Gastronomia

Sexta-Feira, 23 de Dezembro de 2016, 07h:45 | Atualizado: 23/12/2016, 08h:11

Grupo faz ceia para moradores da Ilha do Bananal e promove inclusão

Arquivo

Missões Urbanas Natal bananal

Grupo Missões Urbanas Mato Grosso tem ações o ano todo e vai realizar, dia 24, ceia natalina para moradores da chamada "Ilha do Bananal", antiga galeria comercial abandonada no centro de Cuiabá

Caminhando e aprofundando a ideia de solidariedade sempre tão presente nesta época do ano, mas a praticando no decorrer dos 365 dias e não só neste intervalo, o grupo Missões Urbanas Mato Grosso vai realizar, neste sábado (24), uma ceia natalina para os moradores da chamada "Ilha do Bananal", uma antiga galeria comercial abandonada no centro de Cuiabá, hoje habitada, essencialmente, por dependentes químicos de pasta-base de cocaína, uma versão do mais famoso crack.

Formado por 20 pessoas, os missionários são todos cristãos, fazem parte de diversas congregações e denominações diferentes.

A única exigência para fazer parte do grupo, aliás, é essa, ter alguma orientação cristã e possuir vontade de se dedicar ao próximo, aos que mais precisam de apoio e auxílio.

De acordo com duas membros das Missões, Sinthia Coelho e Leticia Tomaz, o grupo é paraeclesiástico e adenominacional. Desenvolvem, portanto, um trabalho paralelo ao realizado pelas igrejas, mas não professam para si ou outros nenhuma denominação. “Todo membro deve professar somente Jesus como seu único salvador e ser membro de uma igreja local”, conta Sinthia.

Ela explica que o intuito do trabalho não é ser somente uma obra social, mas sim um meio de levar amor, palavra, algum conforto, um ombro amigo e expandir “o reino do Pai por Cuiabá e região”. A ideia surgiu quando ela, Letícia e outros integrantes das Missões Urbanas conheceram o trabalho desenvolvido por outro grupo em Brasília (Distrito Federal).                   

Arquivo

Missões Urbanas Natal bananal

 Grupo promove várias ações voltadas a ajudar o próximo e deixa a Ilha do Bananal mais alegre

A preocupação é tão sincera que a programação de Natal na Ilha do Bananal começará às 20h e Sinthia, Letícia e seus amigos vão passar lá a data mais familiar de todo o Ocidente e de algumas partes do Oriente.

Por meio de campanha e doações próprias, eles conseguiram arrecadar nada menos que 22 frangos assados, cinco peças de pernil de porco, 30 quilos de arroz, 15 quilos de farofa, 42 pets de refrigerantes, mais frutas, sobremesas e panetones.

Além de tudo isso, o grupo também vai levar roupas, calçados, farão apresentações de dança, música e teatro. 

“O Natal consiste em levar o amor e a palavra de Deus pra essas pessoas e mostrar que existe sim alguém que se preocupa como elas. Queremos fazer eles se sentirem amados”, conta, sem nenhum pudor, Sinthia.

E ela e o grupo provam a busca por esse objetivo desenvolvendo atividades naquele local esquecido pelo poder público, onde as pessoas vivem por não ter nenhum outro lugar para ir, todos os dias, mas especialmente a cada quinze dias, quando vão até a velha galeria abandonada, cheia de montanhas de lixos e detritos, e oferecem aos moradores, além de música, comida e momentos de convivência e existência coletiva.  

Como fazer parte

Para trabalhar nas missões urbanas, os voluntários precisam passar por um período de adaptação e treinamento que dura normalmente duas semanas. Quem quiser doar pode checar meios de fazer isso acessando a fan page deles no Facebook. Para conseguir mais informações, só telefonar para o número (65) 99337-4887 e falar com a própria Sinthia.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Diretoria recebe apoio de servidores

luiz_henrique_curtinha O Sindicato dos Trabalhadores do TCE e a Associação dos Aposentados e Pensionistas do Tribunal emitiram nota de apoio à nova gestão do órgão fiscalizador, alterada por força de decisão judicial. O apoio acontece 6 dias após o STF afastar 5 membros do Pleno, acusados em...

Incompetência e os voos cancelados

z� do patio curtinha   O prefeito Zé do Pátio, de Rondonópolis, é tão incompetente que não consegue manter regularizados pagamentos para funcionamento do aeroporto municipal Maestro Marinho Franco. Para se ter ideia, há 9 meses a prefeitura não paga dois bombeiros militares...

Prefeito contra hospital com Consórcio

pedro ferreira curtinha   Pedro Ferreira (foto), ex-presidente da AMM, hoje prefeito de 3º mandato de Jauru e vice-presidente do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Oeste, reagiu contra a decisão do governo estadual de, com a rescisão do contrato com a Congregação Santa Catarina, fazer convênio...

Pátio quer aumentar IPTU de ricos

O prefeito de Rondonópolis Zé do Pátio, para dar um up grade na receita, resolveu encarar uma empreitada nada popular. Em meio à crise econômica que assola o país, o gestor quer aumentar o IPTU dos que classifica como "especuladores". A proposta reduz valores de imóveis menores. Por outro lado, será criada uma nova regra, que leva em consideração o valor venal. Quanto maior ele for (mais abastado), mais elevada será a...

Ex-governador depõe e evita imprensa

silval barbosa curtinha   Silval depos no Fórum de Cuiabá, nesta 2ª, na ação em que é vítima de extorsão dos jornalistas Antonio Carlos Milas e os filhos Max e Maicon Milas, além de Antonio Peres, que foram detidos no ano passado na operação “Liberdade de...

Escândalos e corporativismo em Sinop

chitolina vereador sinop curtinha   Apesar de ter passado por uma renovação de 80% nos quadros, o Legislativo de Sinop parece que não irá passar imune a escândalos, inclusive envolvendo parlamentares de 1º mandato. Fernando Brandão (PR) foi cassado por recebimento de um suposto mensalinho. Depois, o...

2 frentes para tirar deputado da cadeia

zaid arbid curtinha   A defesa de Gilmar Fabris, preso no Centro de Custódia de Cuiabá desde a última sexta (15), trabalha com duas frentes a partir desta segunda, na esperança de tirá-lo do cárcere e de preservar o mandato de deputado estadual. Em Brasília, o advogado Zaid Arbid (foto) ingressa com...

Efeito-delação e 1ª mulher no Pleno

jaqueline jacobsen curtinha tce   Com a decisão do ministro Luiz Fux de afastar 5 conselheiros do TCE-MT em consequência da delação do ex-governador Silval, que denuncia ter pago mais de R$ 50 milhões de propina a membros do Pleno, o quadro provisório já foi recomposto e, pela primeira vez, terá...

Monitorado pela PF e flagra com caixas

gilmar fabris   O procurador-geral da República Rodrigo Janot fundamentou bem o pedido de afastamento do cargo de deputado e de prisão de Gilmar Fabris (foto), o que foi deferido pelo ministro Luiz Fux. Agentes federais filmaram Fabris tirando do apartamento onde mora no Santa Rosa, em Cuiabá, várias caixas contendo algo....