Legislativo

Quarta-Feira, 11 de Janeiro de 2017, 17h:08 | Atualizado: 11/01/2017, 17h:21

Oscar não teme retaliação do MPE e afirma que a CPI não faz negociatas

JLSiqueira/AL

oscar_JLSiqueira.JPG

Deputado Oscar Bezerra (PSB) diz que não descarta a possibilidade de convocar o procurador-geral de Justiça Paulo Prado e o antecessor Marcelo Ferra para prestarem esclarecimentos à CPI do MPE

O deputado estadual Oscar Bezerra (PSB), que deve assumir nos próximos dias a presidência da CPI do MPE, criada para investigar supostas irregularidades na emissão e pagamento de cartas de crédito trabalhistas para procuradores e promotores de Justiça, não teme sofrer retaliação do órgão fiscalizador. “Cada um está cumprindo sua função. O Ministério Público tem prerrogativa de investigar o governo estadual, prefeituras e a própria Assembleia e está fazendo seu trabalho. Neste caso, cabe ao Parlamento investigar o MPE e vamos fazer isso com toda seriedade. Não existe nenhum tipo de negociata. Cada um faz o seu trabalho”, declarou. 

Oscar Bezerra não descarta a possibilidade de convocar o procurador-geral de Justiça Paulo Prado e o antecessor Marcelo Ferra para prestarem esclarecimentos. Entretanto, afirma que qualquer convocação deve ser aprovada pelos membros da CPI do MPE. 

“É natural que as pessoas, independente de quem seja,  que cometeram qualquer ato ilícito, seja investigadas. O Colegiado vai definir as  oitivas de pessoas citadas nos depoimentos”, completou o socialista. 

Com o andamento dos trabalhos, a investigação da CPI do MPE  foi ampliada para apurar a existência de problemas  no controle interno, pagamento da Parcela Autônoma de Equivalência (PAE), além de pagamentos indevidos de verbas salariais e indenizatórias aos membros da instituição. Oscar Bezerra foi favorável à ampliação. 

“Votei pela ampliação da investigação porque depoimentos apontaram novas irregularidades. Vamos investigar qualquer beneficio que possa ter  problemas”, concluiu. 

Instalada em novembro de 2015, a CPI do MPE iniciou os trabalhos somente em fevereiro do ano passado e paralisou as atividades durante o processo eleitoral. O encerramento estava previsto para o último dia 30 de novembro, mas as investigações foram prorrogadas por mais 180 dias e entrarão 2017 adentro. A comissão, que será presidida por Oscar Bezerra, tem Leonardo Albuquerque (PSD) como relator.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • wilson t | Quinta-Feira, 12 de Janeiro de 2017, 10h49
    0
    0

    Oi?! Como assim? A Luciane Bezerra esta nos autos da Sodoma 3 que recebeu propina de 700 mil e nada apareceu e ele nao seria suspeito em estar na cpi do mp? negociata?uhm..... sei não

Matéria(s) relacionada(s):

Adin para garantir 15% aos fazendários

rogerio gallo curtinha   Com a folha de pessoal "estourada", superando o limite prudencial da lei fiscal, o governo do Estado deveria agradecer ao TCE que, sob medida cautelar, suspendeu o reajuste de 15% concedido pelo Executivo aos agentes fazendários ao longo dos próximos dois anos, além de verba indenizatória...

Plano de se afastar para ser candidato

jayme campos curtinhas   Jayme Campos, hoje principal referência do DEM no Estado, revelou neste domingo que está decidido a se desincompatibilizar do cargo de secretário de Assuntos Estratégicos de Várzea Grande para "costurar" candidatura majoritária, seja ao Senado, seja para governador. A saída do...

Governo Taques avança na Segurança

gustavo garcia curtinha   A área de Segurança Pública, hoje sob Gustavo Garcia Francisco (foto), foi apontada pelo governador Taques como prioritária desde o início da gestão. Nos dois primeiros anos (2015 e 2016), aumentou o contingente policial, armamentos, serviços de inteligência e...

Empenho e solidariedade às famílias

pedro taques curtinha   O governador Taques acompanhou pessoalmente a operação policial na madrugada deste sábado, que resultou no "estouro" do cativeiro, na prisão dos assaltantes e na liberdade da empresária Milene Falcão Eubank, mantida refém por 13 horas. O secretário de Segurança,...

Estado perde seu único time na Série B

helmute fmf   Após quatro anos consecutivos na Série B, algo inédito na história de um time mato-grossense que não tinha representante desde 1994, o Luverdense foi rebaixado à Terceira Divisão. Precisava vencer para ter chance de seguir na Segundona, mas empatou nesta sexta, em 0 a 0, com o Guarani....

Taques ignora pressão e elogia Soares

luiz soares curtinha   Coube ao ex-prefeito cuiabano e apresentador do programa Resumo do Dia, Roberto França, tornar público o posicionamento do governador Taques quanto ao movimento de várias lideranças, especialmente de deputados, pela queda de Luis Soares da pasta da Saúde. No quadro "Bomba do Dia", apresentado...

Sintap defende servidores do Intermat

candido teles curtinha   O Sintap não defendeu Cândido Teles (DEM), presidente "inoperante" do Intermat que passou a usar a estrutura do órgão com pretensões eleitorais - é pré-candidato a deputado estadual, mas garante que, quanto aos servidores, estes são dedicados ao trabalho. Em nota, nega...

Pré-candidatura já ganha repercussão

mauro mendes artigo   A notícia revelada pelo Blog do Romilson de que Mauro Mendes, que deve se filiar ao DEM ou ao PR, está determinado a disputar o governo estadual e, sem alarde, começa a se distanciar de Taques, ganhou muita repercussão nos meios político e empresarial e no Palácio Paiaguás. Deu...

Dificultando planos políticos de Taques

nilson leit�o curtinhas   Pedro Taques está na bronca com o deputado federal Nilson Leitão (foto) por entender que este busca atrapalhar seus planos políticos majoritários. É desejo do governador disputar a reeleição com dois aliados fortes no palanque como candidatos ao Senado,...