Executivo

Segunda-Feira, 12 de Fevereiro de 2018, 15h:24 | Atualizado: 12/02/2018, 15h:31

contribuições

Governo espera arrecadar R$ 500 mi com novo fundo e apresenta proposta à base

O governador Pedro Taques (PSDB) espera arrecadar com o Fundo de Estabilização Fiscal R$ 500 milhões em um ano. As contribuições serão feitas por meio dos Poderes, setor produtivo, servidores e dos recursos carimbados. O valor previsto tem como finalidade quitar os débitos do Estado.

Arquivo

Capa Paiagu�s

Com o novo fundo, Governo espera recompor os atrasos de repasses com os Poderes, que chega a R$ 250 milhões

A intenção do Governo é fazer frente à crise econômica que o Estado vive, com dificuldade de pagamento de salário, de repasses aos municípios, assim como com os repasses do duodécimo aos Poderes.

Taques afirma que o presidente da Assembleia, Eduardo Botelho (PSB), auxilia no entendimento desse novo fundo antes de encaminhar à Assembleia para votação. “Temos que conversar com nossa base antes de apresentar ao Legislativo”, explica o governador.

O governo espera conseguir o convencimento dos parlamentares mais descontentes com a gestão tucana em razão do atraso nos pagamentos das emendas. Os deputados alegam que estão sendo pressionados pelas bases em função da falta de recursos das emendas. Por isso, articulam a criação de um novo bloco que deve abrigar nove deputados.

O Bloco Independente deve agregar os seguintes deputados: Baiano Filho (PSDB), Guilherme Maluf (PSDB), Zé Domingos Fraga (PSD), Mauro Savi (PSB), Oscar Bezerra (PSB), Romoaldo Junior (MDB), Silvano Amaral (MDB), Wagner Ramos (PSD) e Wancley Carvalho (PV).

Botelho admite que há insatisfação de parte da base com o governador em razão da falta de pagamento das emendas. No entanto, não acredita que isso pode influenciar na votação da criação do fundo. “Não quer dizer que está rachado, que é oposição. Parlamentar tem que fazer o trabalho e isso que está sendo feito”, ressalta.

Entretanto, o próprio Botelho não é simpático a retirar mais dinheiro do duodécimo para depositar nesse fundo. De acordo com o presidente do Legislativo, o governo tem em mãos mais de R$ 500 milhões que pertencem aos Poderes. Por isso, não teria mais de onde tirar recursos.

Fundo

A proposta será criada por meio de lei e com vida útil de dois anos. O processo de criação, inclusive, seria para dar legalidade à destinação de recursos carimbados para esse Fundo de Estabilização Fiscal. Com o montante arrecadado, o governo espera recompor os atrasos com os Poderes, que chega a R$ 250 milhões. Outras possibilidades também são de quitar débitos com municípios e garantir o pagamento do salário dos servidores.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

PT lança duas só para marcar posição

edna sampaio curtinha   Mesmo sabendo da chance remotíssima de êxito nas urnas, o petismo se coloca à disputa majoritária em MT, com Edna Sampaio (foto) para governadora e com a ex-vereadora cuiabana Enelinda Scala ao Senado. Derrotada duas vezes à Reitoria da Unemat, Edna é esposa do ex-presidente do PT-MT,...

Taques cita voto para Alckmin e Leitão

pedro taques curtinha   O governador Taques (foto) disse em Rondonópolis, neste sábado, no encontro suprapartidário, que já decidiu dois votos para o pleito de outubro. Um será para Alckmin para presidente da República e o outro voto para Nilson Leitão ao Senado. Ambos são do seu partido, o...

Zaeli pega carona em ato pró-Taques

rodrigo da zaeli curtinha rondonopolis   Cerca de 300 pessoas foram à sede do sindicato dos Trabalhadores Rurais de Rondonópolis, neste sábado, para acompanhar o 2º encontro suprapartidário em que a principal "estrela" foi o governador Taques, que busca um novo mandato pelo PSDB. Mas o nome mais gritado efusivamente...

Filho de senador é sugerido para vice

toco palma   Em reunião na sexta à noite do pré-candidato a governador, empresário Reinaldo Moraes (PSC), com representantes da Frentinha, bloco de 9 pequenos partidos, o PHS sugeriu para vice da chapa o nome do advogado Toco Palma (foto), filho do hoje senador Rodrigues Palma (PR). O próprio Toco, que presidiu a...

Dorner de vice para bancar campanha

roberto dorner curtinha   Aos 70 anos, o catarinense de Bom Retiro, Roberto Dorner (foto), que desistiu de concorrer a deputado federal, é lembrado como opção para vice-governador na chapa de Pedro Taques muito mais pelo dinheiro do que pelo capital político. Trata-se de um empresário que costuma investir...

Sem Frentinha e Judiciário anti-Selma

selma arruda curtinha   Selma Arruda, pré-candidata ao Senado pelo PSL, enfrenta resistência de partidos da chamada Frentinha e também de uma ala do Judiciário, incluindo membros do Ministério Público. No caso dos líderes da Frentinha - Podemos, Avante, PSC, Pros, PRP, DC (ex-PSDC), PMN e PHS -, que...

CPI investiga ex-prefeito e vereador

gilberto figueiredo curtinhas   O ex-prefeito de Cuiabá Mauro Mendes (DEM), que está numa pré-campanha um tanto tranquila rumo ao governo estadual, começa a ter dor de cabeça por causa da aprovação, pela Câmara Municipal da Capital, de uma CPI com vistas a apurar o que se chama de "obras...

Leitão e Taques e jogo de desconfiança

nilson leitao curtinhas   Em público, Nilson Leitão (foto), que tenta se viabilizar como candidato ao Senado, jura que a relação política é harmônica com o Palácio Paiaguás mas, em privado, reclama de boicote. Mas ele próprio não procura se articular "pra dentro". Vive mais...

Presidente Vidal quer voto consciente

marcio vidal tre curtinha   O presidente do TRE Márcio Vidal se mostra tranquilo com a estrutura e orçamento do tribunal para tocar as eleições, mas está preocupado com a qualidade do voto do mato-grossense. Determinou a realização de 6 audiências, entre 20 de julho e 24 de agosto, para discutir...

MAIS LIDAS