Polícia

Quinta-Feira, 20 de Abril de 2017, 10h:47 | Atualizado: 20/04/2017, 11h:31

Dema pede prisão de estudante que aparece no vídeo de sexo com cadela

A Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema), da Polícia Civil, representou pela prisão do estudante Hemerson Fernandes que aparece em imagens mantendo relação sexual com uma cadela. O vídeo circulou esta semana nas redes sociais e casou revolta na sociedade e em diversas Ongs de proteção aos animais.

O rapaz é morador de um residencial, no bairro Pedra 90, em Cuiabá, que deverá responder por crimes de maus tratos e associação criminosa. Ele já foi indiciado nos delitos praticados. A Polícia Civil acredita que Emerson seria membro de um grupo de zoófilos, pessoas que têm atração e envolvimento sexual com animais de outras espécies. Os integrantes desse grupo ainda estão em processo de identificação. 

Reprodução

hemerson_1

Estudante Hemerson está foragido. Quem souber do paradeiro ligar 197 ou 181 para a Polícia Civil

O delegado Gianmarco Paccola Capoani conta que a Especializada tomou conhecido dos fatos, na tarde desta quarta (19), via vídeo que circulou no aplicativo WhatsApp e notícias veiculadas na imprensa. “Imediatamente iniciamos as diligências para identificação da pessoa do vídeo. Os trabalhos se prolongaram por toda a noite de ontem até a manhã desta quinta (20), com a representação do pedido de prisão do rapaz, que não foi localizado.” 

Nas diligências, a Polícia Civil recebeu informações de que Hemerson, após ter a notícia de seu vídeo “vazado” nas redes sociais e tomar conhecimento de que era procurado pela polícia, teria fugido de casa, por volta das 18h, de ontem. 

No pedido de prisão, o delegado pondera a repercussão social das “cenas criminosas filmadas pelo próprio indiciado e publicadas posteriormente nas redes sociais, que geraram repugnância maciça na sociedade”, inclusive extrapolando os limites locais. 

O delegado também analisa os comentários das reportagens dos cidadãos que, segundo ele, ficaram “chocados e estarrecidos com os fatos”. “São dezenas de apelos sociais demonstrando extrema aversão à prática delitiva. Vislumbramos inclusive que algumas pessoas estão tão revoltadas que chegaram a proferir ameaças contra o autor dos fatos.” 

Sobre os indícios de associação criminosa, já que há indícios de Hemerson integrar um grupo de zoófilos, o delegado diz que essas pessoas teriam por prática ilícita o contato físico com animais e, na sequência, a filmagem de tais atos e a especulação do referido material, que circularia entre os indivíduos do grupo.

Uma testemunha localizada nas diligências da Dema confirmou indícios de envolvimento de outras pessoas na prática criminosa. Também há postagens de redes sociais, vinculadas ao indiciado, além de outras fotografias (animais) ligadas ao ato ilícito, como uma conta denominada ezoo.zoo, que aparece como seguidora de Hemerson. “Chama a atenção tal circunstância pela denominação da conta, suspeita de abrigar outro integrante da associação”, ressalta o delegado.

Por fim, na representação, Gianmarco reforça a gravidade dos fatos. “Além da proteção integral à fauna, no crime de associação criminosa é a paz pública. Esta, conforme a doutrina, é entendida como o necessário sentimento de tranquilidade e segurança coletiva que a ordem pública deve proporcionar”, argumenta. 

Conforme ele, “trata-se um fato que abalou o sentimento social, e certamente, além das questões criminais aqui investigadas, é certo que deverá haver paralelamente sanções de reparação de dano extrapatrimonial ambiental”. 

Maus tratos 

O crime de maus tratos foi vislumbrado pelas imagens do vídeo, que demonstram detalhadamente que Hemerson está naturalmente se referindo aos membros do grupo e também por transparecer de que aquela não seria a primeira vez da prática sexual com a cadela. “Isso está evidente quando, ao destinar o vídeo, utiliza as expressões: …“Para os amigos que ainda não tinham visto meu vídeo….”; …”ai vocês vão gostando ai óh”…; …”galera ela tá no cio”…”.

A Polícia Civil também destacou a necessidade de mandado de busca e apreensão para a coleta de provas, como eventuais computadores e/ou celulares, bem como do resgate de animais que possam estar no endereço do indiciado, para maior profundidade do resultado das investigações. 

Denúncias  

Denúncias do paradeiro do rapaz procurado e de outros crimes contra animais e o meio ambiente podem ser feitas no 197 ou 181 da Polícia Judiciária Civil. (Com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • jorge salm | Quinta-Feira, 20 de Abril de 2017, 14h02
    0
    5

    não cabe prisão. babaquice do rapaz mas atitude abusiva da policia.

  • JEFERSON MATOS | Quinta-Feira, 20 de Abril de 2017, 13h52
    2
    0

    Demente.

  • Paulo | Quinta-Feira, 20 de Abril de 2017, 12h53
    2
    0

    Puts com uma cadela??? que gosto. Com tantas moças bonitas e disponíveis por aí. Prende mesmo esse infeliz.

Matéria(s) relacionada(s):

Delator nega sociedade com Mauro

mauro mendes curtinha   Alguns vereadores aproveitaram a presença do ex-governador e delator Silval, na CPI do Paletó, para perguntar sobre eventual sociedade empresarial deste com o ex-prefeito da Capital Mauro Mendes (foto), que ensaia candidatura a governador. Silval esquivou-se. Disse que, no caso de um garimpo, o seu irmão...

Senador opta por ficar no Podemos

jose medeiros curtinhas   Após participar de reuniões com os presidenciáveis Levy Fidelix, do PRTB, e Jair Bolsonaro, que vai trocar o PSC pelo PSL, nas quais recebeu convite para filiação, o senador José Medeiros (foto) decidiu que fica mesmo no Podemos. E vai encampar o projeto de reeleição....

Ex-prefeito decide ficar no DEM

Roland Trentini   O ex-prefeito de Alto Garças, Roland Trentini (foto),  admite que ter sido sondado pelo empresário Silvino Dal Bó, um dos entusiastas do presidenciável Jair Bolsonaro, para reforçar sua campanha em Mato Grosso, angariando apoio dos ruralistas. Apesar de ter recebido o convite para aderir ao...

Silval cita 18 da AL com mensalinho

antonio azambuja curtinha   Silval Barbosa, em oitiva à CPI do Paletó, nesta sexta, na Câmara de Cuiabá, abriu o jogo sobre esquemas de corrupção. E, reforçando a delação, não poupou ninguém. Confirmou ter repassado mensalinho aos deputados na época em que foi...

Eleição da Mesa da AL custou R$ 16 mi

mauro savi curtinhas   À CPI do Paletó nesta sexta (23), o ex-governador Silval Barbosa disse que em todas as eleições da Mesa Diretora houve negociação financeira por votos. Citou como exemplo uma eleição cuja a chapa era formada por Mauro Savi (foto) e Romoaldo Júnior. O delator...

PSDB e vários vereadores a estadual

rodrigo da zaeli curtinha rondonopolis   O PSDB do governador Taques possui uma lista extensa de pré-candidatos a deputado porque inclui vereadores, que não precisam renunciar ao mandato para tentar outro degrau no Legislativo. Os quatro estaduais (Wilson, Saturnino, Baiano e Maluf) vão em busca da reeleição. O...

Silval repete na CPI termos da delação

silval barbosa curtinha   Instruído pelo jurídico para não desmentir a si próprio, o ex-governador e delator Silval Barbosa vai repetir na CPI do Paletó, nesta sexta, na Câmara de Cuiabá, aquilo que afirmou aos procuradores da República e à Justiça, de que o dinheiro entregue pelo...

Juarez não vai a vice e quer ser federal

juarez costa curtinha   Apesar de se colocar como pré-candidato a vice-governador, em chapa a ser encabeçada por Antonio Joaquim, Juarez Costa (MDB) está focado mesmo é na campanha a federal. Ele se animou com essa possibilidade porque o Nortão pode não ter um dos concorrentes. Trata-se de Nilson...

Governador e tudo ou nada à reeleição

pedro taques curtinha   Pedro Taques disse a interlocutores que pode até ter pensado no chamado plano B, que seria candidatura ao Senado, mas sua prioridade em 100% é a busca da reeleição. Avalia que seu governo tem feitos importantes que, quando potencializados na campanha eleitoral, o colocarão em vantagem nas...