Gastronomia

Sexta-Feira, 03 de Fevereiro de 2017, 08h:35 | Atualizado: 05/02/2017, 10h:12

Mulher deixa gerência de RH, se dedica a bolos e vende até 90 por dia

Meneguini/Gcom-MT

katinha

Confeiteira Kátia Dias revela que vende até 90 bolos por dia. Usa redes sociais para atrair os clientes

A confeiteira Kátia Dias resolveu, há quatro anos, tomar uma decisão radical. Cansada da vida estressante na existência corporativa de uma empresa de logística (ela era a gerente de recursos humanos), decidiu deixar para trás o que muitos consideram segurança – carteira assinada, fundo de garantia, férias remuneradas – para fazer o que ela realmente gostava: bolos e tortas.

Era uma atividade à qual ela se dedicava há pelo menos quatro anos antes, como maneira de complementar os ganhos advindos do salário. Mas, era pouco ou quase nada perto do que ela produz e vende hoje. Se naquele já distante 2008 ela fazia cinco bolos/dia, hoje não vende menos do que um algarismo variando entre 70 e 90, em média, a cada vez que o sol nasce e se põe. A empresa dela, a Tia Katinha Bolos funciona entre as 08h e as 18h de segunda a sexta, e de 08h ao meio-dia nos sábados.

Mas, o sucesso não veio rápido e nem foi fácil, como conta a própria Kátia. “Abri a loja em 2012 e ainda fiquei seis meses trabalhando [como empregada na firma de logística] com minha filha cuidando da loja. Depois desse período, ainda prestava serviços para a empresa, mas aí eu disse pra mim mesma: agora preciso cuidar do meu negócio. O retorno financeiro acabou vindo a contento”, contou ao .

Com esforço e perseverança, pois a venda inicial – aquela, dos cinco bolos diários – continuava. “Vendíamos pouco porque não conheciam nosso trabalho, mas, com divulgação, a confiança com o cliente foi aumentando”, raciocina. Para ela, pesou também o fato de a empresa estar situada em um bairro, o que levou a um vínculo de amizade com seus clientes e aos atuais números.

Galeria: Tia Katinha Bolos

Mesmo com as quedas esporádicas de cerca de 10% nas vendas, há os meses onde há um acréscimo de até 50% na procura, como os três últimos do ano. “Outubro, acho que por causa do Dia das Crianças, novembro e dezembro, por causa das confraternizações de fim de ano, e janeiro porque começam as férias são meses ótimos para nós”, explica.

A Tia Katinha Bolos oferece 20 sabores, mas os mais vendidos e procurados são mesmo os de cenoura com cobertura de chocolate, milho e pamonha. Também faz bolos de aniversário. Para o início da jornada, Kátia juntou todas suas economias, a rescisão do contrato de trabalho de carteira assinada e ainda teve de pegar financiamento do fundo estadual MT Fomento para poder começar. 

Hoje, além da filha que trabalha com ela, há também outros seis funcionários trabalhando para dar conta da demanda, que ela pretende ampliar. “Foi um ano calculando, planejando, procurando o ponto, mas no fim deu tudo certo”.  A Tia Katinha Bolos está localizada na Avenida das Torres, bem próximo da rotatória do Jardim Universitário/Jardim Imperial e Recanto dos Pássaros, a famosa “rotatória da viola de cocho”, no sentido bairros-centro.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Plano de se afastar para ser candidato

jayme campos curtinhas   Jayme Campos revelou neste domingo que está decidido a se desincompatibilizar do cargo de secretário de Assuntos Estratégicos de Várzea Grande para "costurar" candidatura majoritária, seja ao Senado, seja para governador. A saída do primeiro escalão da gestão da...

Governo Taques avança na Segurança

gustavo garcia curtinha   A área de Segurança Pública, hoje sob Gustavo Garcia Francisco (foto), foi apontada pelo governador Taques como prioritária desde o início da gestão. Nos dois primeiros anos (2015 e 2016), aumentou o contingente policial, armamentos, serviços de inteligência e...

Empenho e solidariedade às famílias

pedro taques curtinha   O governador Taques acompanhou pessoalmente a operação policial na madrugada deste sábado, que resultou no "estouro" do cativeiro, na prisão dos assaltantes e na liberdade da empresária Milene Falcão Eubank, mantida refém por 13 horas. O secretário de Segurança,...

Estado perde seu único time na Série B

helmute fmf   Após quatro anos consecutivos na Série B, algo inédito na história de um time mato-grossense que não tinha representante desde 1994, o Luverdense foi rebaixado à Terceira Divisão. Precisava vencer para ter chance de seguir na Segundona, mas empatou nesta sexta, em 0 a 0, com o Guarani....

Taques ignora pressão e elogia Soares

luiz soares curtinha   Coube ao ex-prefeito cuiabano e apresentador do programa Resumo do Dia, Roberto França, tornar público o posicionamento do governador Taques quanto ao movimento de várias lideranças, especialmente de deputados, pela queda de Luis Soares da pasta da Saúde. No quadro "Bomba do Dia", apresentado...

Sintap defende servidores do Intermat

candido teles curtinha   O Sintap não defendeu Cândido Teles (DEM), presidente "inoperante" do Intermat que passou a usar a estrutura do órgão com pretensões eleitorais - é pré-candidato a deputado estadual, mas garante que, quanto aos servidores, estes são dedicados ao trabalho. Em nota, nega...

Pré-candidatura já ganha repercussão

mauro mendes artigo   A notícia revelada pelo Blog do Romilson de que Mauro Mendes, que deve se filiar ao DEM ou ao PR, está determinado a disputar o governo estadual e, sem alarde, começa a se distanciar de Taques, ganhou muita repercussão nos meios político e empresarial e no Palácio Paiaguás. Deu...

Dificultando planos políticos de Taques

nilson leit�o curtinhas   Pedro Taques está na bronca com o deputado federal Nilson Leitão (foto) por entender que este busca atrapalhar seus planos políticos majoritários. É desejo do governador disputar a reeleição com dois aliados fortes no palanque como candidatos ao Senado,...

Fábio já exige presidência do DEM-MT

f�bio garcia curtinhas   Fábio Garcia (foto), mesmo mal articulado e com atuação pífia na Câmara, deseja entrar no DEM e já assumir a condição de presidente estadual da legenda. Acompanhado do colega de bancada Adilton Sachetti, outro que deixou o PSB por causa de Valtenir,...