Arte e Cultura

Sexta-Feira, 27 de Janeiro de 2017, 08h:08 | Atualizado: 30/01/2017, 10h:00

O Sagrado e Profano traz dualidade espiritual humana em exposição

A exposição O Sagrado e o Profano, do artista plástico Sérgio Venny, foi aberta na última terça (17) no Museu Histórico de Mato Grosso.

Responsável pela criação dos quadros, Sérgio é filho da atriz e cantora Cléia Gattaz e trabalhou com diversos artistas até se tornar, aos 43 anos, profissional multifuncional. Conta hoje com 24 anos de carreira, e procurou celebrar a trajetória expressando sentimentos e a busca da liberdade de alma por meio das obras em exposição.

O artista explica à reportagem que o estilo de pintar é livre, fruto de autodidatismo, pois a mãe sempre esteve entre lápis, paletas, tintas e telas. “Foi uma influência forte desde a infância. Comecei a desenhar muito cedo, porque sempre a via desenhando e pintando. Então, faço isso desde sempre”.

Galeria: O Sagrado e o Profano

A intenção de Venny é fazer com que o trabalho retrate a dualidade espiritual humana, sempre cindida, como queriam vários filósofos, mártires religiosos, santos, profetas e demais pensadores, entre sacralidade e a profanação.

Para isso, buscou retratar o maior ícone de sacralidade do mundo ocidental (e de uma parte oriental também, posto que universal), Jesus Cristo, mas também o opõe à figura do caído, Lúcifer (lembrando, talvez, que os dois são chamados, em momentos diferentes, de Estrela da Manhã, pela mesma bíblia sagrada utilizada no cristianismo).

Do lado mundano, profano, as pinturas em exposição procuram buscar referências tanto em outros seres místicos, como a medusa e mundanas (no sentido de terrenas, nada a ver com julgamentos morais ou sexuais, ainda que algumas tenham chocado as sociedades de suas épocas devido a uma maior, digamos, liberdade nessa seara), como as ciganas, Frida Kahlo, Carmen Miranda e Marilyn Monroe.

Por isso o artista, afirma, as retratou em técnicas contemporâneas, consideradas mais alegres e em cores vivas. Sérgio Venny também, diz o texto de apresentação da mostra, procura fontes pictóricas no realismo clássico, como na sua versão da Monalisa, aonde querubins aparecem tocando violas de cocho.

Também há espaço para várias personalidades mais conhecidas, além de outros santos, como a Nossa Senhora, mãe de Jesus. As obras seguem abertas à visitação e apreciação até 17 de fevereiro, com entrada franca e livre entre as 9h e as 17h, de terça a sábado.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • jose roberto | Sábado, 28 de Janeiro de 2017, 16h38
    0
    0

    Gostei da obviedade do título desta matéria

Matéria(s) relacionada(s):

Binotti critica "jogo de cena" de Jiloir

binotti curtinha lucas   Assim como fez com os demais que comandaram a prefeitura, o presidente da Câmara de Lucas do Rio Verde, vereador Jiloir Pelicioli (PDT), passou a criticar de forma dura o prefeito Luiz Binotti (foto), do PSD. Em sessão nesta semana, disparou de novo a metralhadora giratória, afirmando que Binotti...

Aliados de Suelme entregam cargos

corgesio albuquerque curtinha   Mais uma confusão no Palácio Paiaguás em meio a conspirações e brigas por cargos e espaço político. O governador decidiu tirar do 1º escalão a recém-nomeada Vanessa Queirós da pasta de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários para...

Alguns ex-aliados fora do manifesto

fabio garcia curtinha   Nem todos da lista de fortes aliados da gestão Taques e que, gradativamente, foram se distanciando do Palácio Paiaguás assinaram o manifesto contra o projeto de reeleição do governador do PSDB. Eis dois exemplos: os deputados federais Fábio Garcia (foto), do DEM, e Adilton Sachetti...

Ex-aliados em dura reação a Taques

carlos favaro curtinhas   Nunca na história deste país se juntaram tantas lideranças que eram aliadas e que agora estão contra o projeto de reeleição do governador Taques. Nada menos que 31 assinaram manifesto, expondo as razões de terem pulado do barco, entre eles 4 ex-prefeitos, como Mauro Mendes...

Blairo "lava as mãos" sobre o PP-MT

ezequiel fonseca curtinha   O senador licenciado e ministro Blairo Maggi (Agricultura) "lavou as mãos" em relação ao PP-MT, hoje tocado no Estado pelo deputado federal Ezequiel Fonseca (foto). Em algumas reuniões internas, o ex-governador defendeu que o partido abrisse as portas para novos filiados, independente destes...

Suplente se articula para cassar Diego

demilson nogueira vereador curtinha   O suplente de vereador Demilson Nogueira (foto), dirigente do PP de Cuiabá, está se articulando nos bastidores para derrubar o titular da cadeira Diego Guimarães, do mesmo partido. Ele juntou documentos, fotografias, discursos e registro de solenidade para tentar cassar o mandato de Diego....

Governo veta Maldonado à Unemat

adriano silva caceres curtinha   O suplente de deputado Adriano Silva (DEM), ex-reitor da Unemat, com sede em Cáceres, está revoltado com governador Taques. Enquanto atuava como deputado, substituindo o dono da cadeira Botelho, Adriano apresentou neste ano um projeto, aprovado em duas sessões, "rebatizando" a Unemat como...

15 vão concorrer pela Grande Cáceres

moraes curtinha   Pelo menos 15 da região Oeste, que agrega mais de 20 municípios, estão se articulando para concorrer a deputado, sendo 7 deles de Cáceres. Dois vão a federal: Ezequiel Fonseca (PP), de Reserva do Cabaçal e que busca a reeleição, e o estadual Leonardo Albuquerque (SD), baseado...

Ataques de Pivetta dividem opiniões

otaviano pivetta curtinha lucas   Os ataques do ex-prefeito de Lucas do Rio Verde Otaviano Pivetta (foto), do PDT, ao governador Pedro Taques (PSDB) dividem opiniões. Uns acham que ele agiu com desrespeito quando definiu Taques como vagabundo, mentiroso, ladrão de sigla partidária e narcisista. E, diante disso, disseram que...