Judiciário

Quarta-Feira, 13 de Setembro de 2017, 09h:35 | Atualizado: 13/09/2017, 16h:19

Por unanimidade, STF absolve Ezequiel de fraude a licitação e formação de quadrilha

Por unanimidade, a Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) absolveu o deputado federal Ezequiel Fonseca (PP) das acusações de formação de quadrilha e fraude em licitação, previstos no artigo 288 do Código Penal (CP), e no artigo 90 da Lei 8.666/1993, respectivamente.

Gilberto Leite

ezequiel fonseca_gilberto leite (2).JPG

Deputado Ezequiel Fonseca é absolvido de acusações de formação de quadrilha

Em outra acusação, pelos mesmos delitos, o colegiado decretou a prescrição da pretensão punitiva. No julgamento da Ação Penal (AP) 941, prevaleceu o voto do relator, ministro Alexandre de Moraes, que acolheu a manifestação da Procuradoria-Geral da República, no sentido de que não foram encontradas provas suficientes para a condenação.

As acusações são referentes ao período em que Ezequiel era prefeito de Reserva do Cabaçal. De acordo com a denúncia, o então prefeito juntamente com três corréus, teria fraudado licitação para a aquisição de uma unidade móvel de saúde para o município. Os fatos estão inseridos no contexto da chamada Máfia dos Sanguessugas, uma “complexa organização criminosa especializada na apropriação de recursos públicos preponderantemente originários de emendas parlamentares direcionadas à saúde, mediante superfaturamento de preços, inexecução parcial dos ajustes e manipulação de licitações para aquisição de unidades móveis de saúde em diversos municípios brasileiros”.

A denúncia foi formulada pelo Ministério Público Federal de Mato Grosso e aceita pela Justiça Federal em 28 de abril de 2008. Com a diplomação de Ezequiel como deputado federal, o caso passou a tramitar no STF.

Nas alegações finais, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu a decretação de prescrição da primeira acusação, pois o crime de quadrilha ou bando, como tipificado à época dos fatos, possui pena máxima de três anos de reclusão. Já o crime de fraude em licitações, por sua vez, possui pena máxima de quatro anos, ocorrendo a prescrição quanto a ambos os delitos no prazo de oito anos, já transcorrido desde a data de recebimento da denúncia, único marco interruptivo havido até o momento.

Em relação ao aditamento da denúncia em período subsequente por outros delitos semelhantes que ainda não prescreveram, o procurador-geral afirmou que “com os elementos de prova angariados nos autos não se alcançou grau de certeza suficiente a amparar pedido de condenação do réu”. E quanto ao delito de formação de quadrilha, aqueles partícipes que fariam parte da organização foram absolvidos no juízo de primeira instância, observou o relator. (Com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Paulo | Sexta-Feira, 15 de Setembro de 2017, 07h46
    0
    0

    Nenhum comentário????? engraçado, se tivesse condenado certamente teria pelo menos 10. Daí dá pra ver a coerência do povo.

Matéria(s) relacionada(s):

Controladores de ROO e o baixo salário

Em Rondonópolis, o prefeito Zé do Pátio foi obrigado, por decisão judicial, a empossar controladores internos do Município. Mas, depois, simplesmente "lavou as mãos". Os controladores têm, entre outras atribuições, a missão de proteger o patrimônio, fiscalizar e combater a corrupção. A atuação é equiparada ao do trabalho desenvolvido pela CGU. O problema é que esses profissionais...

Prefeitos empurram pré-candidatura

neurilan fraga curtinha   Neurilan Fraga (PSD) tem recebido incentivo de prefeitos, os quais representa como presidente da AMM, para ser candidato. Em princípio, seu nome era citado como opção à Câmara Federal. Mas agora pode entrar no páreo para deputado estadual. Abriu-se essa brecha por causa da...

Lutava pra sair e agora luta pra entrar

antonio joaquim curtinha   Antonio Joaquim enfrenta um drama pessoal e um embate jurídico um tanto curioso. Lutava para sair e agora luta para entrar no TCE-MT. Até semana passada, antes da operação Malebolge, Joaquim dizia que já havia dado sua contribuição no tribunal e que, após 17 anos de...

Perri, apoio e decisão com o "fígado"

rogers detran curtinhas   A decisão de Orlando Perri de afastar Rogers (foto) do comando da Segurança e ainda impor a este tornozeleira eletrônica causou muitos debates internos, especialmente depois da reação dura do governador Taques. De um lado, os colegas de Pleno prestaram solidariedade a Perri e...

Secretário destrava 10 obras da Copa

wilson_santos No cargo se secretário de Cidades há quase 9 meses, Wilson Santos (PSDB), em visita à sede do Rdnews, comemora o fato de ter conseguido destravar 10 obras da Copa de 2014. Admite que ainda restam pelo menos mais 4 para retomar, o que deve ocorrer no próximo ano, além do VLT. O reinício das obras do...

Desembargador denunciado no CNJ

orlando perri   Orlando Perri (foto) vai ser representado no CNJ. Quem o denunciará será Pedro Taques. O  governador se mostra revoltado com a decisão do desembargador de, mesmo com parecer contrário do MPE, mandou afastar Rogers do cargo de secretário de Segurança e ainda determinou que este use...

Taques define Perri como juiz acusador

pedro taques curtinha   Pedro Taques (foto) reagiu de forma dura e enérgica à decisão cautelar do desembargador Perri, que determinou afastamento de Rogers do comando da Segurança e ainda o impôs tornozeleira eletrônica, por entender que este usou o cargo para tentar obter documentos sigilosos ou...

Diretoria recebe apoio de servidores

luiz_henrique_curtinha O Sindicato dos Trabalhadores do TCE e a Associação dos Aposentados e Pensionistas do Tribunal emitiram nota de apoio à nova gestão do órgão fiscalizador, alterada por força de decisão judicial. O apoio acontece 6 dias após o STF afastar 5 membros do Pleno, acusados em...

Incompetência e os voos cancelados

z� do patio curtinha   O prefeito Zé do Pátio, de Rondonópolis, é tão incompetente que não consegue manter regularizados pagamentos para funcionamento do aeroporto municipal Maestro Marinho Franco. Para se ter ideia, há 9 meses a prefeitura não paga dois bombeiros militares...