Cuiabá, 22 de Setembro de 2014

Executivo

A | A

Domingo, 30 de Janeiro de 2011, 07h:23 | Atualizado: 30/01/2011, 09h:27

Cuiabá

PP fica com Cidade, mas perde poder de distribuir escrituras

   Mesmo tendo vencido a disputa com o PMDB pela ainda não criada secretaria de Cidade, o PP perdeu um importante "palanque eleitoral", já que a atribuição da regularização fundiária passará a ficar sob o comando a pasta de Meio Ambiente. A mudança já havia sido aprovada desde dezembro, mas só apartir de 1º de fevereiro a transferência será efetivada com a aprovação e publicação de um decreto municipal. Na ocasião a Agência de Habitação sob o progressista João Emanuel será transformada na pasta de Cidade.

   A tarefa de regularizar a situação das famílias que não têm as escrituras de suas casas sempre rendeu muitos votos, já que a maioria dos mais de 250 bairros da Capital nasceram após invasões.

   Os progressistas chegaram a "bater o pé" para que a atribuição continuasse com a Agência, mas o prefeito Chico Galindo (PTB) resistiu, argumentando que a mudança tem o objetivo de desburocratizar o processo de regularização, que hoje precisa passar por muitas etapas tanto no Meio Ambiente, quanto na Habitação.

   Ainda assim, João Emanuel considera que a criação da secretaria será um avanço, porque pode facilitar a arrecadação de recursos federais à Capital. "Vamos ter um contato mais direto com a política do governo Dilma Rousseff", explicou, numa referência ao Ministério das Cidades, que também é comandado pelo PP com Mário Negromonte.

   João Emanuel vai comandar a pasta e terá a missão de tratar dos assuntos relacionados a Copa de 2014 e do PAC, quando forem ser realizadas obras de habitação. De acordo com ele, os trabalhos serão voltados principalmente para as pessoas que vivem em áreas de risco. "A população vai ganhar com a vinda de recursos para projetos que evitem catástrofes como as que temos vistos no resto do país", destacou.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Jairo | Domingo, 30 de Janeiro de 2011, 10h12
    0
    0

    Parabéns amigo João Emanuel, continue com a mesma competência dos tempos do Tribunal de Justiça, apesar de novo na política seu futuro político vislumbrará muito sucesso e êxito. A população mais carente de moradia te admira pela simplicidade e abnegação. abraços