde e com respaldo do vice-governador e secretário Carlos Fávaro (Sema), os deputados conseguiram modificar artigo de uma lei complementar, que estava em vigor desde 2015, e que ainda pode provar polêmica. Na prática, a secretaria estadual de Meio Ambiente agora não precisa mais exigir nem licença prévia, nem de instalação e muito menos de operação nos processos...

Magistrados debatem Maria da Penha

Jamilson Haddad-juiz   Os juízes mato-grossenses Jamilson Haddad (foto), Ana Cristina Mendes, Jeverson Quinteiro, Eduardo Calmom e a desembargadora Maria Erotides Maria Erotides Kneip Baranjak estiveram em Salvador, na última sexta (18), participando da Jornada Maria da Penha promovida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e...

Mendes descarta disputar o Governo

mauro mendes curtinhas   Numa conversa recente com Pedro Taques, Mauro Mendes (foto) avisou que continuará no grupo do líder tucano e que não será candidato a governador. No máximo, pode tentar uma das duas vagas de senador que serão abertas com vencimento dos mandatos de Medeiros e Blairo. Ex-prefeito de...

Prefeito enfrenta revolta de servidores

ze do patio curtinha   Zé do Pátio segue batendo-cabeça em Rondonópolis. Agora, enfrenta embate com profissionais da Educação. Em fevereiro, logo no segundo mês desse novo mandato, Pátio simplesmente reduziu o pagamento do auxílio transporte dos servidores da Educação que...

Prefeitos empurram Neurilan a federal

neurilan fraga curtinha amm   Alguns prefeitos de diferentes partidos estão colocando "pilha" em Neurilan Fraga, presidente da AMM, para este concorrer a deputado federal. Entendem que os gestores são beneficiados ou prejudicados por muitas medidas aprovadas no Congresso Nacional e que, por isso, precisam eleger parlamentares...

Do conforto do TC para teste das urnas

antonio joaquim curtinhas   Numa decisão de coragem, audácia e de autoconfiança, Antonio Joaquim resolveu deixar a ativa como conselheiro do TCE, cargo com prerrogativa de desembargador do TJ, para voltar à militância politico-partidária e já entrar numa batalha como pré-candidato a governador....

Ausente e projeto que pune faltosos

oscar bezerra cpi curtinhas   Oscar Bezerra está sendo criticado por alguns colegas deputados. É que ele apresentou desde 2015 um projeto de resolução que, se aprovado, resultará no desconto do salário dos parlamentares que faltarem às sessões ordinárias ou delas se retirarem antes de...

MAIS LIDAS