Gastronomia

Sábado, 24 de Dezembro de 2016, 04h:10 | Atualizado: 25/12/2016, 10h:51

COZINHA CRIATIVA

Mahalo apresenta e sugere receita para festas de fim de ano confira

Gilberto Leite

Receita_mahalo

 Prato serve até duas porções, dando um toque especial e requintado as ceias de Natal. Bom Apetite!

O restaurante Mahalo Cozinha Criativa apresentou uma receita de preparo relativamente simples para os leitores do . A ideia é incrementar uma das noites mais especiais do ano: ceias de Natal e de Ano Novo.

Feita com cupim, pelos chefs Ariani Malouf e Maicon Santana - trata-se de um corte suculento mas subutilizado - o segredo da receita é unir o sabor da carne aos temperos e frutos regionais, como é tradição no Mahalo, aliás.

É a chance para quem quiser agradar a família nesta época de reunião e quem sabe receber uns elogios por uma comida bem feita, algo que, convenhamos, todo mundo gosta.

“Esta receita foi criada pensando em valorizar um corte bovino muito saboroso, rico em gordura e, às vezes, pouco utilizado”, explica Ariani. 

Ela e o chef Maicon Santana se dedicaram aos testes até conseguirem chegar ao ponto exato quanto ao tempo de cozimento para que a carne tivesse uma textura muito macia, suculenta e cheia de sabor.

“Quando pensamos no acompanhamento, quisemos trazer sabores simples e familiares do brasileiro, como o arroz, a abóbora e o queijo coalho. A crocância da receita veio através da farofa, trazendo aí o perfume do pequi, que é tão rico e típico da nossa região”, diz a chef.

Este prato está no cardápio do jantar do Mahalo “será um prazer receber todos vocês em nossa casa para experimentar”, convida Ariani. 

Receita selecionada foi: Cupim em baixa temperatura, arroz regado ao seu próprio molho com pupunha, abobora e queijo coalho servido com farofa de polvilho ao aroma de pequi. O rendimento é de 2 porções.

Mário Okamura

receita_natal

 Confira, acima, a receita completa para incrementar o seu na Natal. Logo abaixo da receita, o Rdnews mostra a montagem do prato especial para a ceia

Modo de preparo

Carne

Cortar em cubos grandes o mirepoix -- cebola, salsão, cenoura, alho poro. Misturar com o vinho branco, a água, o abacaxi e o bouquet garni. Temperar o cupim e colocar em uma embalagem a vácuo (se possível) e cozinhar a 90 graus por 48 horas.

Gilberto Leite

Receita_mahalo

 Prato natalino feito com cupim, arroz "temperado" e farrofa com toque especial de azeite de pequi 

Você também pode colocar o cupim com o tempero numa assadeira (neste caso cobrir com papel alumínio) e levar ao forno a 100 graus, até que fique bem macio – média de 6 horas. 

Acrescentar mais líquido se necessário durante o tempo de forno.

 Arroz

Prepare o arroz branco como de costume e reserve.

Cortar a abóbora e a pupunha em cubos, coloque numa assadeira com um fio de azeite e leve ao forno.

Numa panela misture arroz, abóbora, pupunha, queijo coalho e o caldo do cozimento do peru.

Farofa

Triture o biscoito de polvilho e torre com manteiga como uma farofa, acrescente o óleo de pequi a gosto e sirva quentinha. 

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • marcio | Sábado, 24 de Dezembro de 2016, 11h10
    0
    0

    marcio, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

Matéria(s) relacionada(s):

Malouf e acerto com quadrilha de Silval

Em mais um depoimento à juíza Selma, da 7ª Vara Criminal da Capital, Alan Malouf, quando questionado acerca de um esquema no Governo Silval que resultou no desvio de R$ 16 milhões do erário, reconheceu ter recebido R$ 950 mil num contrato de gaveta e que não pagou impostos sobre o montante. Contou que em 2010 foi procurado por Eder Moraes, então secretário da Casa Civil, para poder realizar a solenidade de posse do governador para mil...

Ex-governador nega "surra" de Piran

valdir piran curtinha   O emblemático encontro entre Valdir Piran (foto) e Silval para acerto de contas foi questionado pela promotora de Justiça Ana Bardusco, durante depoimento do ex-governador na 7ª Vara Criminal de Cuiabá, nesta quinta. Diferente do que afirmou o ex-secretário Nadaf, Silval amenizou a...

Propinoduto "bancou" posse de Silval

alan malouf curtinha   O Buffet Leila Malouf, que tem como um dos sócios o delator Alan Malouf (foto), recebeu uma "bolada" para fazer a cerimônia de posse de Silval como governador. De fato, o evento realizado em 1º de janeiro de 2011 foi marcado por muito requinte. Na época, não se falava em valores. Eis que agora,...

Tirando dúvidas no CCC sobre propina

pedro nadaf depoimento curtinha   No 3º dia de confissão de Silval à Justiça, nesta quinta, ele contou que conversava com os demais membros da organização criminosa nos momentos de brechas, especialmente na hora da limpeza das celas, dentro do Centro de Custódia de Cuiabá, onde esteve preso por...

Forçando a barra para homenagear pai

vinicyus clovito curtinha   Diferente do pai Clovito Hugueney, parlamentar sensato que teve o 3º mandato de vereador interrompido por sua morte há 2 anos, Vinicyus Hugueney (foto), vereador de 1º mandato licenciado e hoje à frente da pasta de Trabalho e Desenvolvimento da Capital, não demonstra as mesmas habilidades...

Mais 11 em situação de emergência

Mais 11 municípios têm situação de emergência reconhecida pelo governo estadual, após prefeitos terem pedido socorro por causa de problemas ocasionados, principalmente com as chuvas. No mês passado, o Estado havia homologado situação de emergência em 15 cidades. Desta vez, o governador Taques referendou decretos municipais já assinados pelos gestores de Canabrava do Norte, Chapada dos Guimarães, Colniza,...

Citando outros líderes para ter delação

cezar zilio   A demora na homologação da colaboração premiada de Silval junto ao Supremo se deve, entre outras coisas, ao entendimento da Corte de que líder de organização criminosa não pode delatar. E percebe-se que o ex-governador se esforça para não ser enquadrado como tal. Nos...

O silêncio de Silval sobre conselheiros

De volta nesta quarta à sala da juíza Selma Arruda, da 7ª Vara Criminal da Capital, Silval Barbosa foi perguntado sobre comentários do seu ex-secretário Pedro Nadaf de que dinheiro do Estado teria, em forma de propina, abastecido bolso de conselheiros do Tribunal de Contas do Estado. Em resposta, o ex-governador que comandou o Estado de março de 2010 a dezembro de 2014 se limitou a dizer que prefere não comentar sobre esse assunto. Selma...

Efeito-Silval e tensão no meio político

walace guimaraes vg   Réu em vários processos, cinco deles na 7ª Vara Criminal de Cuiabá (nas quatro fases da Sodoma e mais a Seven), o governador Silval Barbosa tem provocado muita tensão no meio político, inclusive entre figurões, a cada notícia de que prestará depoimento. De sua boca...