Executivo

Sábado, 14 de Abril de 2018, 07h:28 | Atualizado: 15/04/2018, 07h:44

EXECUTIVO

Taques reforça união com parlamentares e libera R$ 29 mi em emendas em 1 ano

O governo pagou R$ 29 milhões em emendas parlamentares de janeiro de 2017 a fevereiro de 2018. Só em neste ano foram mais de R$ 13 milhões. Os recursos que cabem aos deputados estaduais encaminharem as suas bases estão atrasados desde 2015. A dívida ultrapassava os R$ 300 milhões.

Gilberto Leite/Rdnews

Inaugura��o do Detran da Galeria It�lia

Pedro Taques ressalta a aprovação de 96% dos projetos do Executivo

O governador Pedro Taques (PSDB) afirma que as emendas estão sendo pagas desde 2 de janeiro, conforme cronograma acertado com os parlamentares. “É pago conforme determina a legislação e o fluxo de caixa do Estado”, explica o tucano durante evento de divulgação da Caravana da Transformação, realizada ontem (9), no Palácio Paiaguás.

O atraso nos pagamentos criou desconforto entre os chefes dos Legislativo e Executivo. O presidente da Assembleia Eduardo Botelho (DEM) ameaçou ingressar na Justiça para receber os passivos, no entanto, recuou da intenção. A pressão para os pagamentos chega a atrasar alguns assuntos de interesse do Estado, como aprovação das contas do governo do exercício de 2016.

Além disso, alguns parlamentares que eram da base governista criaram o bloco independente em relação ao governo. Entre os insatisfeitos estão Mauro Savi (DEM) e Oscar Bezerra (PV).

Para sustentar que a relação não está estremecida, Taques afirma que 96% dos projetos de interesse do Executivo foram aprovados durante esses três anos e três meses de gestão. Pontua ainda que em um jantar que ofereceu em sua casa, na semana passada, 19 dos 24 deputados estaduais participaram. “A relação sempre é boa. Veja que nosso grupo político fez as duas mesas da Assembleia. Então a relação boa”, reforça.

Taques refere-se a eleição de Guilherme Maluf (PSDB), que ficou dois anos à frente da Mesa Diretora. Agora o comando está sob Botelho que também é da base governista, apesar de o DEM ameaçar romper, caso lance a pré-candidatura ao governo do ex-prefeito de Cuiabá Mauro Mendes.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Indgnado | Segunda-Feira, 16 de Abril de 2018, 00h27
    4
    0

    Digite Uma mentira deslavada. Absurdo. Mentiroso. Arrumou confusao nao so com os deputados agora. Mas tbm com os prefeitos que nao receberam os recursos das emendas. texto aqui

  • Lurdes de Souza Silva | Sábado, 14 de Abril de 2018, 19h26
    11
    1

    Se não tem dinheiro para saúde como é que tem para pagar emendas de deputado? Cadê o MP?

  • alexandre | Sábado, 14 de Abril de 2018, 16h22
    12
    0

    comprar a aprovação das contas e revogar a abolição da escravatura...

  • joaoderondonopolis | Sábado, 14 de Abril de 2018, 11h13
    22
    0

    Não vejo nenhuma vantagem que o governador reforça a união com deputados, até porque 99% dos deputados não vão ser reeleitos. Pelo menos é isto que está na ideia da população. Taques está com uma rejeição altíssima e irreversível. Para sua administração ser considerada pífia, vai ter que melhorar muito.

  • Cícero Costa | Sábado, 14 de Abril de 2018, 10h13
    1
    6

    Não é a primeira vez que os norte-americanos acusam outros países de uso de armas químicas e biológicas. Em 2002, o presidente dos Estados Unidos George W. Bush acusou o regime de Saddam Hussein de possuir armas de destruição em massa no país e usou isso como justificativa para invadir o raque. Posteriormente, um grupo de inspetores da ONU divulgou um relatório oficial que comprovava que não havia esse tipo de armamento no Iraque. O próprio Bush depois admitiu em entrevista na NBC que o Iraque não tinha armas de destruição em massa. Ou seja, os EUA “inventaram” isso para justificar a invasão, foram lá e destruíram tudo, matando milhares de iraquianos, inclusive crianças, e depois simplesmente vem a público afirmar que tudo não passou de um engano ??!! O argumento sem provas usado por Trump e seus generais como justificativa para atacar a Síria nesta sexta-feira (13), muito se parece com as mentiras usadas por Bush para invadir o Iraque e matar milhares de civis.

  • Indignado | Sábado, 14 de Abril de 2018, 10h03
    19
    0

    O homem ta desesperado mesmo.Ta fazendo de tudo para se passar de bom zinho. Tudo por que é o ano de eleição. Antes o cara dava as costas para jornalistas, não ia em rádio nenhum agora ta até se oferecendo pra ir nas radios pra tentar conquistar os servidores publico com sua fala desconfiada. Não adianta agora querer mudar personalidade forte. Pelo vista, bem perigo que Taques vai até pagar salario dentro do mês como fazia o Silval Barbosa só tentar um votinho nas urnas dos trabalhadores do estado. Ta tão bonzinho que pediu até reunião com os oradores do Monhinho pra dizer que não vai mais por o IML lá. O homem ta desesperado mesmo pedindo até reunião com moradores.

  • Vinícius | Sábado, 14 de Abril de 2018, 09h15
    17
    1

    Taques libera agora 29 milhões em emendas parlamentares (que segurou durante 3 anos) omprando os deputados para aprovarem suas contas, mesmo com RDC, liberação de carta de crédito para o escritório do Paulo Taques com recursos da Previdência própria do Estado, mesmo tendo retirado 30 milhões da Educação.

Matéria(s) relacionada(s):

15 vão concorrer pela Grande Cáceres

moraes curtinha   Pelo menos 15 da região Oeste, que agrega mais de 20 municípios, estão se articulando para concorrer a deputado, sendo 7 deles de Cáceres. Dois vão a federal: Ezequiel Fonseca (PP), de Reserva do Cabaçal e que busca a reeleição, e o estadual Leonardo Albuquerque (SD), baseado...

Ataques de Pivetta dividem opiniões

otaviano pivetta curtinha lucas   Os ataques do ex-prefeito de Lucas do Rio Verde Otaviano Pivetta (foto), do PDT, ao governador Pedro Taques (PSDB) dividem opiniões. Uns acham que ele agiu com desrespeito quando definiu Taques como vagabundo, mentiroso, ladrão de sigla partidária e narcisista. E, diante disso, disseram que...

Irmão de senador disputa a estadual

wener santos nova marilandia curtinhas   O ex-prefeito de Nova Marilândia Werner dos Santos (foto), derrotado à reeleição em 2016, vai concorrer a deputado estadual, mesmo sem apoio irrestrito do irmão, o empresário e senador Cidinho Santos. Filiado ao PP, depois de sair do PR de Cidinho, Werner tem fomentado...

Salgadeira é "pepino" em 2 gestões

Não foi desta vez que a população pode começar a desfrutar das belezas do Complexo Turístico da Salgadeira. Pela segunda vez, o governo adiou a inauguração das obras de reestruturação. O local está fechado há quase 8 anos. O problema se arrastou por toda a gestão Silval e, ao que parece, vai ser resolvido no último ano do governo Taques, que se encerra em dezembro, caso ele não seja reeleito. Era...

Deputados com chances de reeleição

eduardo botelho curtinhas   Quase todos deputados estaduais consideram que entre 10 e 12 dos 21 que vão tentar a reeleição devem obter êxito nas urnas. E apontam, em privado, os com as maiores chances, inclusive com expectativa de mais de 30 mil votos: Botelho (foto), Nininho, Janaína Riva, Zeca Viana e...

Rede de aliados para se tornar federal

neri_geller_curtinha.jpg   Com a estatura de quem foi ministro da Agricultura do Governo Dilma e depois retornou como secretário de Política Agrícola da gestão Temer, Neri Geller (foto) montou uma rede estruturante de aliados capaz de já projetá-lo como futuro deputado federal. Aproveitou os últimos...

Assumindo culpa por "fantasma" na AL

abilio moumer curtinha   Numa postagem em sua página pessoal no Facebook, Abilio Moumer (foto), pai do vereador por Cuiabá Abílio Júnior e marido de Damaris Rasteli, tem a coragem de usar o nome de Deus e da igreja para, depois, pedir perdão. Se revela culpado pelo deputado Sebastião Rezende, evangelista da...

Rossato e Selma já têm até marketing

selma arruda curtinha   Dilceu Rossato, ex-prefeito de Sorriso, e Selma Arruda, que se aposentou prematuramente como juíza de Direito para poder se candidatar a cargo eletivo, estão mais bem planejados e organizados do que se imagina, surpreendendo até aqueles políticos mais tradicionais que costumam empurrar as...

Se Mauro recuar DEM volta pra Taques

jayme campos curtinha   O DEM segue aguardando decisão do indeciso empresário Mauro Mendes para puxar candidatura a governador. Mas, caso o ex-prefeito cuiabano desista de disputar o Paiaguás, o partido abriria duas possibilidades. Uma seria voltar para os braços do governador Taques e apoiá-lo à...