Executivo

Sexta-Feira, 28 de Janeiro de 2011, 15h:54 | Atualizado: 28/01/2011, 19h:21

Rumo à Copa de 2014

MT assume obras do aeroporto de VG e promete cumprir prazo


Superintendente da Infraero para o Cetro-Oeste, Carlos Haroldo, deputado federal Wellington Fagundes e secretário Francisco Vuolo debatem solução para a retomada da reforma do aeroporto Marechal Rondon

   Mato Grosso vai assumir as obras de adequação do aeroporto Marechal Rondon, visando melhorar a infraestrutura do local para a Copa do Mundo. O governo federal, por meio da Infraero, vai delegar a execução das obras para o governo do Estado. O secretário extraordinário de Acompanhamento da Logística Intermodal de Transportes, Francisco Vuolo, se reuniu nesta sexta (28) com a diretoria da Infraero em Brasília e acertou detalhes do convênio.

   Vuolo esteve acompanhado do deputado federal Wellington Fagundes (PR), que o ajudou a costurar o acordo. Pelo convênio, que será assinado na próxima semana, o governo estadual assumirá todas as obras, inclusive a construção de um terminal de desembarque de passageiros, que é um dos gargalos do aeroporto Marechal Rondon. “Das 28 obras para a Copa do Mundo, esta era a única que estava sob a responsabilidade do governo federal. Agora, com a delegação ao Estado, poderemos agilizar as obras e vamos conseguir entregar o aeroporto adequado para a Copa”, comemorou o secretário Francisco Vuolo.

   O deputado Wellington Fagundes (PR) observou que com a delegação para o governo do Estado, todos os procedimentos serão agilizados, desde os projetos, o plano diretor e a contratação dos executores. “O que compete hoje à Infraero passará a ser de competência do governo. Desta forma não teremos atrasos, porque será possível agilizar os trabalhos”, acrescentou o parlamentar.

   Apesar da delegação, governo de Mato Grosso e Infraero vão trabalhar em parceria. Um corpo técnico conjunto entre o órgão federal e órgãos do governo do Estado será criado para acompanhar todo o processo. A definição das obras e do cronograma de execução passará por esse comitê. Pelos termos que serão acordados no convênio, o governo federal repassará os recursos e o governo estadual entrará com a sua devida contrapartida.

   Depois da reunião com a diretoria da Infraero, Vuolo e Wellington, acompanhados do superintendente da Infraero para o Cetro-Oeste, Carlos Haroldo Novak, visitaram o terminal de desembarque do aeroporto internacional Juscelino Kubistchek. O terminal do Marechal Rondon será semelhante ao de Brasília.

   Entre as obras prevista para o aeroporto Marechal Rondon estão, além do novo terminal, equipamentos de acessibilidade, acesso de veículos de transporte e o terminal de cargas. “Não podemos pensar somente nas pessoas. É importante, mas também devemos lembrar que o aeroporto também recebe e destina cargas”, observou.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Aroldo de Luna Cavalcanti | Sexta-Feira, 28 de Janeiro de 2011, 23h38
    0
    0

    A área do estacionamento não deveria apenas aumentar a sua capacidade, mas também na construção naquele local um mini shop. Coisa que o povo de Várzea Grande espera por muitos anos. Aquela área seria ideal, atenderia os milhares de usuários do aeroporto que passam por ai, e atenderia as necessidades da comunidade em geral. O resto é apenas proposta eleitoreira em época de eleição, fato que povo já esta cansado há muito tempo.

  • Artur | Sexta-Feira, 28 de Janeiro de 2011, 21h34
    0
    0

    AGPORA VAI.

  • marco | Sexta-Feira, 28 de Janeiro de 2011, 18h33
    0
    0

    E as taxas de embarque ficarão pra quem? Quero dizer infraero recebe e o Estado gasta. Perfeito. Perfeitos idiotas somos todos nós, pois pagarermos a União, e o estado federado assume a despesa. Salvo em contrário, seria ótimo.

  • Arlindo Ferreira | Sexta-Feira, 28 de Janeiro de 2011, 16h19
    0
    0

    Não se deve esquecer que o atual estacionamento para veículos não comporta a demanda. Asssim, deverá ser construído um novo com capacidade bem mais elevada, p.e. entre 2.000 a 3.000 vagas.

Adin para garantir 15% aos fazendários

rogerio gallo curtinha   Com a folha de pessoal "estourada", superando o limite prudencial da lei fiscal, o governo do Estado deveria agradecer ao TCE que, sob medida cautelar, suspendeu o reajuste de 15% concedido pelo Executivo aos agentes fazendários ao longo dos próximos dois anos, além de verba indenizatória...

Plano de se afastar para ser candidato

jayme campos curtinhas   Jayme Campos, hoje principal referência do DEM no Estado, revelou neste domingo que está decidido a se desincompatibilizar do cargo de secretário de Assuntos Estratégicos de Várzea Grande para "costurar" candidatura majoritária, seja ao Senado, seja para governador. A saída do...

Governo Taques avança na Segurança

gustavo garcia curtinha   A área de Segurança Pública, hoje sob Gustavo Garcia Francisco (foto), foi apontada pelo governador Taques como prioritária desde o início da gestão. Nos dois primeiros anos (2015 e 2016), aumentou o contingente policial, armamentos, serviços de inteligência e...

Empenho e solidariedade às famílias

pedro taques curtinha   O governador Taques acompanhou pessoalmente a operação policial na madrugada deste sábado, que resultou no "estouro" do cativeiro, na prisão dos assaltantes e na liberdade da empresária Milene Falcão Eubank, mantida refém por 13 horas. O secretário de Segurança,...

Estado perde seu único time na Série B

helmute fmf   Após quatro anos consecutivos na Série B, algo inédito na história de um time mato-grossense que não tinha representante desde 1994, o Luverdense foi rebaixado à Terceira Divisão. Precisava vencer para ter chance de seguir na Segundona, mas empatou nesta sexta, em 0 a 0, com o Guarani....

Taques ignora pressão e elogia Soares

luiz soares curtinha   Coube ao ex-prefeito cuiabano e apresentador do programa Resumo do Dia, Roberto França, tornar público o posicionamento do governador Taques quanto ao movimento de várias lideranças, especialmente de deputados, pela queda de Luis Soares da pasta da Saúde. No quadro "Bomba do Dia", apresentado...

Sintap defende servidores do Intermat

candido teles curtinha   O Sintap não defendeu Cândido Teles (DEM), presidente "inoperante" do Intermat que passou a usar a estrutura do órgão com pretensões eleitorais - é pré-candidato a deputado estadual, mas garante que, quanto aos servidores, estes são dedicados ao trabalho. Em nota, nega...

Pré-candidatura já ganha repercussão

mauro mendes artigo   A notícia revelada pelo Blog do Romilson de que Mauro Mendes, que deve se filiar ao DEM ou ao PR, está determinado a disputar o governo estadual e, sem alarde, começa a se distanciar de Taques, ganhou muita repercussão nos meios político e empresarial e no Palácio Paiaguás. Deu...

Dificultando planos políticos de Taques

nilson leit�o curtinhas   Pedro Taques está na bronca com o deputado federal Nilson Leitão (foto) por entender que este busca atrapalhar seus planos políticos majoritários. É desejo do governador disputar a reeleição com dois aliados fortes no palanque como candidatos ao Senado,...