Legislativo

Segunda-Feira, 31 de Janeiro de 2011, 19h:45 | Atualizado: 01/02/2011, 07h:41

Articulação

Democrata pode assumir cargo na Mesa; PT cobra mais espaço

    O senador Jayme Campos (DEM) poderá ser eleito para a Mesa Diretora do Senado Federal nesta terça, 1º de fevereiro , quando tomam posse os 54 novos senadores e será escolhida a nova direção da Casa. O parlamentar mato-grossense está cotado para ocupar a segunda vice-presidência, mas seu nome também é lembrado para a terceira ou quarta secretaria. De certo mesmo é que ele é o indicado do Democratas para preencher a vaga, que deverá ser reservada ao partido na composição.

    Jayme já foi um dos secretários do Senado entre 2007 e 2008. Neste domingo (30) o senador Agripino Maia (DEM-PI) reforçou o nome dele perante os articuladores da nova Mesa Diretora. Maia conversou com o senador José Sarney (PMDB-AP), que, por sua vez, garantiu que o DEM terá uma vaga. Confirmado, o espaço será ocupado pelo ex-governador de Mato Grosso e ex-prefeito de Várzea Grande.

    A segunda vice-presidência era ocupada até esta segunda-feira (31) pela senadora Serys Marly (PT). Ela, que não conseguiu aval do partido para tentar a reeleição, ficou na primeira suplência de deputado federal, mas não há indícios de que possa assumir uma vaga neste ano.

   Apesar de toda a costura política até o momento para assegurar a vaga do DEM na Mesa Diretora, um fato novo pode melar as pretensões do partido. É que o PT, legenda com maior número de cadeiras no Senado, acenou que quer mais que a primeira vice-presidência, espaço já reservado para a senadora Marta Suplicy (SP). “Se o PT exigir mais um cargo na Mesa. o DEM corre o risco de ficar de fora”, disse um dos articuladores com exclusividade ao RDNews.

   O problema é que o DEM teve uma perda vertiginosa de cadeiras no Senado. O partido, que elegeu 18 senadores em 2007, conseguiu garantir apenas cinco para a próxima legislatura. Eram seis, mas com o falecimento de Elizeu Rezende (MG), se viu mais reduzido ainda. Dessa forma, fragilizado como está numericamente, o ex-PFL pode ser preterido. Por outro lado, há uma tradição na divisão de espaços na Mesa Diretora, esperança que o partido acalenta.

   A presidência do Senado ficará mesmo com José Sarney. Sua eleição é praticamente certa. Até agora não se apresentou nenhum nome de peso para contrapô-lo. O que se dispôs é o pouco conhecido Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), que se apresentou como candidato na tarde desta segunda, em entrevista coletiva concedida em seu gabinete.

   Randolfe tem 38 anos e é o senador mais jovem do Brasil. Ele foi um dos líderes caras-pintadas, que exigiram o impeachment do ex-presidente Fernando Collor. Duas curiosidades: o novo senador vai atuar junto com Collor, que hoje é também senador; Randolfe é do mesmo Estado pelo qual Sarney foi eleito.

   Sarney tem a seu favor o fato de tradicionalmente o partido com maior número de cadeiras lançar o candidato a presidente. O PMDB, que tem 20 senadores, está fechado com seu nome. Já o PT, que tem 16 senadores, é a segunda maior bancada e, em tese, poderia escolher o segundo cargo mais importante: a primeira secretaria. Até agora o partido vinha declinando e se contentando com a primeira vice-presidência. Esta semana, no entanto, tem demonstrado que quer mais e pode requerer a primeira secretaria.

   Câmara

   Na Câmara dos Deputados, o comando deve mesmo ficar com o PT. O deputado Marco Maia (PT) é quase um consenso. Até semana passada era o único nome para dirigir a Casa. Até que surgiu o deputado Sandro Mabel (PR-GO), que não tem apoio nem de seu próprio partido. Maia deve ser eleito com pelo menos 400 dos 513 votos. Enquanto Mabel, além de perder a disputa, poderá ficar sem partido, já que está sendo ameaçado de expulsão caso insista na candidatura.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Jorge Mendonça Barros | Terça-Feira, 01 de Fevereiro de 2011, 08h22
    0
    0

    Jaime na mesa pra quê! Para acobertar os abusos do poder de Sarney nomeando namorado da neta, da sobrinha, etc., E aproveitando para fazer das suas, veja quem ele colocou lá se não são parentes e ex-empregados. Acorda povo.

  • Emílio | Segunda-Feira, 31 de Janeiro de 2011, 21h50
    0
    0

    Ele vai repetir Efraim Morais e envergonhar MT.

  • marcos | Segunda-Feira, 31 de Janeiro de 2011, 21h31
    0
    0

    ESSES CARAS DO DEMOCRATAS NÃO TEM PUDOR DE JEITO NENHUM... QUEREM O PODER DE QUALQUER JEITO...

Adin para garantir 15% aos fazendários

rogerio gallo curtinha   Com a folha de pessoal "estourada", superando o limite prudencial da lei fiscal, o governo do Estado deveria agradecer ao TCE que, sob medida cautelar, suspendeu o reajuste de 15% concedido pelo Executivo aos agentes fazendários ao longo dos próximos dois anos, além de verba indenizatória...

Plano de se afastar para ser candidato

jayme campos curtinhas   Jayme Campos, hoje principal referência do DEM no Estado, revelou neste domingo que está decidido a se desincompatibilizar do cargo de secretário de Assuntos Estratégicos de Várzea Grande para "costurar" candidatura majoritária, seja ao Senado, seja para governador. A saída do...

Governo Taques avança na Segurança

gustavo garcia curtinha   A área de Segurança Pública, hoje sob Gustavo Garcia Francisco (foto), foi apontada pelo governador Taques como prioritária desde o início da gestão. Nos dois primeiros anos (2015 e 2016), aumentou o contingente policial, armamentos, serviços de inteligência e...

Empenho e solidariedade às famílias

pedro taques curtinha   O governador Taques acompanhou pessoalmente a operação policial na madrugada deste sábado, que resultou no "estouro" do cativeiro, na prisão dos assaltantes e na liberdade da empresária Milene Falcão Eubank, mantida refém por 13 horas. O secretário de Segurança,...

Estado perde seu único time na Série B

helmute fmf   Após quatro anos consecutivos na Série B, algo inédito na história de um time mato-grossense que não tinha representante desde 1994, o Luverdense foi rebaixado à Terceira Divisão. Precisava vencer para ter chance de seguir na Segundona, mas empatou nesta sexta, em 0 a 0, com o Guarani....

Taques ignora pressão e elogia Soares

luiz soares curtinha   Coube ao ex-prefeito cuiabano e apresentador do programa Resumo do Dia, Roberto França, tornar público o posicionamento do governador Taques quanto ao movimento de várias lideranças, especialmente de deputados, pela queda de Luis Soares da pasta da Saúde. No quadro "Bomba do Dia", apresentado...

Sintap defende servidores do Intermat

candido teles curtinha   O Sintap não defendeu Cândido Teles (DEM), presidente "inoperante" do Intermat que passou a usar a estrutura do órgão com pretensões eleitorais - é pré-candidato a deputado estadual, mas garante que, quanto aos servidores, estes são dedicados ao trabalho. Em nota, nega...

Pré-candidatura já ganha repercussão

mauro mendes artigo   A notícia revelada pelo Blog do Romilson de que Mauro Mendes, que deve se filiar ao DEM ou ao PR, está determinado a disputar o governo estadual e, sem alarde, começa a se distanciar de Taques, ganhou muita repercussão nos meios político e empresarial e no Palácio Paiaguás. Deu...

Dificultando planos políticos de Taques

nilson leit�o curtinhas   Pedro Taques está na bronca com o deputado federal Nilson Leitão (foto) por entender que este busca atrapalhar seus planos políticos majoritários. É desejo do governador disputar a reeleição com dois aliados fortes no palanque como candidatos ao Senado,...