Legislativo

Terça-Feira, 28 de Novembro de 2017, 14h:40 | Atualizado: 28/11/2017, 15h:21

Legislativo

Prefeito não é obrigado a comparecer em comissão; membros pedem estrutura

O presidente da CPI do Paletó, vereador por Cuiabá Marcelo Bussiki (PSB), admite que o prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) não é obrigado a prestar esclarecimentos à comissão, que tem 120 dias (prorrogáveis por mais 120) para concluir os trabalhos. “A Lei Orgânica não permite a obrigatoriedade do comparecimento”, disse em entrevista à imprensa durante sessão desta terça (28).

Gilberto Leite

silval-barbosa

 Ex-governador Silval Barbosa vai ser convocado para detalhar a acusação contra Emanuel

Apesar disso, acredita que Emanuel irá. “Até porque pergunta sem resposta prejudica a imagem do prefeito", pontua, na expectativa de que o relatório seja feito com base nas oitivas e documentos que serão colhidos.

Justifica, entretanto, que a situação não influencia no resultado final. Ao final, caso Emanuel seja indiciado, ele terá 10 dias para apresentar a defesa. 

Em relação às outras testemunhas que poderão ser convocadas, como os delatores Silval Barbosa (ex-governador) e Silvio Correa (ex-chefe de Gabinete), Bussiki garante que eles são obrigados à comparecer. “A CPI tem poderes judiciais, podendo utilizar-se até de condução coercitiva”.

Sobre os documentos que estão sob sigilo, devido ao fato das investigações ainda estarem no início em âmbito judicial, o parlamentar entende que o tema é "pacificado no Supremo", que deve cooperar. “O STF apura na esfera civil e criminal. Já a Câmara analisa a infração política administrativa”, argumenta.

Reunião

Nesta sexta (1º de dezembro), membros da CPI voltam a se reunir para definir o plano de trabalho, que será apresentado na próxima sessão (5). Enquanto isso, o presidente e os outros integrantes - Adevair Cabral (PSDB),  relator; e o membro Mário Nadaf (PV) - aguardam resposta do presidente da Câmara Justino Malheiros (PV) acerca da estrutura física e humana para que as diligências sejam iniciadas.

A Câmara enfrenta dificuldades para dar o respaldo em virtude da demissão de 460 funcionários, devido à falta de recursos para honrar com os salários.

CPI do Paletó

A Comissão apura se o então deputado estadual Emanuel recebeu propina o que pode caracterizar quebra de decoro. O assunto, divide opiniões devido ao fato do peemedebista hoje ser prefeito, ou seja, exercer outro mandato.

Emanuel aparece em vídeo colocando maços de dinheiro no paletó. Há suspeita é de que a verba seria proveniente de mensalinho recebido pelos deputados estaduais. O peemedebista nega qualquer ato ilícito.

A CPI também quer apurar suposta prática de condutas de obstrução de Justiça que teriam sido realizadas pelo prefeito e pelo ex-secretário de Estado, Alan Zanatta. Ocorre que agentes apreenderam um áudio na casa de Emanuel, que pode ter sido editado.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Tereza Cristina | Quarta-Feira, 29 de Novembro de 2017, 10h05
    3
    0

    Quero só perguntar. Tanto o Silval e o Silvio, podem ficar calado e responder sobre o assunto só na Justiça?

Matéria(s) relacionada(s):

PT lança duas só para marcar posição

edna sampaio curtinha   Mesmo sabendo da chance remotíssima de êxito nas urnas, o petismo se coloca à disputa majoritária em MT, com Edna Sampaio (foto) para governadora e com a ex-vereadora cuiabana Enelinda Scala ao Senado. Derrotada duas vezes à Reitoria da Unemat, Edna é esposa do ex-presidente do PT-MT,...

Taques cita voto para Alckmin e Leitão

pedro taques curtinha   O governador Taques (foto) disse em Rondonópolis, neste sábado, no encontro suprapartidário, que já decidiu dois votos para o pleito de outubro. Um será para Alckmin para presidente da República e o outro voto para Nilson Leitão ao Senado. Ambos são do seu partido, o...

Zaeli pega carona em ato pró-Taques

rodrigo da zaeli curtinha rondonopolis   Cerca de 300 pessoas foram à sede do sindicato dos Trabalhadores Rurais de Rondonópolis, neste sábado, para acompanhar o 2º encontro suprapartidário em que a principal "estrela" foi o governador Taques, que busca um novo mandato pelo PSDB. Mas o nome mais gritado efusivamente...

Filho de senador é sugerido para vice

toco palma   Em reunião na sexta à noite do pré-candidato a governador, empresário Reinaldo Moraes (PSC), com representantes da Frentinha, bloco de 9 pequenos partidos, o PHS sugeriu para vice da chapa o nome do advogado Toco Palma (foto), filho do hoje senador Rodrigues Palma (PR). O próprio Toco, que presidiu a...

Dorner de vice para bancar campanha

roberto dorner curtinha   Aos 70 anos, o catarinense de Bom Retiro, Roberto Dorner (foto), que desistiu de concorrer a deputado federal, é lembrado como opção para vice-governador na chapa de Pedro Taques muito mais pelo dinheiro do que pelo capital político. Trata-se de um empresário que costuma investir...

Sem Frentinha e Judiciário anti-Selma

selma arruda curtinha   Selma Arruda, pré-candidata ao Senado pelo PSL, enfrenta resistência de partidos da chamada Frentinha e também de uma ala do Judiciário, incluindo membros do Ministério Público. No caso dos líderes da Frentinha - Podemos, Avante, PSC, Pros, PRP, DC (ex-PSDC), PMN e PHS -, que...

CPI investiga ex-prefeito e vereador

gilberto figueiredo curtinhas   O ex-prefeito de Cuiabá Mauro Mendes (DEM), que está numa pré-campanha um tanto tranquila rumo ao governo estadual, começa a ter dor de cabeça por causa da aprovação, pela Câmara Municipal da Capital, de uma CPI com vistas a apurar o que se chama de "obras...

Leitão e Taques e jogo de desconfiança

nilson leitao curtinhas   Em público, Nilson Leitão (foto), que tenta se viabilizar como candidato ao Senado, jura que a relação política é harmônica com o Palácio Paiaguás mas, em privado, reclama de boicote. Mas ele próprio não procura se articular "pra dentro". Vive mais...

Presidente Vidal quer voto consciente

marcio vidal tre curtinha   O presidente do TRE Márcio Vidal se mostra tranquilo com a estrutura e orçamento do tribunal para tocar as eleições, mas está preocupado com a qualidade do voto do mato-grossense. Determinou a realização de 6 audiências, entre 20 de julho e 24 de agosto, para discutir...

MAIS LIDAS