Executivo

Quarta-Feira, 11 de Janeiro de 2017, 12h:06 | Atualizado: 11/01/2017, 12h:31

TCE aponta diferença de R$ 1,2 bi em despesas na LOA e alerta deputados

LOA 2017 deveria prever despesas na ordem de R$ 11,7 bilhões, mas a proposta orçamentária entregue na Assembleia totaliza despesas em R$ 10,5 bilhões, uma diferença na ordem de R$ 1,2 bi

Assessoria

gustavo e antonio joaquim.jpg

 Secretário de Fazenda Gustavo de Oliveira com presidente do Tribunal de Contas Antônio Joaquim

Os deputados estaduais foram alertados pelo Tribunal de Contas sobre a hipótese de o projeto em tramitação do orçamento de 2017 do Estado apresentar previsão subestimada de despesas de caráter obrigatório nos grupos de pessoal, na ordem de R$ 1,2 bilhão, ou seja, o valor estaria menor que o real. 

Pela projeção feita pelos auditores do núcleo de inteligência, a LOA 2017 deveria prever despesas com pessoal, encargos sociais, juros, encargos da dívida e amortização da dívida na ordem de R$ 11,7 bilhões, mas a proposta orçamentária entregue na Assembleia totaliza despesas em R$ 10,5 bilhões.

Ofícios com esse objetivo estão sendo enviados hoje (11) aos parlamentares pelo conselheiro presidente Antonio Joaquim. A Assembleia vota até amanhã a Lei Orçamentária Anual, que já conta com 401 emendas, que são analisadas pela Comissão de Constituição de Justiça do Legislativo.

O documento tem como anexos ofícios enviados pelo TCE em 6 de dezembro do ano passado aos então secretários de Estado de Planejamento e Fazenda, respectivamente, Gustavo Pinto Coelho de Oliveira e Seneri Paludo. Na ocasião, o Tribunal de Contas cobrou esclarecimentos sobre a metodologia e as memórias de cálculo utilizadas na elaboração da proposta da LOA 2017, inclusive, apontando as possíveis diferenças entre a previsão na LOA e a projeção de execução nas rubricas Pessoal e Encargos Sociais, Juros e Encargos da Dívida e Amortização da Dívida.

A hipótese de subestimação das despesas de caráter obrigatório foi detectada após cruzamentos de dados e informações realizados pela unidade de inteligência do TCE. Essa unidade trabalha com projeções e levantamentos para instruir auditorias e fiscalizações concomitantes e/ou preventivas. A hipótese de subestimação foi levantada, inicialmente, para subsidiar os trabalhos realizados por Comissão Técnica de Auditores, que realiza o acompanhamento do fluxo de caixa da receita pública estadual. A Seplan e a Sefaz não informaram o TCE-MT, após o ofício de 6 de dezembro, se houve correção na peça orçamentária.

O presidente do TCE tem dito que o novo modelo de fiscalização obriga o Tribunal de Contas a atuar preventivamente, contribuindo para que se evitem falhas ou situações difíceis de serem reparadas". "O momento para fazer correções e evitar eventuais erros é agora, durante o debate da lei orçamentária", ponderou o conselheiro Antonio Joaquim. (Com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Lucas | Quarta-Feira, 11 de Janeiro de 2017, 19h11
    0
    0

    Para reduzir o déficit , podia começar com a extinção da reserva de emendas à partir de 2017 , as emendas só aquelas que forem realmente prioridades e substituírem as ações da proposta orçamentária.

  • PAULO | Quarta-Feira, 11 de Janeiro de 2017, 18h11
    0
    0

    TCE OMISSO E DESACREDITADO ... VEJA O ESCANDÁ-LOS.... TEM CONSELHEIROS CAIRAM DE PARAQUEDAS VEJA O SERGIO RICADO, HUMBERTO BOSAIPO... SO HONESTO... KKKKK QUE VERGONHA PARA O ESTADO DE MT

  • Julia | Quarta-Feira, 11 de Janeiro de 2017, 14h20
    2
    0

    Parabéns ao nobre conselheiro pelas orientações. Mas é preciso cobrar mais desse legislativo.

Matéria(s) relacionada(s):

Sem se intimidar com pressão de TV

pedro taques curtinhas   Uma emissora de TV passou a descer o porrete no Governo Taques. Por coincidência, tal linha editorial foi adotada depois que não conseguiu receber da atual gestão um passivo financeiro milionário de campanhas publicitárias veiculadas na época sob patrocínio do Governo Silval....

Deputado contesta o "amigo" Silval

romoaldo junior   Romoaldo Júnior (foto) parece não estar nem aí para as declarações do ex-governador Silval que, em delação, afirmou que o deputado foi um dos beneficiados em esquema de propina junto à empresa Canal Livre, responsável pela iluminação da Arena Pantanal....

Estado, frota oficial e veículos locados

coronel siqueira curtinha   Mesmo com uma boa frota de carros oficiais, o Estado gasta milhões com aluguel de veículos. A pasta de Justiça e Direitos Humanos, sob o coronel PM Airton de Siqueira (foto), por exemplo, fechou um contrato na última sexta (18) com vigência de dois anos com a Locavel Serviços, que...

Deputado quer trocar PSB pelo PSDB

adriano silva psb   O deputado estadual Adriano Silva (foto) não admite em público, mas confirma, em privado, que flerta com PSDB do governador Taques. Dá sinais de que pretende desembarcar do PSB, sob pretexto de que não concorda com a entrega do partido a Valtenir, e entrar no ninho tucano. Quer ficar próximo ao...

Risco de cassar quase 50% da Câmara

ball vereador curtinha pocone   Até o final deste mês, a Justiça Eleitoral de Poconé deve decidir sobre o pleito do MPE que pediu a cassação de 4 dos 11 vereadores e suplentes por causa de indícios de fraude nos registros de candidatura. Incluíram-se mulheres como candidatas "fantasmas". Elas...

Sem licença na Sema aos pequenos

No último dia 10, agindo sem alarde e com respaldo do vice-governador e secretário Carlos Fávaro (Sema), os deputados conseguiram modificar artigo de uma lei complementar, que estava em vigor desde 2015, e que ainda pode provar polêmica. Na prática, a secretaria estadual de Meio Ambiente agora não precisa mais exigir nem licença prévia, nem de instalação e muito menos de operação nos processos...

Magistrados debatem Maria da Penha

Jamilson Haddad-juiz   Os juízes mato-grossenses Jamilson Haddad (foto), Ana Cristina Mendes, Jeverson Quinteiro, Eduardo Calmom e a desembargadora Maria Erotides Maria Erotides Kneip Baranjak estiveram em Salvador, na última sexta (18), participando da Jornada Maria da Penha promovida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e...

Mendes descarta disputar o Governo

mauro mendes curtinhas   Numa conversa recente com Pedro Taques, Mauro Mendes (foto) avisou que continuará no grupo do líder tucano e que não será candidato a governador. No máximo, pode tentar uma das duas vagas de senador que serão abertas com vencimento dos mandatos de Medeiros e Blairo. Ex-prefeito de...

Prefeito enfrenta revolta de servidores

ze do patio curtinha   Zé do Pátio segue batendo-cabeça em Rondonópolis. Agora, enfrenta embate com profissionais da Educação. Em fevereiro, logo no segundo mês desse novo mandato, Pátio simplesmente reduziu o pagamento do auxílio transporte dos servidores da Educação que...