Cuiabá, 23 de Março de 2017

Legislativo

A | A

Sexta-Feira, 06 de Janeiro de 2017, 11h:45 | Atualizado: 06/01/2017, 14h:03

Ministro visita Cuiabá e Barra para vistoriar a BR-163 e contorno viário

Assessoria

WF_MinisterioDosTransportes com senador wellington.JPG

Audiência do ministro dos Transportes Maurício Quintella e Wellington Fagundes

Durante audiência realizada entre o ministro dos Transportes, Maurício Quintella, o senador Wellington Fagundes (PR) e membros da diretoria do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) ficou acordado que o chefe da pasta deve vir a Mato Grosso vistoriar o andamento de algumas obras de infraestrutura e definir prazos para entrega.

O ministro atenderá pedido do senador e visita Cuiabá e Barra do Garças, além de trechos da duplicação da BR-163. “Nós, do ministério, estamos satisfeitos com o ritmo da obra na rodovia, onde já foram entregues trechos restaurados e duplicados. Acredito que, no mais tardar, até o início de fevereiro iremos a Mato Grosso para tomar algumas decisões e definir o cronograma de conclusão”, explicou Quintella.

Luiz Antônio Garcia, diretor de Infraestrutura Rodoviária do Dnit, acredita que a duplicação deverá ser concluída este ano. “A restauração do pavimento do trecho entre Jaciara e a Serra de São Vicente está para ser entregue e outros trechos estão com obras em pleno andamento. Acredito que vamos ter, em 2017, a entrega total deste empreendimento”, pontua.

O senador Wellington diz que as obras a serem vistoriadas são importantes para o Estado e população. “A duplicação da BR-163 e o contorno viário de Barra do Garças, duas importantes obras para todo o Estado, vão atender a população e facilitar o escoamento da produção agrícola, além de proporcionar mais segurança a todos”.

Contorno viário

Recentemente incluído no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), o contorno viário de Barra do Garças terá novo ritmo de obras este ano. Já estão empenhados R$ 110 milhões para a continuidade da construção deste empreendimento tão sonhado pela população.

“A obra está sob-responsabilidade do Dnit e tem recursos empenhados para a realização dela. O contorno é uma necessidade, visto que a região está em pleno desenvolvimento e o tráfego de veículos de cargas no centro de Barra do Garças e Aragarças (GO) é muito grande, trazendo grande transtorno à população”, argumenta Wellington.

A segunda etapa do contorno viária já foi lançada em 2016. A obra é orçada em R$ 75 milhões e aguarda por conclusão há 18 anos. (Com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia