ARTIGOS

Sábado, 08 de Agosto de 2020, 16h:30 | Atualizado: 08/08/2020, 16h:44

Rosa Neide

Brasil alcança marca de 100 mil mortes pela Covid-19, mas Bolsonaro desdenha

O presidente Jair Bolsonaro é responsável direto pelas 100.240 vítimas fatais do novo coronavírus no Brasil, registradas no sábado (08). São 100.240 famílias enlutadas. Brasileiros e brasileiras que se foram pela irresponsabilidade do presidente da República, que não preparou o País para os impactos da pandemia.

Deputada federal Rosa Neide

Deputada federal Rosa Neide

Negligência e negacionismo marcam a gestão do Ministério da Saúde, desde que o primeiro caso do vírus foi detectado no País no dia 26 de fevereiro, deste ano. Nenhuma política nacional efetiva de prevenção e enfrentamento à Covid-19 foi anunciada naquele período e continua sem ser apresentada.

O presidente da República entregou a gestão da crise para governadores e prefeitos e deu às costas para a população. De fevereiro para cá, Bolsonaro demitiu dois ministros da Saúde, cujas profissões eram a medicina e colocou no lugar um militar, sem experiência na área da saúde.

Nesse período, Bolsonaro proferiu dezenas de declarações públicas negando a periculosidade do vírus, negando as medidas de distanciamento social, orientadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e adotadas por Estados e municípios, única ação comprovadamente eficaz para reduzir o ritmo de contágio.

Além disso, cometeu crime de improbidade ao mandar o exército aumentar a produção de cloroquina, medicamento utilizado no tratamento da malária e do lúpus, mas sem nenhuma eficácia científica comprovada no tratamento da Covid-19.

Contudo, a insensibilidade e a falta de respeito de Jair Bolsonaro para com a memória dos 100.240 mortos, para com as milhões de famílias afetadas emocionalmente com a perda de seus entes queridos, bem como sua irresponsabilidade e má gestão da saúde parecem não ter fim. Bolsonaro não tem limites.

Na quarta-feira (06), em transmissão ao vivo ao lado do militar, Eduardo Pazuello, que responde pela pasta da Saúde, Bolsonaro destacou que apesar do Brasil caminhar, naquele dia, para a triste marca de 100 mil mortos, ‘é preciso tocar a vida’.

O presidente chegou a afirmar, sem provas, de que tem menos gente morrendo de outras doenças em 2020, do que morreram em 2019. Dando a entender que neste ano, brasileiros morreram de outras doenças, mas que em seus atestados de óbito registraram Covid-19. Tática deplorável de negar o fato de que o novo coronavírus já matou mais de 100 mil brasileiros.

Oras senhor presidente, a população brasileira não tem condições de tocar a vida tendo que enfrentar sem apoio do governo federal, a maior pandemia dos últimos 100 anos

Rosa Neide

O irresponsável teve a insensatez de acusar a classe médica brasileira, que heroicamente tem estado na linha de frente do enfrentamento ao vírus, de estar poupando autópsias ao classificar ‘todas as causas mortes como covid-19’.

Logo após desconfiar da contagem total de mortes pela covid-19, Jair Bolsonaro declarou: vamos tocar a vida, tocar a vida e buscar uma maneira de se safar desse problema.

Oras senhor presidente, a população brasileira não tem condições de tocar a vida tendo que enfrentar sem apoio do governo federal, a maior pandemia dos últimos 100 anos.

Infelizmente não tenho certeza, de que em algum momento, o presidente assuma suas responsabilidades e apresente ao País um plano efetivo de combate ao novo coronavírus. Por isso, defendo com todas as forças o impeachment de Bolsonaro.

A postura omissa do presidente frente à covid-19 é criminosa. Ele é responsável direto pelas 100 mil mortes causadas pelo vírus, maior carnificina da história do Brasil.

É urgente que a União assuma seu papel na política nacional de saúde, para que ações efetivas sejam empreendidas visando evitar que mais vidas sejam perdidas. Isso ocorrerá somente com a saída do negacionista e genocida Bolsonaro.

Em nome da vida e da saúde dos brasileiros e brasileiras, Fora Bolsonaro!

Rosa Neide é professora da rede pública e deputada federal por Mato Grosso pelo Partido dos Trabalhadores (PT).

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • jair | Segunda-Feira, 10 de Agosto de 2020, 14h31
    0
    0

    jair, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • alexandre | Segunda-Feira, 10 de Agosto de 2020, 12h35
    0
    1

    naldo, vai comer seu pão com mortadela e tubaína...toma cachaça com quinina...que melhora.. não entendo ? dois pesos e duas medidas ?

  • alex r | Segunda-Feira, 10 de Agosto de 2020, 11h26
    2
    0

    O maior ladrão do Brasil não foi omisso e causou a morte de 100.000 mil brasileiros... Agora temos o maior ladrão e o maior genocida...

  • Romildo Gonçalves Gonçalves | Segunda-Feira, 10 de Agosto de 2020, 09h04
    2
    2

    Digite o texto aquiRomildo Gonçalves Gonçalves 09-08-2020 10:43:09 RESPONSÁVEL É O MAIOR LADRÃO DO MUNDO E SUA QUADRILHA QUE ASSALTOU O PAIS, DE PONTA A PONTA EM TUDO E NA CONSTRUÇÃO DE ESTÁDIOS DE FUTEBOL VERDEIROS ELEFANTES BRANCOS, E NÃO HOSPITAIS E INFRAESTRUTURA PARA A POPULAÇÃO. A QUADRILHA PETRALHADA QUASE DESTRUIU O PAÍS ISSO SIM.

  • naldo | Domingo, 09 de Agosto de 2020, 21h44
    4
    3

    Alexandre, como você é tapado, idiota! Pelo jeito comeu capim mofado.

  • alexandre | Domingo, 09 de Agosto de 2020, 19h24
    4
    4

    muito mimimi, quantos morreram na bahia ? é culpa do governador Rui costa, tem 5 milhoes de casos, nos EUA, o PT tem que parar de fazer politica em cima da morte dos outros, é desumano....

Tião com Flávio e "pau" nos Campos

tiao da zaeli 400 curtinha   A maior bronca dos Campos em Várzea Grande hoje é com o ex-prefeito Tião da Zaeli (foto), que motivou o amigo e empresário Flávio Vargas, dono do frigorífico Frical, a entrar na disputa à sucessão municipal. E Flávio conseguiu construir um amplo arco de...

A única dos maiores fora da reeleição

rosana martinelli 400 curtinha   Seis dos 10 prefeitos dos maiores municípios de MT poderiam disputar a reeleição neste ano por estarem no primeiro mandato ou já tendo exercido outros não consecutivos. E, destes, somente Rosana Martinelli (foto), de Sinop, não se recandidatou. Percebeu dificuldades...

Poconé tem 4 no páreo; Euclides dança

euclides santos 400 curtinha   Em Poconé, o ex-prefeito Euclides Santos (foto) nadou e morreu na praia. Numa queda de braço dentro do PSDB, Euclides, que havia se mudado para Cuiabá e tem o filho na disputa para vereador, perdeu espaço e autonomia para a ex-prefeita Meire Adauto, presidente municipal da legenda tucana e...

Fernanda em almoço com Bolsonaro

fernanda 400 bolsonaro curtinh   A coronel Fernanda, candidata à senadora pelo Patriota, almoçou com Bolsonaro nesta sexta, em uma fazenda, em Sorriso. A militar foi a única que teve o apoio declarado do presidente na eleição suplementar ao Senado que acontece em 15 de novembro. Mais cedo, por volta das...

Prefeita cobra duplicação e ferrovia

rosana_curtinha   A prefeita de Sinop Rosana Martinelli aproveitou a visita do presidente Jair Bolsonaro na Capital do Nortão para cobrar uma solução para a duplicação da BR-163, sob concessão, e também pediu empenho na Ferrogrão e a implementação de porto seco na cidade. O...

Podemos se alia à esquerda em Barra

sandro saggin 400 curtinha   O direitista Podemos, comandado no Estado pelo deputado Medeiros, fechou coligação com partidos de extrema esquerda em Barra do Garças, como PC do B, PT e Pros. Sandro Saggin (foto), até então pré-candidato a prefeito pelo Pode, recuou e compôs com o grupo liderado pelo...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você está animado para votar nas eleições de novembro?

sim

não

nem sei!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.