Executivo

Terça-Feira, 30 de Março de 2010, 21h:47 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

CUIABÁ

Prefeitura destrói garagens para ter fachada na entrada da Capital

  A prefeitura de Cuiabá demoliu nesta terça (30) garagens localizadas em um terreno, em frente à rede de Supermercado Atacadão, no Porto. A administração municipal tentava desapropriar a área há cerca de 20 anos. Antes a equipe de técnicos pretendia construir no local um terminal rodoviário. Agora vai ser implantado uma espécie de portal. “Após muita negociação, conseguimos fazer uma troca com os proprietários. A prefeitura doou áreas em outras localidades e eles concordaram em retirar as ações da Justiça e permitir a desapropriação”, explica o secretário de Infraestrutura, Euclides Santos.

  Segundo ele, será construído um portal de entrada da Capital, além da implantação de melhorias estruturais que favorecerão o fluxo de carros na área, que faz divisa com Várzea Grande e enfrenta problemas de congestionamento. “Queremos deixar esse local mais bonito porque desse jeito não dá para ficar”. O secretário de Trânsito e Transportes Urbanos, Edivá Alves, disse que a obra será concluída em 30 dias. “Estamos tentando também uma parceria com o Atacadão para dividir os custos”, disse.

  Ele adiantou que devem ser realizados alargamentos de ruas, mudanças no posicionamento de semáforos e a troca da entrada da rede de supermercados. “Esse conjunto de mudanças melhorará o trânsito”. A prefeitura não decidiu ainda se executará a obra com recursos próprios ou se realizará uma licitação para contratação de uma empreiteira. “Também não sabemos quanto será necessário para a execução do projeto”, admitiu Edivá.

Postar um novo comentário

Comentários (15)

  • Leandro | Sexta-Feira, 02 de Abril de 2010, 02h28
    0
    0

    Realmente ali era uma calamidade pública no transito de Cuiabá, quem vinha de Várzea Grande para a Capital sempre teve problemas na entrada da av. coronel duarte, esperamos que seja um belo portal de entrada..

  • Dorival Pereira | Quarta-Feira, 31 de Março de 2010, 14h47
    0
    0

    Na verdade esta area nao é para o povo Cuiabano, e sim para que o Atacadao cresça seu espaço, acorda povo Cuiabano, isso de nada nos beneficia e sim as grandes empresas, como Atacadao e aquele podto no meio do Canteiro, obras concluidas, somente para quem tem dinheiro, venham beber a agua do Primeiro de Março, e verao a verdadeira gestao para poucos do Pinoquio. Sou Cuiaba de coração.

  • Internauta | Quarta-Feira, 31 de Março de 2010, 14h39
    0
    0

    Obra de 30 dias??? Espero que o resultado seja proporcional aos anseios da população em área tão disputada, há tanto tempo. O projeto deveria ser impecável. Tempo para isso tiveram. Cuidado gestores.

  • Araripe de Macedo Nunes | Quarta-Feira, 31 de Março de 2010, 14h09
    0
    0

    As garagens se mantinham no local por força de liminar: entraram na Justiça e adiaram o quanto puderam a saída do local. Isso ocorreu na administração de Roberto França, o que quer dizer que WS pegou um problema já criado e conseguiu resolvê-lo, como tem feito na maioria absoluta das situações que enfrenta. E vai fazer muito mais quando se eleger governador em outubro próximo, apesar do bando de pessimistas que torce contra ele.

  • Juliano | Quarta-Feira, 31 de Março de 2010, 12h19
    0
    0

    Quem apoia WS, deve ser milhionário e não ta nem aí, deve ter água em casa todo dia, anda de helicoptero e não precisa de asfalto(buracos e trânsito), não precisa de pronto socorro e tudo o mais. Segundo mandato foi só pra fazer caixa de campanha, pois o dinheiro ninguem viu.

  • odenir | Quarta-Feira, 31 de Março de 2010, 10h28
    0
    0

    verdade

  • B Silva | Quarta-Feira, 31 de Março de 2010, 10h21
    0
    0

    Essa área em questão não deveria em tempo algum ser trocada por outra nem muito menos ser indenizada, pois é fruto de grilagem pelos atuais posseiros. Pior ainda se o Wilson Pinóquio vendeu essa área no primeiro mandato como afirma um leitor, posso até acredtitar depois que ele vendeu a rua Tufik Affi. É demais seu Wilson, vende, depois troca e depois indeniza, manobras prá dificultar as mazelas. Fora Pinóquio!

  • Ricardo Sena de Atacama | Quarta-Feira, 31 de Março de 2010, 09h38
    0
    0

    Atenção pessoal: esse problema agora resolvido foi herança do Gordo. A população desavisada deve ser alertada que WS herdou esse problema e inúmeros outros do Roberto França e conseguiu uma solução. Aliás, a maioria das coisas erradas do Gordo o prefeito Wilson tem corrigido. É assim que faz. Avante Wilson, até a vitória rumo ao Paiaguás.

  • Jedae | Quarta-Feira, 31 de Março de 2010, 09h27
    0
    0

    Nasci no Dom Aquino. De ponta a ponta. Ali tudo é grilado. Neste pedaço, existiu o antigo bairro chamado de Terceiro. ESte bairro acabou com a grande enchente de 1974. Tudo ali é grilado. Vai do hipermercado até o bairro Grande Terceiro. Nesta faixa de terreno, ao lado do rio, ninguem tem escritura de nada. Não deveria haver negociação alguma!

  • maria do rosario almeida | Quarta-Feira, 31 de Março de 2010, 09h14
    0
    0

    QUERO DIZER AO DEMOSTENES E ALINOR.A ÁREA EM FRENTE AO ATACADÃO FOI VENDIDA SIM SENHOR PELO PREFEITO WILSON SANTOS NO 1º MANDATO.SE NÃO ACREDITA VA ATÉ O SETOR DE LICITAÇÃO E EXIJA OS DOCUMENTOS.COMO CIDADÃO VC. PODE E DEVE FAZER ISSO.A SEGUNDA VENDA A RUA TUFIK AFFI, NÃO SERIA A MELHOR OPÇÃO PARA ENTRADA PARA O ESTACIONAMENTO DO ATACADÃO? SEM TER QUE ATRAPALHAR O TRANSITO QUE VEM DE V.GRANDE.

Malouf e acerto com quadrilha de Silval

Em mais um depoimento à juíza Selma, da 7ª Vara Criminal da Capital, Alan Malouf, quando questionado acerca de um esquema no Governo Silval que resultou no desvio de R$ 16 milhões do erário, reconheceu ter recebido R$ 950 mil num contrato de gaveta e que não pagou impostos sobre o montante. Contou que em 2010 foi procurado por Eder Moraes, então secretário da Casa Civil, para poder realizar a solenidade de posse do governador para mil...

Ex-governador nega "surra" de Piran

valdir piran curtinha   O emblemático encontro entre Valdir Piran (foto) e Silval para acerto de contas foi questionado pela promotora de Justiça Ana Bardusco, durante depoimento do ex-governador na 7ª Vara Criminal de Cuiabá, nesta quinta. Diferente do que afirmou o ex-secretário Nadaf, Silval amenizou a...

Propinoduto "bancou" posse de Silval

alan malouf curtinha   O Buffet Leila Malouf, que tem como um dos sócios o delator Alan Malouf (foto), recebeu uma "bolada" para fazer a cerimônia de posse de Silval como governador. De fato, o evento realizado em 1º de janeiro de 2011 foi marcado por muito requinte. Na época, não se falava em valores. Eis que agora,...

Tirando dúvidas no CCC sobre propina

pedro nadaf depoimento curtinha   No 3º dia de confissão de Silval à Justiça, nesta quinta, ele contou que conversava com os demais membros da organização criminosa nos momentos de brechas, especialmente na hora da limpeza das celas, dentro do Centro de Custódia de Cuiabá, onde esteve preso por...

Forçando a barra para homenagear pai

vinicyus clovito curtinha   Diferente do pai Clovito Hugueney, parlamentar sensato que teve o 3º mandato de vereador interrompido por sua morte há 2 anos, Vinicyus Hugueney (foto), vereador de 1º mandato licenciado e hoje à frente da pasta de Trabalho e Desenvolvimento da Capital, não demonstra as mesmas habilidades...

Mais 11 em situação de emergência

Mais 11 municípios têm situação de emergência reconhecida pelo governo estadual, após prefeitos terem pedido socorro por causa de problemas ocasionados, principalmente com as chuvas. No mês passado, o Estado havia homologado situação de emergência em 15 cidades. Desta vez, o governador Taques referendou decretos municipais já assinados pelos gestores de Canabrava do Norte, Chapada dos Guimarães, Colniza,...

Citando outros líderes para ter delação

cezar zilio   A demora na homologação da colaboração premiada de Silval junto ao Supremo se deve, entre outras coisas, ao entendimento da Corte de que líder de organização criminosa não pode delatar. E percebe-se que o ex-governador se esforça para não ser enquadrado como tal. Nos...

O silêncio de Silval sobre conselheiros

De volta nesta quarta à sala da juíza Selma Arruda, da 7ª Vara Criminal da Capital, Silval Barbosa foi perguntado sobre comentários do seu ex-secretário Pedro Nadaf de que dinheiro do Estado teria, em forma de propina, abastecido bolso de conselheiros do Tribunal de Contas do Estado. Em resposta, o ex-governador que comandou o Estado de março de 2010 a dezembro de 2014 se limitou a dizer que prefere não comentar sobre esse assunto. Selma...

Efeito-Silval e tensão no meio político

walace guimaraes vg   Réu em vários processos, cinco deles na 7ª Vara Criminal de Cuiabá (nas quatro fases da Sodoma e mais a Seven), o governador Silval Barbosa tem provocado muita tensão no meio político, inclusive entre figurões, a cada notícia de que prestará depoimento. De sua boca...