Judiciário

Quarta-Feira, 16 de Maio de 2018, 18h:08 | Atualizado: 17/05/2018, 14h:50

BERERÉ E BÔNUS

MPE denuncia 7 deputados, Silval e Paulo Taques por propina de R$ 30 mi no Detran

Da AL foram denunciados o presidente Eduardo Botelho e mandatários Mauro Savi, José Domingos Fraga, Wilson Santos, José Joaquim Filho, o Baiano Filho, Ondanir Bortolini, o Nininho, e ainda Romoaldo Júnior

Gilberto Leite

Silval Barbosa

Ex-governador Silval Barbosa está os denunciados na Operação Bereré/Bônus junto a mais 7 deputados estaduais

O Ministério Público de Mato Grosso ofereceu denúncia criminal relativa às Operações Bereré e Bônus contra 58 pessoas.

Entre os denunciados estão 7 deputados estaduais, o ex-governador Silval Barbosa, o ex-deputado federal Pedro Henry, o ex-chefe da Casa Civil, Paulo Taques; o ex-presidente do Detran, Teodoro Moreira Lopes, o Dóia e o ex-chefe de gabinete do Poder Executivo, Sílvio Cézar Correia de Araújo. 

Da Assembleia foram denunciados: o presidente Eduardo Botelho e os deputados Mauro Savi, José Domingos Fraga, Wilson Santos, José Joaquim de Souza Filho, o Baiano Filho, Ondanir Bortolini, o Nininho, e Romoaldo Júnior.

O grupo inclui, ainda, parentes dos gestores denunciados e empresários. Além de responderem por constituição de organização criminosa, aos denunciados foram imputados os crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e fraude em licitação. Na denúncia, foram apresentados 37 fatos ocorridos entre os anos de 2009 a 2016.

De acordo com o MPE, os fatos vieram à tona a partir de colaborações premiadas de Dóia, indicação de Savi; e com os sócios proprietários da empresa FDL, atualmente EIG Mercados. O esquema girou em torno da contratação da empresa responsável pela execução das atividades de registros junto ao Detran dos contratos de financiamentos de veículos com cláusula de alienação fiduciária, de arrendamento mercantil e de compra e venda com reserva de domínio ou de penhor. Na ocasião, para obter êxito na contratação, a empresa se comprometeu a repassar parte dos valores recebidos com os contratos para pagamento de campanhas eleitorais.

De início, o o ex-governador e Savi teriam recebido, cada um deles, R$ 750 mil. Com a continuidade das fraudes, mais propinas foram repassadas e outras beneficiadas. Estima-se, que foram pagos cerca de R$ 30 milhões em propinas. A denúncia aponta para três vertentes diversas de análises: movimentações bancárias entre os denunciados, entre denunciados com terceiros, apenas entre terceiros e entre os denunciados e servidores da Assembleia. Todas as transações foram comprovadas na denúncia.

A organização, conforme o MPE, era composta por três núcleos: Liderança (Savi, Botelho, Silval, Pedro Henry, Dóia e Paulo Taques, cada um em épocas diferentes); e os de Operação e Subalterno.

Na denúncia, feita nesta quarta, por meio do Núcleo de Ações de Competência Originária (Naco) e Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), os promotores de Justiça informam ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso que inquéritos complementares já foram instaurados para apurar o envolvimento de outras pessoas e de outros fatos criminosos. (Com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • JOSE MARQUES BRAGA | Quinta-Feira, 17 de Maio de 2018, 11h48
    0
    0

    O MECANISMO É O MESMO PARA OS GOVERNOS QUE PASSAM PELOS MANDATOS. Não adianta mudar os nomes e manter o sistema viciado, VOTAR EM GOVERNO HONESTO e em Deputados corruptos é o mesmo que ensacar água em saco de pano. Enquanto eleitor exigir Governo honesto e ao mesmo tempo exigir favores pessoais para votar também não mudará pois, assim somente ganham os corruptos que exigem do executivo para votar os projetos o chamado MENSALÃO. O MODELO GOVERNO DE COALIZÃO com a doença da corrupção não funcionará. Coalização é a mesma coisa de Cooptação fisiológica, pecuniária e mercadológica. São os "competentes empresários nos seus balcão de negócios".

  • otavio barra do garças | Quinta-Feira, 17 de Maio de 2018, 09h16
    4
    0

    SO PODRE ESSES DEPUTADOS DENUNCIADOS ELEITOR PRESTE ATENÇAO EM OUTUBRO FORA COM ESSA CAMBADA !!!!

  • Jose Dias Nascimento Santos | Quinta-Feira, 17 de Maio de 2018, 06h37
    7
    0

    A organização, conforme o MPE, era composta por três núcleos: Liderança (Savi, Botelho, Silval, Pedro Henry, Dóia e Paulo Taques, cada um em épocas diferentes); e os de Operação e Subalterno. O GAECO o MPE devem pedir o afastamento do Dep Botelho da presidência da Assembleia, réu confesso, até que ele prove que não tem envolvimento com a Bereré com o desvio do DETRAN.

  • Cuiabano | Quinta-Feira, 17 de Maio de 2018, 00h12
    4
    0

    Está constatado. Esse governo do Pedro superou o do Silval na roubalheira. Inventou de criar um tal de CIRA pra pegar ex-servidores do governo Silval, e não parava de falar do passado, mas não olhou pro próprio rabo. Toma. Bem feito. Rindo até 2030.

  • Bruno | Quarta-Feira, 16 de Maio de 2018, 20h40
    9
    0

    Votei em Pedro Taques, mas alguém cercado por Wilson Santos (réu acusado do desvio de 42 milhões do Rodoanel), Botelho, Mauro Savi, Guilherme Maluf, Baiano Filho e Nininho (acusados pelos desvios de 30 milhões do Detran), Gilmar Fabris (flagrado com a mala de dinheiro e depois fugindo de pijama da PF), com inúmeros secretários presos, ex-secretário de Justiça (grampos ilegais), ex-secretário de Educação (por desvios de 54 milhões em coautoria com o ex-coordenador de campanha do Pedro Taques, Alan Maluf), ex-secretário de Segurança Pública, ex-comandante da PM. Sendo que seu primo e homem de confiança é réu pelo esquema de escutas ilegais e agora pelos desvios no Detran. Sinceramente ALGUÉM AINDA ACREDITA NESSE TAQUES?????? Não sabia de nadaaa???? Só falta ter ganho um triplex...

Matéria(s) relacionada(s):

PT lança duas só para marcar posição

edna sampaio curtinha   Mesmo sabendo da chance remotíssima de êxito nas urnas, o petismo se coloca à disputa majoritária em MT, com Edna Sampaio (foto) para governadora e com a ex-vereadora cuiabana Enelinda Scala ao Senado. Derrotada duas vezes à Reitoria da Unemat, Edna é esposa do ex-presidente do PT-MT,...

Taques cita voto para Alckmin e Leitão

pedro taques curtinha   O governador Taques (foto) disse em Rondonópolis, neste sábado, no encontro suprapartidário, que já decidiu dois votos para o pleito de outubro. Um será para Alckmin para presidente da República e o outro voto para Nilson Leitão ao Senado. Ambos são do seu partido, o...

Zaeli pega carona em ato pró-Taques

rodrigo da zaeli curtinha rondonopolis   Cerca de 300 pessoas foram à sede do sindicato dos Trabalhadores Rurais de Rondonópolis, neste sábado, para acompanhar o 2º encontro suprapartidário em que a principal "estrela" foi o governador Taques, que busca um novo mandato pelo PSDB. Mas o nome mais gritado efusivamente...

Filho de senador é sugerido para vice

toco palma   Em reunião na sexta à noite do pré-candidato a governador, empresário Reinaldo Moraes (PSC), com representantes da Frentinha, bloco de 9 pequenos partidos, o PHS sugeriu para vice da chapa o nome do advogado Toco Palma (foto), filho do hoje senador Rodrigues Palma (PR). O próprio Toco, que presidiu a...

Dorner de vice para bancar campanha

roberto dorner curtinha   Aos 70 anos, o catarinense de Bom Retiro, Roberto Dorner (foto), que desistiu de concorrer a deputado federal, é lembrado como opção para vice-governador na chapa de Pedro Taques muito mais pelo dinheiro do que pelo capital político. Trata-se de um empresário que costuma investir...

Sem Frentinha e Judiciário anti-Selma

selma arruda curtinha   Selma Arruda, pré-candidata ao Senado pelo PSL, enfrenta resistência de partidos da chamada Frentinha e também de uma ala do Judiciário, incluindo membros do Ministério Público. No caso dos líderes da Frentinha - Podemos, Avante, PSC, Pros, PRP, DC (ex-PSDC), PMN e PHS -, que...

CPI investiga ex-prefeito e vereador

gilberto figueiredo curtinhas   O ex-prefeito de Cuiabá Mauro Mendes (DEM), que está numa pré-campanha um tanto tranquila rumo ao governo estadual, começa a ter dor de cabeça por causa da aprovação, pela Câmara Municipal da Capital, de uma CPI com vistas a apurar o que se chama de "obras...

Leitão e Taques e jogo de desconfiança

nilson leitao curtinhas   Em público, Nilson Leitão (foto), que tenta se viabilizar como candidato ao Senado, jura que a relação política é harmônica com o Palácio Paiaguás mas, em privado, reclama de boicote. Mas ele próprio não procura se articular "pra dentro". Vive mais...

Presidente Vidal quer voto consciente

marcio vidal tre curtinha   O presidente do TRE Márcio Vidal se mostra tranquilo com a estrutura e orçamento do tribunal para tocar as eleições, mas está preocupado com a qualidade do voto do mato-grossense. Determinou a realização de 6 audiências, entre 20 de julho e 24 de agosto, para discutir...

MAIS LIDAS