Judiciário

Quarta-Feira, 13 de Setembro de 2017, 08h:43 | Atualizado: 13/09/2017, 08h:52

Réus na criminal, alvos da Rêmora vão ser investigados agora por danos ao erário

Marcus Batista

Giovani Belatto Guizardi remora.jpg 4.jpg

 Na esfera criminal, Geovani Guizardi é principal operador do esquema 

O Ministério Público Estadual (MPE) determinou a abertura de inquérito para apurar suposta prática de crimes de improbidade administrativa dos investigados na Operação Rêmora, na esfera cível. A portaria que instaurou a investigação é do promotor Henrique Schneider Neto.

Mais de 24 pessoas, entre servidores públicos e empresários, foram denunciadas pelo Gaeco. Na esfera criminal, já respondem pelos crimes de constituição de organização criminosa, formação de cartel, corrupção passiva e fraude a licitação.

A operação investiga suposta fraude a licitações e cobrança de propina de empresários que mantinham contrato com a secretaria de Estado de Educação (Seduc). Entre os principais alvos estão o ex-secretário da pasta, Permínio Pinto, os ex-servidores Fábio Frigeri, Wander Luiz dos Reis e Moises Dias da Silva, e os empresários Giovani Guizardi e Alan Malouf.

A nova investigação, instaurada em 29 de agosto, tem período de duração de um ano.

Denúncia na criminal

Conforme a denúncia na esfera criminal, a estrutura da organização criminosa era composta por 3 núcleos: de agentes públicos, operações e empreiteiros, sendo este último liderado por Luiz Fernando da Costa Rondon, Leonardo Guimarães Rodrigues e Esper Haddad Neto. O principal operador do esquema criminoso, segundo o Gaeco, era Guizardi.

Cabia a ele atuar na obtenção de informações privilegiadas na Seduc, bem como na solicitação de vantagem indevida aos empreiteiros, que tinham contratos na referida secretaria. Provas produzidas nos autos demonstram, ainda, que ele possuía grande poder de influência na pasta.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • deovaldo | Quarta-Feira, 13 de Setembro de 2017, 13h23
    1
    0

    Isso acontece e só tem dois caminhos, cadeia e morte...o fim sempre é o mesmo

Matéria(s) relacionada(s):

Controladores de ROO e o baixo salário

Em Rondonópolis, o prefeito Zé do Pátio foi obrigado, por decisão judicial, a empossar controladores internos do Município. Mas, depois, simplesmente "lavou as mãos". Os controladores têm, entre outras atribuições, a missão de proteger o patrimônio, fiscalizar e combater a corrupção. A atuação é equiparada ao do trabalho desenvolvido pela CGU. O problema é que esses profissionais...

Prefeitos empurram pré-candidatura

neurilan fraga curtinha   Neurilan Fraga (PSD) tem recebido incentivo de prefeitos, os quais representa como presidente da AMM, para ser candidato. Em princípio, seu nome era citado como opção à Câmara Federal. Mas agora pode entrar no páreo para deputado estadual. Abriu-se essa brecha por causa da...

Lutava pra sair e agora luta pra entrar

antonio joaquim curtinha   Antonio Joaquim enfrenta um drama pessoal e um embate jurídico um tanto curioso. Lutava para sair e agora luta para entrar no TCE-MT. Até semana passada, antes da operação Malebolge, Joaquim dizia que já havia dado sua contribuição no tribunal e que, após 17 anos de...

Perri, apoio e decisão com o "fígado"

rogers detran curtinhas   A decisão de Orlando Perri de afastar Rogers (foto) do comando da Segurança e ainda impor a este tornozeleira eletrônica causou muitos debates internos, especialmente depois da reação dura do governador Taques. De um lado, os colegas de Pleno prestaram solidariedade a Perri e...

Secretário destrava 10 obras da Copa

wilson_santos No cargo se secretário de Cidades há quase 9 meses, Wilson Santos (PSDB), em visita à sede do Rdnews, comemora o fato de ter conseguido destravar 10 obras da Copa de 2014. Admite que ainda restam pelo menos mais 4 para retomar, o que deve ocorrer no próximo ano, além do VLT. O reinício das obras do...

Desembargador denunciado no CNJ

orlando perri   Orlando Perri (foto) vai ser representado no CNJ. Quem o denunciará será Pedro Taques. O  governador se mostra revoltado com a decisão do desembargador de, mesmo com parecer contrário do MPE, mandou afastar Rogers do cargo de secretário de Segurança e ainda determinou que este use...

Taques define Perri como juiz acusador

pedro taques curtinha   Pedro Taques (foto) reagiu de forma dura e enérgica à decisão cautelar do desembargador Perri, que determinou afastamento de Rogers do comando da Segurança e ainda o impôs tornozeleira eletrônica, por entender que este usou o cargo para tentar obter documentos sigilosos ou...

Diretoria recebe apoio de servidores

luiz_henrique_curtinha O Sindicato dos Trabalhadores do TCE e a Associação dos Aposentados e Pensionistas do Tribunal emitiram nota de apoio à nova gestão do órgão fiscalizador, alterada por força de decisão judicial. O apoio acontece 6 dias após o STF afastar 5 membros do Pleno, acusados em...

Incompetência e os voos cancelados

z� do patio curtinha   O prefeito Zé do Pátio, de Rondonópolis, é tão incompetente que não consegue manter regularizados pagamentos para funcionamento do aeroporto municipal Maestro Marinho Franco. Para se ter ideia, há 9 meses a prefeitura não paga dois bombeiros militares...