Legislativo

Quinta-Feira, 20 de Abril de 2017, 14h:28 | Atualizado: 20/04/2017, 14h:55

Senado

Medeiros vai compor CPI na missão de investigar rombos da Previdência

Assessoria

Jos� Medeiros

Medeiros acha importante que o país saiba a verdade sobre Previdência e diz que verdade virá à tona

O senador José Medeiros (PSD) vai fazer parte da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar as contas da Previdência. Ele foi indicado pelo Bloco Democracia Progressista para compor o colegiado que terá por missão esclarecer as receitas e as despesas, os desvios, desonerações, desvinculações e sonegações que envolvem o sistema previdenciário brasileiro. 

“É importante que o Brasil saiba a verdade sobre a Previdência. Estou pronto para participar dessa CPI. Mas, é preciso lembrar que foram 13 anos de desgoverno do Partido dos Trabalhadores. Eles tiveram inúmeras oportunidades de melhorar os caminhos do Brasil, mas preferiram tomar de assalto o país. Roubaram onde puderam, onde quiseram. Os governos Lula e Dilma deixaram um legado de corrupção e corruptores, que hoje estão presos na Lava-Jato. E não foi diferente na Previdência. Essa verdade virá à tona. Essa é a certeza que carrego e essa CPI vai mostrar isso”, afirmou. 

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), segundo dados do requerimento que cria a CPI da Previdência, paga atualmente 33,7 milhões de benefícios: 10,1 milhões de aposentadorias por idade; 3,2 milhões por invalidez; 5,7 milhões por tempo de contribuição; 7,5 milhões por pensão por morte; 1,5 milhão por auxílio-doença; 4,5 milhões de aposentadorias BPC (idosos e pessoas com deficiência carente); entre outros. São cerca de 24 milhões de aposentadorias urbanas e nove milhões de aposentadorias rurais. 

A Reforma da Previdência proposta pelo presidente Michel está em curso da Câmara dos Deputados e o relator na comissão especial, deputado Arthur Maia, apresentou na última quarta-feira seu parecer. Pela proposta, a idade mínima será progressiva para a aposentadoria de homens e mulheres. Começará em 53 anos para mulheres e 55 anos para homens e será elevada gradativamente para 62 anos, no caso de mulheres, e 65 anos, no caso de homens. Além de reduzir a idade mínima da aposentadoria para mulheres, foi criada uma nova regra de transição. Essa regra vale para todas as pessoas e será aplicada até 2036, para as mulheres, e até 2038, para os homens. 

José Medeiros lembrou que em 2003, o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva conseguiu que o Congresso Nacional aprovasse “uma tímida” Reforma da Previdência. A reforma de 2003 se fixou unicamente nas distorções do setor público: taxou servidores inativos, fixou idade mínima para a aposentadoria e estabeleceu teto para o benefício. 

“Lembro que Lula teve de enfrentar protestos violentos e greve de servidores. No dia da votação, houve tentativa de invasão do Congresso e confronto com a polícia. A ala mais radical do PT não se dobrou ao Planalto e os parlamentares rebeldes acabaram expulsos do partido e depois criaram o PSOL”, lembrou. 

Mensalão – O senador de Mato Grosso lembrou ainda que aquela Reforma da Previdência foi uma das grandes vitórias de Lula no Congresso. “Mas, logo depois, já em 2005, as máscaras foram caindo e o Brasil conheceu um dos maiores escândalos da história: o Mensalão. Ele conseguiu aprovar a reforma, que fez com que o sistema piorasse ainda mais, mas a vitória foi ganha da pior maneira possível: comprando parlamentares”, enfatizou. (Com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • denio | Sábado, 22 de Abril de 2017, 11h56
    0
    0

    tomara que ele não varra para debaixo do tapete a ora que encontrar as falcatruas dos seus aliados.

  • Honofre Junqueira | Quinta-Feira, 20 de Abril de 2017, 19h14
    1
    0

    Que venha a verdade à tona, o sr me representa senador . Quando visitou minha cidade conversei com vc e fiquei feliz em saber que pessoa tão simples nos representa

  • Márcia Lobato | Quinta-Feira, 20 de Abril de 2017, 19h02
    1
    0

    Sinto orgulho de ser representada pelo sr, Mato Grosso está orgulhoso de sua atuação no senado

  • Jeferson Maia | Quinta-Feira, 20 de Abril de 2017, 17h29
    1
    0

    Acompanho o senador sempre que posso é bom saber que está trabalhando pelo que é cert senador! O ar me representa !

  • Brasileiro Sofrido | Quinta-Feira, 20 de Abril de 2017, 16h47
    1
    0

    Esperamos que a faça justiça senador!

Matéria(s) relacionada(s):

Citando outros líderes para ter delação

cezar zilio   A demora na homologação da colaboração premiada de Silval junto ao Supremo se deve, entre outras coisas, ao entendimento da Corte de que líder de organização criminosa não pode delatar. E percebe-se que o ex-governador se esforça para não ser enquadrado como tal. Nos...

O silêncio de Silval sobre conselheiros

De volta nesta quarta à sala da juíza Selma Arruda, da 7ª Vara Criminal da Capital, Silval Barbosa foi perguntado sobre comentários do seu ex-secretário Pedro Nadaf de que dinheiro do Estado teria, em forma de propina, abastecido bolso de conselheiros do Tribunal de Contas do Estado. Em resposta, o ex-governador que comandou o Estado de março de 2010 a dezembro de 2014 se limitou a dizer que prefere não comentar sobre esse assunto. Selma...

Efeito-Silval e tensão no meio político

walace guimaraes vg   Réu em vários processos, cinco deles na 7ª Vara Criminal de Cuiabá (nas quatro fases da Sodoma e mais a Seven), o governador Silval Barbosa tem provocado muita tensão no meio político, inclusive entre figurões, a cada notícia de que prestará depoimento. De sua boca...

Ex-governador não compromete Faiad

francisco faiad   Silval revelou que o braço mais forte do seu esquema de corrupção na secretaria de Administração estava sob a tutela de Cézar Zílio que, mesmo deixando o cargo, continuou a fazer a coleta da propina paga por empresários para manter contratos com o Estado. Por outro lado,...

Silval temia governo paralelo de Riva

jose riva curtinha   Chamou atenção na oitiva de Silval, nesta segunda na 7ª Vara Criminal de Cuiabá, quando confessou que tinha se tornado "refém" da Assembleia, então comandada por José Riva (foto). O ex-governador revelou ter sido procurado por Riva, que queria trocar a Consignum, responsável...

Oitiva de Silval bastante "concorrida"

silval barbosa curtinha   O 1º depoimento de Silval pós-liberdade - ficou preso por praticamente dois anos -, está mais concorrido do que final de Copa do Mundo. Nesta segunda, o ex-governador deve confessar crimes investigados na operação Sodoma 2. Entre os réus desse processo estão o ex-presidente da...

Filho de prefeito e salário de R$ 2 mil

emanuel filho curtinha   O federal de terceiro mandato Valtenir Pereira confirma que, de fato, nomeou para o seu gabinete Emanuel Pinheiro da Silva Primo (foto), filho do prefeito cuiabano Emanuel. O jovem assessor ganha R$ 2,4 mil mensais. E nem precisa pisar os pés no gabinete do deputado em Brasília. Presta serviços em...

Ex-cunhado empregado no gabinete

marcelo bussiki curtinha   Dois ex-vereadores estão lotados hoje na Câmara de Cuiabá. Com salário superior a R$ 10 mil, Eronides Dias da Luz, o Nona, integra o quadro jurídico. Responde como secretário de Apoio Legislativo. Edmilson Prates, ex-vereador pelo PMDB entre 2001 e 2004, é chefe de gabinete...

Divulgar direitos de quem tem câncer

gilmar fabris   Se tornou lei em MT, desde a última quinta (13), sob a chancela do governador Taques, um projeto do deputado Gilmar Fabris (foto) que obriga os órgãos públicos a divulgar em sites oficiais na internet, de forma clara e de fácil acesso, todos os direitos das pessoas com neoplasia maligna...