ARTIGOS

Segunda-Feira, 27 de Janeiro de 2020, 11h:40 | Atualizado: 27/01/2020, 11h:52

Marioneide Angélica

Educação sem oportunismo do prefeito

Marioneide secret�ria de educa��o artigo

Foi com sentimento de indignação que fiz a leitura de um “artigo” escrito pelo prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, na última semana, no qual ele sugere que o Estado ceda a Escola Estadual Nilo Póvoas para a gestão municipal, de forma a transformá-la em uma creche.

É preciso esclarecer que a Secretaria Estadual de Educação promoveu um reordenamento na Escola Nilo Póvoas, que conta com uma capacidade para contemplar 1000 alunos e hoje atende 126. Os estudantes serão remanejados para a Escola Estadual Antonio Epaminondas e a Nilo Póvoas se transformará em um centro de referência em educação inclusiva, sem prejuízo para um aluno sequer e respeitando a história do colégio para com a cuiabania.

Todo esse cuidado contrasta com a forma equivocada e sem conhecimento de causa pela qual o prefeito faz propostas dessa magnitude, lançando mão do oportunismo que lhe é característico. E o faz por meio da imprensa e não pelas vias institucionais, se aproveitando do debate público sobre a escola para tentar autopromoção.

Todo esse cuidado contrasta com a forma equivocada e sem conhecimento de causa pela qual o prefeito faz propostas dessa magnitude, lançando mão do oportunismo que lhe é característico

Sem qualquer dado concreto e alicerçado em achismos, o prefeito explanou um “plano de ação” para a escola, jogando ao vento valores que seriam economizados e onde seriam posteriormente aplicados, sempre pincelando os “avanços” que conquistou na área.

Emanuel Pinheiro não demonstrou condições para dar lição de gestão no que se refere a Educação. É notoriamente um mau gestor.

Quando fui secretária municipal de Educação na gestão Mauro Mendes, fizemos um amplo trabalho de capacitação dos profissionais e de construção de ambientes escolares dignos e atrativos. Só em Centros Municipais de Educação, foram entregues 17, além de quatro escolas e reformas em outras dezenas de unidades. Deixamos a gestão sem nenhuma dívida e com obras licitadas para o atual prefeito.

Tanto que o município conquistou em 2016, conforme os dados oficiais do Ideb, a nota de 5,5, que era estipulada para 2021. Na gestão de Emanuel, a nota subiu míseros 0,1 pontos.

A gestão Mauro Mendes havia conquistado o 11º lugar no Índice Firjan de Gestão Fiscal e hoje Cuiabá está em 24º lugar. É o terceiro pior índice. De forma resumida, o índice mostra que Cuiabá hoje não tem dinheiro para pagar as dívidas que o prefeito tem contraído. Isso é fruto da falta de planejamento e desrespeito de Emanuel Pinheiro com o presente e o futuro da população cuiabana.

Em três anos, o atual prefeito destruiu todo um trabalho de gestão que havia sido feito para o município. Afundou Cuiabá em empréstimos irresponsáveis para alimentar sua sanha populista.

E este mesmo prefeito agora diz que tem capacidade para gerir a Nilo Póvoas. O mesmo prefeito que está mergulhando Cuiabá em dívidas que em breve vão prejudicar os recursos da Educação. O mesmo que não explica o dinheiro no paletó e as recorrentes investigações contra sua gestão. O mesmo que prometeu restaurante giratório nas alturas, que prometeu Hospital Albert Einstein, que deixou a Santa Casa fechar e que teria sido fechada em definitivo se não fosse pelo Estado.

O dinheiro do contribuinte, advindo dos tributos, é um dinheiro sagrado. É preciso ter gestores com coragem para aplicá-lo com responsabilidade e parcimônia, em respeito ao suor do cidadão

A população cuiabana pode ficar tranquila quanto à Escola Nilo Póvoas. O nome e a memória de Nilo Póvoas – que tanto contribuiu a Mato Grosso e aos cuiabanos - continuarão a ser honrados em uma unidade que vai acolher, com todo o carinho e estrutura, as crianças que mais precisam da atenção do Estado, que são as crianças portadoras de necessidades especiais e em situação de vulnerabilidade, como aquelas que sofrem com bullying, depressão, violência doméstica, dentre outros problemas.

O dinheiro do contribuinte, advindo dos tributos, é um dinheiro sagrado. É preciso ter gestores com coragem para aplicá-lo com responsabilidade e parcimônia, em respeito ao suor do cidadão. Portanto, é preciso reordenar a rede pública de ensino de acordo com a demanda social existente em cada comunidade.

Educação se faz com trabalho sério, planejamento e foco nos alunos e no aprendizado, não com oportunismo irresponsável.

Marioneide Angélica Kliemaschewsk é secretária de Estado de Educação de Mato Grosso. E-mail: imprensa@gcom.mt.gov.br

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Dejamir | Segunda-Feira, 27 de Janeiro de 2020, 13h32
    0
    0

    Dejamir, o Paletó não ta tapando nem buraco. Sle quer é aparecer. Só isso.

  • Dejamir | Segunda-Feira, 27 de Janeiro de 2020, 12h57
    0
    0

    Colégio Barão de Melgaço está abandonado a cinco anos. Ofereçam este imóvel para a prefeitura então, já que o prefeito quer. A população agradecerá imensamente.

Deputado bolsonarista critica prefeito

claudinei deputado curtinha 400   O deputado Claudinei Lopes (foto), morador em Rondonópolis, ficou na bronca com o discurso populista do prefeito Zé do Pátio, para quem o povo nordestino votou em massa no PT e que não tem conseguido construir mais casas populares porque, diferente dos governos petistas, o presidente...

Sem Senado e tudo pela Mesa da AL

max russi curtinha 400   Presidente regional do PSB-MT, o deputado Max Russi (foto) tem participado das discussões para definição de candidaturas ao Senado, na suplementar de abril, mas não mais como pré-candidato. Seu desafio é outro. A prioridade é a busca da reeleição como...

Lúdio desiste e PT perde com Barranco

ludio cabral 400 curtinha   O deputado Lúdio Cabral (foto) estava se movimentando para tentar convencer o PT a lançá-lo ao Senado, por aclamação, e ainda instigar o diretório estadual a buscar recursos junto à Nacional para a campanha. Mas o tiro saiu pela culatra. O guru do partido no Estado,...

Carta de Abicalil cita traição de Lúdio

carlos abicalil 400 curtinha   Carlos Abicalil (foto), ex-federal e hoje assessor do deputado Valdir Barranco, demonstra até hoje estar "atravessado" com Lúdio Cabral por causa da traição política de 2010. Na época, mesmo o PT o tendo lançado ao Senado, Lúdio, ex-vereador por Cuiabá e...

Júlio apoiou Bolsonaro pra varrer o PT

julio campos 400 curtinha   Júlio Campos (foto), pré-candidato a senador pelo DEM, diz que em 2018 não só votou em Bolsonaro, como participou de carreata e vestiu camisa com as cores verde e amarela em apoio à candidatura do capitão. Lembra que estava convicto naquele momento de que era preciso varrer o PT...

Já com apoio de mais de 50 prefeitos

otaviano pivetta 400 curtinha   Otaviano Pivetta (foto) não para nas articulações políticas. E, se apoio elevado de prefeitos vier a ser decisivo, ele será eleito senador na suplementar de 26 de abril. Dos 141 gestores municipais do Estado, mais de 50 já anunciaram que estarão no palanque do...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.