Arte e Cultura

Sexta-Feira, 21 de Abril de 2017, 07h:45 | Atualizado: 23/04/2017, 08h:57

Vencedor do prêmio de poesia de MT, Renato gosta mesmo é de prosa

Gilberto Leite

Luiz Renato Pinto

Luiz Renato Souza Pinto tem 4 livros lançados, mas nunca conseguiu ganhar o pão com a literatura

Escritor preferencialmente de romances e crônicas, o também professor Luiz Renato de Souza Pinto tem 55 anos e, à parte a opção pela crônica, sagrou-se um dos vencedores do 2º Prêmio Mato Grosso de Literatura na categoria poesia, com Gênero, Número, Graal. Ele é o escritor alvo da série sobre os vencedores do prêmio realizada pelo .

Paranaense de Maringá, Souza Pinto mudou-se para Mato Grosso em 1980, apesar de sua família já residir por aqui desde o final dos anos 1970.

Desde sempre, esteve envolvido com literatura, primeiro via publicação de livretos de poesia. “Mas considero como livros o Cardápio Poético (1993), os romances Matrinchã do Teles Pires (1998), Flor do Ingá (2014) e o livro de crônicas Duplo Sentido (2016), este último em parceria com o pernambucano Carlos Barros e publicado com recursos do Fundo Municipal de Cultura de Cuiabá”, diz à reportagem.

Graduado em letras pela Universidade Federal de Mato Grosso, fez também um mestrado em história pela mesma UFMT e chegou ao doutorado pela Universidade do Estado de São Paulo (Unesp), campus São José do Rio Preto, novamente em letras.

Ele conta que mesmo começado sua carreira na escrita em 1980, nunca conseguiu o sustento somente através da literatura. “Sou um artista que virou professor”. Em 2011, entrou via concurso no quadro de professores do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), mas afirma que a expressão literária é seu complemento para a existência.

Sobre os gêneros nos quais se arrisca, e no qual acabou ganhando um prêmio, conta ser a escrita de poesia muito mais sazonal em sua vida do que a prosa. Esse é o motivo de os poemas que compõem o volume Gênero, Número, Graal, ora premiado, serem compostos num período de quase 30 anos, desde o fim dos anos 1980 até recentemente, em 2016.

“Gosto de escrever poemas, mas levo a sério mesmo a prosa. Estou no momento escrevendo meu terceiro romance, para lançá-lo em 2018. Publico crônicas no site desde setembro do ano passado. Escrevo sobre artes, cultura, literatura e cotidiano”, expõe.

Perguntado quanto a seu método de trabalho, diz escrever mesmo nas horas de folga da dura rotina de professor (nunca termina só na sala de aula, pois há preparação para as mesmas, correção de provas, tarefas, elaboração de notas, lançamentos em diários, uma dureza só) e também afirma não manter uma rotina rígida, do tipo que se fecha num lugar e ali produz ininterruptamente.

Busca mesmo é seguir o lema antigo que diz que quem escreve mais do que lê costuma escrever coisas medíocres. “Mais leio do que escrevo quando estou envolvido em algum projeto. Meus temas brotam de filmes que assisto, peças de teatro com as quais me envolvo, curiosidades do dia a dia”.

O escritor conta que foi pro Rio de Janeiro em 1988. Lá, ficou até 1993. Só foi embora pra viajar pelo Brasil por 4 anos

Sendo assim, não tem hora para a prática. Pode ser de madrugada, de manhã cedo, no meio da manhã ou à tarde, conforme a hora disponível. Quanto às eventuais dores inerentes à criação, Luiz Renato Souza Pinto ameniza e não as percebe. “Não acho que precisa haver angústia para haver escrita, embora possa ser uma contingência. Não sigo regras rígidas. O processo de criação depende muito da natureza da escrita, do gênero, dos objetivos que cada texto me solicita”.

O resultado do concurso literário estatal é referente a 2016, mas os vencedores só foram conhecidos já em fins de janeiro deste 2017. A Secretaria de Estado de Cultura ainda não anunciou data para premiação dos vencedores nem para o lançamento das obras contempladas.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Governo Taques avança na Segurança

gustavo garcia curtinha   A área de Segurança Pública, hoje sob Gustavo Garcia Francisco (foto), foi apontada pelo governador Taques como prioritária desde o início da gestão. Nos dois primeiros anos (2015 e 2016), aumentou o contingente policial, armamentos, serviços de inteligência e...

Empenho e solidariedade às famílias

pedro taques curtinha   O governador Taques acompanhou pessoalmente a operação policial na madrugada deste sábado, que resultou no "estouro" do cativeiro, na prisão dos assaltantes e na liberdade da empresária Milene Falcão Eubank, mantida refém por 13 horas. O secretário de Segurança,...

Estado perde seu único time na Série B

helmute fmf   Após quatro anos consecutivos na Série B, algo inédito na história de um time mato-grossense que não tinha representante desde 1994, o Luverdense foi rebaixado à Terceira Divisão. Precisava vencer para ter chance de seguir na Segundona, mas empatou nesta sexta, em 0 a 0, com o Guarani....

Taques ignora pressão e elogia Soares

luiz soares curtinha   Coube ao ex-prefeito cuiabano e apresentador do programa Resumo do Dia, Roberto França, tornar público o posicionamento do governador Taques quanto ao movimento de várias lideranças, especialmente de deputados, pela queda de Luis Soares da pasta da Saúde. No quadro "Bomba do Dia", apresentado...

Sintap defende servidores do Intermat

candido teles curtinha   O Sintap não defendeu Cândido Teles (DEM), presidente "inoperante" do Intermat que passou a usar a estrutura do órgão com pretensões eleitorais - é pré-candidato a deputado estadual, mas garante que, quanto aos servidores, estes são dedicados ao trabalho. Em nota, nega...

Pré-candidatura já ganha repercussão

mauro mendes artigo   A notícia revelada pelo Blog do Romilson de que Mauro Mendes, que deve se filiar ao DEM ou ao PR, está determinado a disputar o governo estadual e, sem alarde, começa a se distanciar de Taques, ganhou muita repercussão nos meios político e empresarial e no Palácio Paiaguás. Deu...

Dificultando planos políticos de Taques

nilson leit�o curtinhas   Pedro Taques está na bronca com o deputado federal Nilson Leitão (foto) por entender que este busca atrapalhar seus planos políticos majoritários. É desejo do governador disputar a reeleição com dois aliados fortes no palanque como candidatos ao Senado,...

Fábio já exige presidência do DEM-MT

f�bio garcia curtinhas   Fábio Garcia (foto), mesmo mal articulado e com atuação pífia na Câmara, deseja entrar no DEM e já assumir a condição de presidente estadual da legenda. Acompanhado do colega de bancada Adilton Sachetti, outro que deixou o PSB por causa de Valtenir,...

Governo já atrasa 2 duodécimos à AL

eduardo botelho curtinha   O presidente da Assembleia, deputado Botelho, admitiu que acumula dívidas milionárias com fornecedores e que só não está conseguindo honrar os pagamentos porque o governo não faz, em dia, o repasse constitucional. o Executivo já acumula dois duodécimos em atraso,...