Judiciário

Quinta-Feira, 12 de Outubro de 2017, 11h:20 | Atualizado: 12/10/2017, 12h:53

3ª Câmara Criminal

TJ vê medida desnecessária e desobriga tenente Ledur do uso de tornozeleira

Gilberto Leite

Izadora ledur

Tenente Izadora Ledur é ré em ação penal pelo crime de tortura contra o aluno Rodrigo Claro

A 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ-MT) determinou a retirada da tornozeleira eletrônica da tenente do Corpo de Bombeiros, Izadora Ledur. A decisão foi proferida na sessão realizada na tarde desta quarta (11).

Ela é ré em ação penal pelo crime de tortura contra o aluno Rodrigo Claro, mas responde em liberdade. O monitoramento eletrônico havia sido determinado pela juíza Selma Arruda, da 7ª Vara Criminal, quando recebeu a denúncia do Ministério Público Estadual (MPE) e negou o pedido de prisão preventiva da tenente.

Além do fim do monitoramento, o TJ também revogou a suspensão do exercício da função pública. De acordo com o advogado de Izadora, Huendel Rolim, a decisão foi motivada pela ausência da necessidade de manutenção das cautelares. “O TJMT entendeu que eram desnecessárias e não tinham motivação para continuar”.

A retirada da tornozeleira só deve ocorrer após o feriado de Nossa Senhora Aparecida.

Caso

O fato aconteceu em 10 de novembro de 2016 durante o treinamento de atividades aquáticas em ambiente natural do 16º curso de formação de soldado bombeiro realizado na Lagoa Trevisan, em Cuiabá.

De acordo com a denúncia, apesar de apresentar excelente condicionamento físico, Rodrigo demonstrou dificuldades para desenvolver atividades, como flutuação, nado livre, entre outros exercícios. E, embora o problema tenha chamado a atenção de todos, os responsáveis pelo treinamento não só ignoraram a situação como utilizaram-se de métodos totalmente reprováveis, tanto pela corporação militar, quanto pela sociedade civil, para “castigar” os alunos que estavam sob a guarda.

O MPE destaca que os depoimentos colhidos demonstram que a vítima foi submetida a intenso sofrimento físico e mental com uso de violência. A atitude teria sido a forma utilizada pela tenente Ledur para punir Rodrigo por ele ter apresentado mau desempenho nas atividades dentro da água.

Acrescenta, ainda, que os outros bombeiros presentes no treinamento e também denunciados, mesmo observando as práticas delitivas cometidas pela tenente, quando tinham o dever legal de evitá-las, omitiram socorro a Rodrigo, consentindo assim com a atitude criminosa da denunciada.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • alexandre | Sábado, 14 de Outubro de 2017, 06h31
    0
    0

    Reforma do judiciário, que beneficia a impunidade.

  • Osama | Sexta-Feira, 13 de Outubro de 2017, 20h10
    0
    0

    Osama, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • AUREMÁCIO CARVALHO | Sexta-Feira, 13 de Outubro de 2017, 15h57
    2
    0

    ELA É OFICIAL, E COMO O SUPREMO DECIDIU PARA OS POLÍTICOS, A LEI NEM SEMPRE É IGUAL PARA TODOS; ALGUNS SÃO ESPECIAIS... E SE FOSSE UM SOLDADO RASO, ACONTECERIA A MESMA COISA?

  • Caceres | Sexta-Feira, 13 de Outubro de 2017, 15h43
    2
    1

    Está medida do TJ também deveria tirar o Rodrigo Claro de onde ele está e trazer de volta ao convívio da família. Tudo corrompido.

  • Paulo Ricardo | Quinta-Feira, 12 de Outubro de 2017, 18h48
    2
    0

    Gostaria de saber se essa Tenete tivesse um filho e acontecesse o mesmo com ele, o que ela faria, pelo que mostra ser muito autoritária, o problema das situações é que as pessoas nao se colocam uma no lugar das outras, e quando se trata de poder e hierarquia o que importa é quem está no topo, o resto sempre será resto.

  • Critico | Quinta-Feira, 12 de Outubro de 2017, 15h35
    1
    0

    Dois pesos, duas medidas.

Matéria(s) relacionada(s):

Derrota aos Viana e novo grupo político

leo bortolini curtinha   Léo Bortolini (foto), prefeito peemedebista interino, "enterrou" de vez o grupo dos Viana, ao vencer a vereadora Carmen Betti (PSC) neste domingo com 69% dos votos válidos, na eleição suplementar em Primavera do Leste. O peemedebista segue no comando do Executivo até 2020. Léo...

Adin para garantir 15% aos fazendários

rogerio gallo curtinha   Com a folha de pessoal "estourada", superando o limite prudencial da lei fiscal, o governo do Estado deveria agradecer ao TCE que, sob medida cautelar, suspendeu o reajuste de 15% concedido pelo Executivo aos agentes fazendários ao longo dos próximos dois anos, além de verba indenizatória...

Plano de se afastar para ser candidato

jayme campos curtinhas   Jayme Campos, hoje principal referência do DEM no Estado, revelou neste domingo que está decidido a se desincompatibilizar do cargo de secretário de Assuntos Estratégicos de Várzea Grande para "costurar" candidatura majoritária, seja ao Senado, seja para governador. A saída do...

Governo Taques avança na Segurança

gustavo garcia curtinha   A área de Segurança Pública, hoje sob Gustavo Garcia Francisco (foto), foi apontada pelo governador Taques como prioritária desde o início da gestão. Nos dois primeiros anos (2015 e 2016), aumentou o contingente policial, armamentos, serviços de inteligência e...

Empenho e solidariedade às famílias

pedro taques curtinha   O governador Taques acompanhou pessoalmente a operação policial na madrugada deste sábado, que resultou no "estouro" do cativeiro, na prisão dos assaltantes e na liberdade da empresária Milene Falcão Eubank, mantida refém por 13 horas. O secretário de Segurança,...

Estado perde seu único time na Série B

helmute fmf   Após quatro anos consecutivos na Série B, algo inédito na história de um time mato-grossense que não tinha representante desde 1994, o Luverdense foi rebaixado à Terceira Divisão. Precisava vencer para ter chance de seguir na Segundona, mas empatou nesta sexta, em 0 a 0, com o Guarani....

Taques ignora pressão e elogia Soares

luiz soares curtinha   Coube ao ex-prefeito cuiabano e apresentador do programa Resumo do Dia, Roberto França, tornar público o posicionamento do governador Taques quanto ao movimento de várias lideranças, especialmente de deputados, pela queda de Luis Soares da pasta da Saúde. No quadro "Bomba do Dia", apresentado...

Sintap defende servidores do Intermat

candido teles curtinha   O Sintap não defendeu Cândido Teles (DEM), presidente "inoperante" do Intermat que passou a usar a estrutura do órgão com pretensões eleitorais - é pré-candidato a deputado estadual, mas garante que, quanto aos servidores, estes são dedicados ao trabalho. Em nota, nega...

Pré-candidatura já ganha repercussão

mauro mendes artigo   A notícia revelada pelo Blog do Romilson de que Mauro Mendes, que deve se filiar ao DEM ou ao PR, está determinado a disputar o governo estadual e, sem alarde, começa a se distanciar de Taques, ganhou muita repercussão nos meios político e empresarial e no Palácio Paiaguás. Deu...

MAIS LIDAS