Executivo

Segunda-Feira, 09 de Janeiro de 2017, 16h:57 | Atualizado: 09/01/2017, 17h:21

Taques exonera Dorileo e coronel Siqueira será novo titular da Sejudh

Gcom

coronel Siqueira

Nomeação do coronel Airton Siqueira, como titular da Sejudh, sai no Diário Oficial nos próximos dias

O  secretário estadual de Justiça e Direitos Humanos Márcio Dorileo foi exonerado nesta segunda (09). O defensor público, que estava à frente da Sejudh desde janeiro de 2015, será substituído pelo atual chefe da Casa Militar, coronel Airton Benedito de Siqueira Júnior. A nomeação do oficial será publicada no Diário Oficial nos próximos dias. 

Com o remanejamento do coronel Siqueira para a Sejudh, a Casa Militar será chefiada pelo também coronel Evandro Alexandre Ferraz Lesco. O oficial já exerce a função de secretário-adjunto na Pasta. 

  Enquanto a nomeação do coronel Siqueira não é oficializada, o  secretário-adjunto da Sejudh, Enéas Côrrea Figueiredo Junior, fica na condição de interino. Na proposta de reforma administrativa que será encaminhada à Assembleia, a pasta de Justiça e Direitos Humanos deve ser transformada em  Secretaria Estadual de Administração Penitenciária. 

 O titular do Gabinete de Comunicação Social (Gcom), Kleber Lima, afirma que a saída de Márcio Dorileo já estava prevista e faz parte da reforma do secretariado que está sendo promovida pelo governador Pedro Taques (PSBD). “O Governo do Estado agradece os serviços prestados. Agora, o Márcio Dorileo retorna para Defensoria Pública, onde sempre autuou de maneira brilhante”, declarou em entrevista ao

 Recentemente, Taques promoveu diversas mudanças no primeiro escalão. O secretário de Trabalho e Assistência Social (Setas) Valdiney Arruda foi substituído pelo deputado estadual Max Russi (PSB). 

Já o procurador-geral do Estado, Patrick Ayala, deixou o cargo. Com isso, cedeu a  vaga para Rogério Gallo que comandou a Procuradoria de Cuiabá na gestão do ex-prefeito Mauro Mendes (PSB). 

Entre os nomes que recém ingressaram no primeiro escalão estão o deputado estadual Wilson Santos (PSDB) na Secretaria Estadual de Cidades (Secid) e o  próprio  Kleber Lima no Gcom. Os demissionários foram Eduardo Chiletto e Jean Campos, respectivamente. O delegado Fausto Freitas, que respondia pelo Intermat, ocupa agora o Gabinete de Transparência e Combate a Corrupção (GTCC). O cargo era preenchido pela blogueira Adriana Vandoni. 

Postar um novo comentário

Comentários (15)

  • Ricardo | Sexta-Feira, 13 de Janeiro de 2017, 18h12
    0
    0

    Está aí um Coronel que serviria de espelho para toda tropa. Corajoso, leal e nunca gostou de aparecer! Lesco, o governador ganhou meu respeito hj.

  • Felipe | Quinta-Feira, 12 de Janeiro de 2017, 17h43
    1
    0

    Acabou a paz dos babdidos Lesco e Siqueira são F...

  • Reinaldo | Quinta-Feira, 12 de Janeiro de 2017, 17h39
    1
    0

    Lesco, combatente que jamais envergonharia seus camaradas, melhor comandante que tivemos no BOPE, é melhor coordenador que tivemos no GAECO! Brilhante, governador!

  • Fabio | Quinta-Feira, 12 de Janeiro de 2017, 15h57
    1
    0

    Esse Lesco na era do GAECO? Que acabou com a carreira do Riva e do genro Joao Emanoel? Pontos para o governador. Um grande acerto.

  • José | Quinta-Feira, 12 de Janeiro de 2017, 15h55
    1
    0

    Cel Siqueira e Cel Lesco só crescendo no Governo! A bandidagem suando frio... Tudo cria do cel Zaqueu Aí eu vi vantagem.

  • Resposta ao robson | Quarta-Feira, 11 de Janeiro de 2017, 10h26
    1
    1

    Senhor robson engraçado e que tudo o que você disse aí defendendo a INTELIGÊNCIA foram denuncias que foram feitas ao MP , PF GOVERNADOR ETC... Pois vocês parecem que são os últimos a saber deixem os servidores de lado deixem eles pra ouvidoria e uniscor vão pra dentro dos presídios investigar parem de ficar contando chip tenham critérios para compor o quadro de vocês e está não uma Opniao isolada não ela é geral mas quem tem coragem de denunciar pra depois serem espionados ,você tem todo direito de defender seu setor mas nesta gestão que graças a Deus deixou a secretaria vocês queria comandar toda secretaria agora eu pergunto quem são vocês pra fazer gestão ? NINGUÉM vocês mal sabem o que gestão portanto façam o trabalho de vocês deixem os servidores em paz investiguem presos famílias de presos servidores também mas eu disse INVESTIGUEM E NÃO ESPIONEM

  • Robson | Terça-Feira, 10 de Janeiro de 2017, 21h34
    1
    0

    o grande problema e que a inteligencia ta derrubando os correrias ou seja corruptos que levam celulares..drogas pra dentro dos presidios...quem não deve nao teme...Agora os correrias q se cuide..cuidado novo secretario...os que queiram que os atuais gestores da pasta fora..e a tropa de choque do esquema da diaria..do esquema de muniçoes que venderam..pra um clube de tiro..o esquema de vaga de 10 mil denunciado no MP,,,Quem reclama de ser investigado e por que deve... o agente de 64 anos..pergunta com quantos agentes estava la com ele...a culpa e da inteligencia? Agora os que quer que atuais gestores saem e pra voltar a patifaria..o esquema..Sinceramente senhor secretário..cuidado..tem gente ai que quer que volta os pelouros do esquema...Tem ex superintendente ai que ta doido pra voltar...fica esperto...que a tropa da patifaria quer mudança..pra voltar o qie era antes...e viatura que foi pra o paraguay comprar bugiganga..esse e o povo que quer mudança...

  • mario | Terça-Feira, 10 de Janeiro de 2017, 09h28
    2
    0

    o que tem de fazer senhor governador, é colocar cargos DGAs 5 como gerentes, pois os DGAs 8 ganha muito pouco para muita responsabilidade, salvo os que são servidores efetivo comissionados que ganham seu salario mais metado do valor do DGA8. --tem autarquias perto do palacio paiaguais que muitos comissionados não efetivos ta de boa, e ainda quer um DGA maior.

  • João Menna Neto | Terça-Feira, 10 de Janeiro de 2017, 09h04
    2
    1

    Difícil entender o comportamento do Sr. Governador. Praticamente, ainda, na metade de seu governo, Taques mostra uma tendência para "militarização" de seu staff em detrimento do aproveitamento de técnicos e, sobretudo, políticos. Assim, fica cada vez mais conturbada e comprometida a caminhada da sua desejada reeleição. A voz de comando quem dá é o Chefe do Executivo independente do auxiliar usar farda ou não. E essa parece-me ser uma fragilidade que permeia a gestão do atual governador. Sem o respeito a esse princípio hierárquico é que acontecem, como tem acontecido, manchas de corrupção, descaminhos administrativos, desorganização estrutural do governo e até mesmo incompetência. Fora desse contexto vigora a balburdia, a instabilidade e a fraqueza política, e afloram descontentamos generalizados que contaminam o processo político-administrativo. É ruim para o gestor e para a sociedade.

  • Carlos andrade | Terça-Feira, 10 de Janeiro de 2017, 01h59
    3
    1

    Faço minhas as palavras do RUBENS CARLOS NINGUÉM QUE HOJE ESTÃO NOS CARGOS SÃO DE CONFIANÇA TROCA TODOS E PÕE O GAECO PRA INVESTIGAR MUITA COISA ALI DENTRO ESSE SETOR DE INTELIGÊNCIA E O PIOR DOS PIORES E SÓ INCOMPETÊNCIA PURA ATÉ UM CARA QUE FOI PRATICAMENTE EXPULSO DA DIREÇÃO DA PCE FOI PARAR LÁ ALIÁS TENS UNS QUE SÃO COMO PRESO QUANDO NÃO TEM CONVÍVIO MANDA PARA A INTELIGÊNCIA, e outro dia mandaram o coitado de um homem um agente de 64 anos pra ficar de guarda num lugar sem lugar nem pra sentar resultado preso fugiu quem é o responsável????? Esse coitado a inteligência vai ferrar a vida dele já devia estar aposentado agora vai responder um pad coitado prestes a aposentar

Matéria(s) relacionada(s):

Malouf e acerto com quadrilha de Silval

Em mais um depoimento à juíza Selma, da 7ª Vara Criminal da Capital, Alan Malouf, quando questionado acerca de um esquema no Governo Silval que resultou no desvio de R$ 16 milhões do erário, reconheceu ter recebido R$ 950 mil num contrato de gaveta e que não pagou impostos sobre o montante. Contou que em 2010 foi procurado por Eder Moraes, então secretário da Casa Civil, para poder realizar a solenidade de posse do governador para mil...

Ex-governador nega "surra" de Piran

valdir piran curtinha   O emblemático encontro entre Valdir Piran (foto) e Silval para acerto de contas foi questionado pela promotora de Justiça Ana Bardusco, durante depoimento do ex-governador na 7ª Vara Criminal de Cuiabá, nesta quinta. Diferente do que afirmou o ex-secretário Nadaf, Silval amenizou a...

Propinoduto "bancou" posse de Silval

alan malouf curtinha   O Buffet Leila Malouf, que tem como um dos sócios o delator Alan Malouf (foto), recebeu uma "bolada" para fazer a cerimônia de posse de Silval como governador. De fato, o evento realizado em 1º de janeiro de 2011 foi marcado por muito requinte. Na época, não se falava em valores. Eis que agora,...

Tirando dúvidas no CCC sobre propina

pedro nadaf depoimento curtinha   No 3º dia de confissão de Silval à Justiça, nesta quinta, ele contou que conversava com os demais membros da organização criminosa nos momentos de brechas, especialmente na hora da limpeza das celas, dentro do Centro de Custódia de Cuiabá, onde esteve preso por...

Forçando a barra para homenagear pai

vinicyus clovito curtinha   Diferente do pai Clovito Hugueney, parlamentar sensato que teve o 3º mandato de vereador interrompido por sua morte há 2 anos, Vinicyus Hugueney (foto), vereador de 1º mandato licenciado e hoje à frente da pasta de Trabalho e Desenvolvimento da Capital, não demonstra as mesmas habilidades...

Mais 11 em situação de emergência

Mais 11 municípios têm situação de emergência reconhecida pelo governo estadual, após prefeitos terem pedido socorro por causa de problemas ocasionados, principalmente com as chuvas. No mês passado, o Estado havia homologado situação de emergência em 15 cidades. Desta vez, o governador Taques referendou decretos municipais já assinados pelos gestores de Canabrava do Norte, Chapada dos Guimarães, Colniza,...

Citando outros líderes para ter delação

cezar zilio   A demora na homologação da colaboração premiada de Silval junto ao Supremo se deve, entre outras coisas, ao entendimento da Corte de que líder de organização criminosa não pode delatar. E percebe-se que o ex-governador se esforça para não ser enquadrado como tal. Nos...

O silêncio de Silval sobre conselheiros

De volta nesta quarta à sala da juíza Selma Arruda, da 7ª Vara Criminal da Capital, Silval Barbosa foi perguntado sobre comentários do seu ex-secretário Pedro Nadaf de que dinheiro do Estado teria, em forma de propina, abastecido bolso de conselheiros do Tribunal de Contas do Estado. Em resposta, o ex-governador que comandou o Estado de março de 2010 a dezembro de 2014 se limitou a dizer que prefere não comentar sobre esse assunto. Selma...

Efeito-Silval e tensão no meio político

walace guimaraes vg   Réu em vários processos, cinco deles na 7ª Vara Criminal de Cuiabá (nas quatro fases da Sodoma e mais a Seven), o governador Silval Barbosa tem provocado muita tensão no meio político, inclusive entre figurões, a cada notícia de que prestará depoimento. De sua boca...