Judiciário

Quarta-Feira, 16 de Maio de 2018, 18h:08 | Atualizado: 17/05/2018, 14h:50

BERERÉ E BÔNUS

MPE denuncia 7 deputados, Silval e Paulo Taques por propina de R$ 30 mi no Detran

Da AL foram denunciados o presidente Eduardo Botelho e mandatários Mauro Savi, José Domingos Fraga, Wilson Santos, José Joaquim Filho, o Baiano Filho, Ondanir Bortolini, o Nininho, e ainda Romoaldo Júnior

Gilberto Leite

Silval Barbosa

Ex-governador Silval Barbosa está os denunciados na Operação Bereré/Bônus junto a mais 7 deputados estaduais

O Ministério Público de Mato Grosso ofereceu denúncia criminal relativa às Operações Bereré e Bônus contra 58 pessoas.

Entre os denunciados estão 7 deputados estaduais, o ex-governador Silval Barbosa, o ex-deputado federal Pedro Henry, o ex-chefe da Casa Civil, Paulo Taques; o ex-presidente do Detran, Teodoro Moreira Lopes, o Dóia e o ex-chefe de gabinete do Poder Executivo, Sílvio Cézar Correia de Araújo. 

Da Assembleia foram denunciados: o presidente Eduardo Botelho e os deputados Mauro Savi, José Domingos Fraga, Wilson Santos, José Joaquim de Souza Filho, o Baiano Filho, Ondanir Bortolini, o Nininho, e Romoaldo Júnior.

O grupo inclui, ainda, parentes dos gestores denunciados e empresários. Além de responderem por constituição de organização criminosa, aos denunciados foram imputados os crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e fraude em licitação. Na denúncia, foram apresentados 37 fatos ocorridos entre os anos de 2009 a 2016.

De acordo com o MPE, os fatos vieram à tona a partir de colaborações premiadas de Dóia, indicação de Savi; e com os sócios proprietários da empresa FDL, atualmente EIG Mercados. O esquema girou em torno da contratação da empresa responsável pela execução das atividades de registros junto ao Detran dos contratos de financiamentos de veículos com cláusula de alienação fiduciária, de arrendamento mercantil e de compra e venda com reserva de domínio ou de penhor. Na ocasião, para obter êxito na contratação, a empresa se comprometeu a repassar parte dos valores recebidos com os contratos para pagamento de campanhas eleitorais.

De início, o o ex-governador e Savi teriam recebido, cada um deles, R$ 750 mil. Com a continuidade das fraudes, mais propinas foram repassadas e outras beneficiadas. Estima-se, que foram pagos cerca de R$ 30 milhões em propinas. A denúncia aponta para três vertentes diversas de análises: movimentações bancárias entre os denunciados, entre denunciados com terceiros, apenas entre terceiros e entre os denunciados e servidores da Assembleia. Todas as transações foram comprovadas na denúncia.

A organização, conforme o MPE, era composta por três núcleos: Liderança (Savi, Botelho, Silval, Pedro Henry, Dóia e Paulo Taques, cada um em épocas diferentes); e os de Operação e Subalterno.

Na denúncia, feita nesta quarta, por meio do Núcleo de Ações de Competência Originária (Naco) e Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), os promotores de Justiça informam ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso que inquéritos complementares já foram instaurados para apurar o envolvimento de outras pessoas e de outros fatos criminosos. (Com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • JOSE MARQUES BRAGA | Quinta-Feira, 17 de Maio de 2018, 11h48
    0
    0

    O MECANISMO É O MESMO PARA OS GOVERNOS QUE PASSAM PELOS MANDATOS. Não adianta mudar os nomes e manter o sistema viciado, VOTAR EM GOVERNO HONESTO e em Deputados corruptos é o mesmo que ensacar água em saco de pano. Enquanto eleitor exigir Governo honesto e ao mesmo tempo exigir favores pessoais para votar também não mudará pois, assim somente ganham os corruptos que exigem do executivo para votar os projetos o chamado MENSALÃO. O MODELO GOVERNO DE COALIZÃO com a doença da corrupção não funcionará. Coalização é a mesma coisa de Cooptação fisiológica, pecuniária e mercadológica. São os "competentes empresários nos seus balcão de negócios".

  • otavio barra do garças | Quinta-Feira, 17 de Maio de 2018, 09h16
    4
    0

    SO PODRE ESSES DEPUTADOS DENUNCIADOS ELEITOR PRESTE ATENÇAO EM OUTUBRO FORA COM ESSA CAMBADA !!!!

  • Jose Dias Nascimento Santos | Quinta-Feira, 17 de Maio de 2018, 06h37
    7
    0

    A organização, conforme o MPE, era composta por três núcleos: Liderança (Savi, Botelho, Silval, Pedro Henry, Dóia e Paulo Taques, cada um em épocas diferentes); e os de Operação e Subalterno. O GAECO o MPE devem pedir o afastamento do Dep Botelho da presidência da Assembleia, réu confesso, até que ele prove que não tem envolvimento com a Bereré com o desvio do DETRAN.

  • Cuiabano | Quinta-Feira, 17 de Maio de 2018, 00h12
    4
    0

    Está constatado. Esse governo do Pedro superou o do Silval na roubalheira. Inventou de criar um tal de CIRA pra pegar ex-servidores do governo Silval, e não parava de falar do passado, mas não olhou pro próprio rabo. Toma. Bem feito. Rindo até 2030.

  • Bruno | Quarta-Feira, 16 de Maio de 2018, 20h40
    9
    0

    Votei em Pedro Taques, mas alguém cercado por Wilson Santos (réu acusado do desvio de 42 milhões do Rodoanel), Botelho, Mauro Savi, Guilherme Maluf, Baiano Filho e Nininho (acusados pelos desvios de 30 milhões do Detran), Gilmar Fabris (flagrado com a mala de dinheiro e depois fugindo de pijama da PF), com inúmeros secretários presos, ex-secretário de Justiça (grampos ilegais), ex-secretário de Educação (por desvios de 54 milhões em coautoria com o ex-coordenador de campanha do Pedro Taques, Alan Maluf), ex-secretário de Segurança Pública, ex-comandante da PM. Sendo que seu primo e homem de confiança é réu pelo esquema de escutas ilegais e agora pelos desvios no Detran. Sinceramente ALGUÉM AINDA ACREDITA NESSE TAQUES?????? Não sabia de nadaaa???? Só falta ter ganho um triplex...

Matéria(s) relacionada(s):

Desorganização e Arena sem energia

Pegou muito mal para a diretoria do Cuiabá e à administração da Arena Pantanal, sob custódia do governo estadual, a queda parcial de energia e a demora para o seu restabelecimento, comprometendo a sequência da final do Brasileirão da Série C entre o time do Cuiabá e do paranaense Operário, neste sábado à noite. A partida ficou interrompida por 1h20min por causa da queda de uma das três fases que alimentam o...

2 ex-prefeitos reforçam Neri à Câmara

marino franz curtinha   Apontado nos bastidores como um dos futuros deputados federais, inclusive com perspectiva de superar a 100 mil votos, Neri Geller continua agregando apoios em diferentes regiões. Nesta sexta, a 16 dias para as eleições, dois ex-prefeitos fizeram questão de gravar pronunciamento para...

Mendes vai reunir mais de 70 prefeitos

mauro mendes cuiaba curtinhas   Líder nas pesquisas na corrida ao Paiaguás, Mauro Mendes (DEM) vai falar a um grupo de mais de 70 prefeitos, no encontro que a coordenação de sua campanha está organizando para a próxima terça (25), às 9 horas, no Delmond Hotel, em Cuiabá. Vão estar...

Expectativa e aval de Malta e Romário

jose medeiros curtinha   O senador José Medeiros (Podemos), que ganhou projeção nacional pela coragem de combater o chamado petismo, se opondo de forma dura aos governos Lula e Dilma, caminha para ser uma das surpresas das urnas no Estado. Ele concorre a deputado federal. E pontua bem nas pesquisas de intenção de...

Sachetti e Maria Lúcia de fora da TCVA

adilton sachetti curtinha   Os candidatos ao Senado, Adilton Sachetti (foto), do PRB, e Maria Lúcia (PC do B) não vão participar da rodada de entrevistas da próxima semana da TV Centro América, afiliada da Globo. A direção da emissora já tinha informado aos assessores dos candidatos a senador...

3 perdem posições no Ibope ao Senado

procurador mauro curtinha   Três candidatos que apareceram entre os primeiros colocados para a senatória, no Ibope de agosto, perderam posições nas intenções de voto. Dois despencaram. O procurador Mauro (foto), do Psol, e Maria Lúcia (PC do B) perderam 7 pontos percentuais cada. O candidato do Psol...

Fávaro já disputa a 2ª vaga com mais 2

carlos favaro curtinha   A 2ª rodada da pesquisa Ibope para o Senado mostra um novo cenário 30 dias depois do primeiro resultado. Traz Jayme na liderança disparada, embora tenha oscilado negativamente de 34% para 32%. O tucano Nilson Leitão manteve-se estável nos 16%, já em 2º lugar, embora dentro da...

Taques oscila pra baixo e WF o alcança

pedro taques curtinha   O resultado da 2ª pesquisa Ibope, divulgado nesta 5ª à noite, caiu como balde de água fria na cabeça do governador Taques (PSDB). Em um mês, o tucano oscilou negativamente nas intenções de voto, de 22% para 20%, e foi alcançado pelo senador Wellington (PR), que no...

Os 5 candidatos e debate ao vivo hoje

Pela segunda vez neste pleito, os 5 candidatos a governador voltam a se encontrar, desta vez nesta quinta, às 20h, no debate promovido pela OAB/MT, numa parceria com a TV Assembleia. O Rdnews vai transmitir o debate ao vivo, com template das imagens disponível na capa do portal - nesse caso, basta clicar no botão volume para abrir o áudio. Até agora, Mendes, Taques, Wellington, Arthur e Moisés só tiveram juntos no confronto eleitoral da TV Vila...