Cuiabá, 24 de Abril de 2014

Executivo

A | A

Sexta-Feira, 28 de Janeiro de 2011, 17h:23 | Atualizado: 28/01/2011, 19h:17

BRASÍLIA

Galindo contesta irregularidades no Rodoanel e consegue verbas

Galindo nega irregularidades no Rodoanel e consegue verbas do PAC

Chico Galindo   O prefeito de Cuiabá, Chico Galindo (PTB) contestou a suposta existência de irregularidades nas contas das obras do Rodoanel. Ele esteve nesta sexta (28) em Brasília, para acompanhar a liberação de recursos para obras da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) na Capital mato-grossense.

   Galindo passou a tarde no Ministério das Cidades, acompanhado do secretário especial de Brasília, Ricarte de Freitas. Na saída do ministério, ele comentou as informações segundo as quais um parecer da superintendência regional do Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre (Dnit) em Mato Grosso, que apontaria um rombo entre R$ 3,5 milhões a R$ 9,5 milhões nas contas do Rodoanel.

   “Ninguém até agora falou em rombo. Nem o Dnit. Pelo que sei, até agora o Dnit não se pronunciou. Se alguém tiver algum posicionamento sobre isso do Dnit me mostre. Eu não vi”, afirmou o prefeito. Ele informou que entregou a prestação de contas das obras do Rodoanel no dia 13 de dezembro e que, a partir de então, pela lei, o Dnit tem 90 dias para concluir a análise da contas. “Portanto está dentro do prazo. Na nossa avaliação não há irregularidade alguma.”, garantiu.

-----------------------------
"Ninguém até agora falou em rombo,
nem o Dnit. Pelo que sei, até agora
o Dnit não se pronunciou"
-----------------------------

   O prefeito considera precipitado qualquer anúncio de irregularidade, uma vez que não houve ainda nenhuma conclusão da análise. “Como falar em irregularidade se não houve a conclusão da análise. Eu não acredito que possa ter alguma irregularidade, mas se aparecer alguma vamos explicar e corrigir sem nenhum problema, com a consciência limpa”, afirmou.

   PAC 2

   No Ministério das Cidades o prefeito Chico Galindo conseguiu a liberação de recursos para dois dos oito lotes de obras do PAC 2 para Cuiabá. O primeiro foi o lote 4, que prevê a construção de uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETA) e rede de saneamento para o bairro Ribeirão do Lipa. Ao todo a obra terá investimento de R$ 32 milhões, mas os primeiros R$ 8 milhões serão liberados na segunda (31).

   O outro foi o lote 8, que prevê a instalação de dois reatores para oxigenar as águas das lagoas de decantação do CPA3, mais conhecida como Lagoa Encantada, depois de um projeto de urbanização e revitalização do espaço que acabou se transformando num parque municipal. Os recursos já foram disponibilizados pela Caixa Econômica Federal, mas serão liberados pelo Ministério das Cidades na próxima semana.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Ademar Adams | Sábado, 29 de Janeiro de 2011, 10h32
    0
    0

    Porque então as obras estão paradas há dois anos? Ao menos poderiam concluir o trevo com a estrada Guia e no acesso à Chapada e no Sucuri. Chega de papo furado Sr. Galindo! Esse "choque de gestão" o senhor tanto fala, é igual línga de formiga: ningém vê nada! Volte para São Paulo e pare de torrar a nossa paciência!

  • breno | Sexta-Feira, 28 de Janeiro de 2011, 20h57
    0
    0

    gestao

  • Silva | Sexta-Feira, 28 de Janeiro de 2011, 17h29
    0
    0

    Todos nós sabemos que a informação e manipulada de acordo com os intereses de quem as pagas? a ideia e queimar Wilson.

  • Roberto Pereira (eu protesto) | Sexta-Feira, 28 de Janeiro de 2011, 17h25
    0
    0

    Roberto Pereira (eu protesto), Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário