Nacional

Sexta-Feira, 24 de Março de 2017, 09h:46 | Atualizado: 24/03/2017, 09h:48

UE e 14 países param importação de carne brasileira temporariamente


Agência Brasil

Pelo menos 11 países suspenderam temporária e integralmente a importação de carne brasileira e seus derivados, após vir a público as suspeitas de irregularidades pontuais na fiscalização do setor. Já a União Europeia e outros três países optaram por embargar apenas as compras dos 21 frigoríficos alvos da Operação Carne Fraca, deflagrada pela Polícia Federal na última sexta-feira (17), ou de parte dessas empresas.

Segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), até a deflagração da operação policial, as carnes bovina, de frango e suína nacionais e seus derivados eram exportados para mais de 150 países. A média de embarque diário do Brasil para o exterior até então era de US$ 63 milhões. Quatro dias após a notícia da suspeita de que ao menos 21 frigoríficos podem ter colocado à venda carne adulterada e produtos irregulares, o total embarcado na última terça-feira (21) caiu a apenas US$ 74 mil.

Segundo o Mapa, até a noite de ontem (22), os seguintes países tinham suspendido temporariamente ou desautorizado o desembarque de carne e produtos cárneos procedentes do Brasil: China; Chile; Egito; Argélia; Jamaica; Trinidad Tobago; Panamá; Catar; México e Bahamas, além de Hong Kong, que tem o status de Região Administrativa Especial da China.

Caso a caso

No caso do Chile e do Egito, a proibição deve vigorar pelo menos até que as autoridades brasileiras forneçam esclarecimentos considerados satisfatórios. A Jamaica, além de suspender a importação, determinou que todos os produtos de carne brasileiros já disponíveis no mercado interno sejam recolhidos pelos produtores e distribuidores.

O Catar adotou uma paralisação do desembaraço aduaneiro, que vigorará até que os resultados dos testes por amostragem sejam conhecidos. No caso do México, que, de acordo com o Mapa, consome apenas frango brasileiro, o órgão sanitário nacional determinou uma suspensão preventiva.

O Japão adotou umsuspensão parcial temporária, que proibiu a entrada no país de qualquer produto proveniente dos 21 frigoríficos sob suspeita. A África do Sul também suspendeu temporariamente as compras de seis exportadores brasileiros. Já a União Europeia deixou de comprar aves e suínos de três plantas investigadas pela PF, além de carne bovina e derivados de uma planta – decisão que também já havia sido adotada individualmente pela Suíça.

Os Estados Unidos, o Vietnã e a Arábia Saudita reforçaram a fiscalização sanitária sobre os produtos brasileiros. De acordo com a embaixada brasileira em Washington, o receio motivou as autoridades americanas a determinar que 100% das amostras de produtos cárneos brasileiros sejam inspecionadas. O Mapa, no entanto, já afirmou que nenhuma dos locais de produção sob suspeita enviou carne aos EUA.

A Coreia do Sul, por sua vez, havia ampliado o percentual de amostras inspecionadas de 1% para 15%, mas voltou atrás na decisão na última terça-feira (21). E Israel e Barbados pediram ao governo brasileiro mais informações, antes de anunciar qualquer medida.

Interditados

No Brasil, os três frigoríficos interditados pelo Ministério da Agricultura pertencem às empresas BRF e Peccin. Na unidade da BRF de Mineiros (GO), é feito o abate de frangos, e nas plantas da Peccin em Jaraguá do Sul (SC) e em Curitiba (PR) são produzidos embutidos (mortadela e salsicha).

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Controladores de ROO e o baixo salário

Em Rondonópolis, o prefeito Zé do Pátio foi obrigado, por decisão judicial, a empossar controladores internos do Município. Mas, depois, simplesmente "lavou as mãos". Os controladores têm, entre outras atribuições, a missão de proteger o patrimônio, fiscalizar e combater a corrupção. A atuação é equiparada ao do trabalho desenvolvido pela CGU. O problema é que esses profissionais...

Prefeitos empurram pré-candidatura

neurilan fraga curtinha   Neurilan Fraga (PSD) tem recebido incentivo de prefeitos, os quais representa como presidente da AMM, para ser candidato. Em princípio, seu nome era citado como opção à Câmara Federal. Mas agora pode entrar no páreo para deputado estadual. Abriu-se essa brecha por causa da...

Lutava pra sair e agora luta pra entrar

antonio joaquim curtinha   Antonio Joaquim enfrenta um drama pessoal e um embate jurídico um tanto curioso. Lutava para sair e agora luta para entrar no TCE-MT. Até semana passada, antes da operação Malebolge, Joaquim dizia que já havia dado sua contribuição no tribunal e que, após 17 anos de...

Perri, apoio e decisão com o "fígado"

rogers detran curtinhas   A decisão de Orlando Perri de afastar Rogers (foto) do comando da Segurança e ainda impor a este tornozeleira eletrônica causou muitos debates internos, especialmente depois da reação dura do governador Taques. De um lado, os colegas de Pleno prestaram solidariedade a Perri e...

Secretário destrava 10 obras da Copa

wilson_santos No cargo se secretário de Cidades há quase 9 meses, Wilson Santos (PSDB), em visita à sede do Rdnews, comemora o fato de ter conseguido destravar 10 obras da Copa de 2014. Admite que ainda restam pelo menos mais 4 para retomar, o que deve ocorrer no próximo ano, além do VLT. O reinício das obras do...

Desembargador denunciado no CNJ

orlando perri   Orlando Perri (foto) vai ser representado no CNJ. Quem o denunciará será Pedro Taques. O  governador se mostra revoltado com a decisão do desembargador de, mesmo com parecer contrário do MPE, mandou afastar Rogers do cargo de secretário de Segurança e ainda determinou que este use...

Taques define Perri como juiz acusador

pedro taques curtinha   Pedro Taques (foto) reagiu de forma dura e enérgica à decisão cautelar do desembargador Perri, que determinou afastamento de Rogers do comando da Segurança e ainda o impôs tornozeleira eletrônica, por entender que este usou o cargo para tentar obter documentos sigilosos ou...

Diretoria recebe apoio de servidores

luiz_henrique_curtinha O Sindicato dos Trabalhadores do TCE e a Associação dos Aposentados e Pensionistas do Tribunal emitiram nota de apoio à nova gestão do órgão fiscalizador, alterada por força de decisão judicial. O apoio acontece 6 dias após o STF afastar 5 membros do Pleno, acusados em...

Incompetência e os voos cancelados

z� do patio curtinha   O prefeito Zé do Pátio, de Rondonópolis, é tão incompetente que não consegue manter regularizados pagamentos para funcionamento do aeroporto municipal Maestro Marinho Franco. Para se ter ideia, há 9 meses a prefeitura não paga dois bombeiros militares...