Variedades

Sexta-Feira, 17 de Junho de 2016, 12h:34 | Atualizado: 17/06/2016, 12h:44

Genius nega plágio e vê dois pesos e duas medidas na licitação da Gcom

Reprodução

junior brasa 500

Empresário Luiz Gonzaga Júnior, o Brasa, da Genius Publicidade, que entrou em queda-de-braço e no embate jurídico com governo estadual por ter sido desclassificada no certame sobre conta publicitária

A Genius Publicidade, desclassificada na reta final do processo licitatório que escolheu cinco agências para cuidar da comunicação do governo estadual, nega, em nota, prática de plágio, embora esta tenha sido uma das razões apresentadas pela comissão de licitação para "eliminá-la" - saiba mais aqui.

Propriedade de Luiz Gonzaga Júnior, o Brasa, a empresa lembra que está no mercado há 36 anos e que foi a primeira agência de Mato Grosso a se filiar ao CENP, órgão que assegura as boas práticas comerciais entre anunciantes, agências e veículos de comunicação no Brasil.

Sustenta ser a mais premiada do mercado mato-grossense e que "sempre norteou suas ações pela ética e profissionalismo" e que é "contra todo tipo de plágio ou ação que fira o direito à propriedade ou autoria de uma criação, seja ela artística ou publicitária".

De acordo com a Genius, o plano de comunicação apresentado e defendido na licitação cita o nome do artista que serviu de inspiração para a criação das peças gráficas. "O recurso visual criado pelo artista Khristian Mendoza é referência para muitos trabalhos na arte e na publicidade. Ou seja, tanto a Mercedes quanto outros anunciantes já utilizaram o recurso em suas comunicações e nem por isso foram considerados plágios, afinal, apesar de compartilharem o mesmo recurso visual, possuem conceitos e propósitos diferentes".

Sustenta que a comissão julgadora fez comparativo das peças de maneira superficial. Observa que tanto "a peça da Mercedes quanto à criada pela Genius utilizam o mesmo recurso visual (transparência, profundidade, ponto de fuga), mas com propósitos e mensagens completamente diferentes, pois a peça da Genius fala em transparência e a da Mercedes promove reflexo/espelho".

Prossegue a nota, pontuando que "a comissão aceitou uma denúncia anônima de uma fonte sem qualquer credibilidade - um perfil de Facebook pirata - e sem dar à Genius o direto à ampla defesa garantido pelo artigo 5º da Constituição" e considera que foi uma decisão arbitrária e que põe em risco toda a lisura do processo.

Sem resposta

Afirma também que, após a Genius ingressar como uma ação na Justiça alegando descumprimento da lei, o governo teve 10 dias úteis para responder o porquê tê-la desclassificado sem lhe dar o direito de defesa e nenhuma resposta foi concedida.

 "Para tornar o certame ainda mais nebuloso, o recurso legítimo requisitado pela Genius, que apontava plágios e irregularidades em outras campanhas participantes da licitação foi desconsiderado". Para a Genius, “o mínimo que a comissão deveria fazer seria reavaliar a decisão ou desclassificar todas as agências que supostamente cometeram irregularidades". "Assim, não teríamos dois pesos e duas medidas, todas seriam penalizadas da mesma forma e o processo ganharia lisura, garantindo a transparência que tanto é defendida pelo atual governo".

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Controladores de ROO e o baixo salário

Em Rondonópolis, o prefeito Zé do Pátio foi obrigado, por decisão judicial, a empossar controladores internos do Município. Mas, depois, simplesmente "lavou as mãos". Os controladores têm, entre outras atribuições, a missão de proteger o patrimônio, fiscalizar e combater a corrupção. A atuação é equiparada ao do trabalho desenvolvido pela CGU. O problema é que esses profissionais...

Prefeitos empurram pré-candidatura

neurilan fraga curtinha   Neurilan Fraga (PSD) tem recebido incentivo de prefeitos, os quais representa como presidente da AMM, para ser candidato. Em princípio, seu nome era citado como opção à Câmara Federal. Mas agora pode entrar no páreo para deputado estadual. Abriu-se essa brecha por causa da...

Lutava pra sair e agora luta pra entrar

antonio joaquim curtinha   Antonio Joaquim enfrenta um drama pessoal e um embate jurídico um tanto curioso. Lutava para sair e agora luta para entrar no TCE-MT. Até semana passada, antes da operação Malebolge, Joaquim dizia que já havia dado sua contribuição no tribunal e que, após 17 anos de...

Perri, apoio e decisão com o "fígado"

rogers detran curtinhas   A decisão de Orlando Perri de afastar Rogers (foto) do comando da Segurança e ainda impor a este tornozeleira eletrônica causou muitos debates internos, especialmente depois da reação dura do governador Taques. De um lado, os colegas de Pleno prestaram solidariedade a Perri e...

Secretário destrava 10 obras da Copa

wilson_santos No cargo se secretário de Cidades há quase 9 meses, Wilson Santos (PSDB), em visita à sede do Rdnews, comemora o fato de ter conseguido destravar 10 obras da Copa de 2014. Admite que ainda restam pelo menos mais 4 para retomar, o que deve ocorrer no próximo ano, além do VLT. O reinício das obras do...

Desembargador denunciado no CNJ

orlando perri   Orlando Perri (foto) vai ser representado no CNJ. Quem o denunciará será Pedro Taques. O  governador se mostra revoltado com a decisão do desembargador de, mesmo com parecer contrário do MPE, mandou afastar Rogers do cargo de secretário de Segurança e ainda determinou que este use...

Taques define Perri como juiz acusador

pedro taques curtinha   Pedro Taques (foto) reagiu de forma dura e enérgica à decisão cautelar do desembargador Perri, que determinou afastamento de Rogers do comando da Segurança e ainda o impôs tornozeleira eletrônica, por entender que este usou o cargo para tentar obter documentos sigilosos ou...

Diretoria recebe apoio de servidores

luiz_henrique_curtinha O Sindicato dos Trabalhadores do TCE e a Associação dos Aposentados e Pensionistas do Tribunal emitiram nota de apoio à nova gestão do órgão fiscalizador, alterada por força de decisão judicial. O apoio acontece 6 dias após o STF afastar 5 membros do Pleno, acusados em...

Incompetência e os voos cancelados

z� do patio curtinha   O prefeito Zé do Pátio, de Rondonópolis, é tão incompetente que não consegue manter regularizados pagamentos para funcionamento do aeroporto municipal Maestro Marinho Franco. Para se ter ideia, há 9 meses a prefeitura não paga dois bombeiros militares...