ARTIGOS

Sexta-Feira, 10 de Julho de 2020, 16h:35 | Atualizado: 10/07/2020, 16h:35

Estela Takase

Estimule seus sentidos por meio da arquitetura

Estela Takase_artigo

Estela Takase

Em tempos de isolamento social temos nos tornado cada vez mais virtuais, tanto para dar continuidade a nossa atividade profissional, quanto para a integração social.

O que tenho notado é que procuramos cada vez mais experiências sinestésicas, que nos tragam mais para o campo físico, de certa forma, e explorar nossos sentidos. É aí que a arquitetura entra, reunindo sentidos visual, auditiva, olfativa, gustativa e tátil.

Mas, como a arquitetura pode aguçar nossos sentidos? É simples!

A visão é um dos sentidos mais complexos dos seres humanos. Responsável pela leitura visual, que pode resultar em diferentes interpretações psicológicas. Um espaço visualmente agradável e que imprima a personalidade do morador pode trazer uma maior sensação de pertencimento e bem estar. Ambiente organizado, layout apropriado, uma boa iluminação e harmônico são soluções para melhorar nesse sentido e, inclusive, para fatores psicológicos como a criatividade e produtividade.

Você considera hoje seu espaço visualmente agradável?

Bom, acredito que o olho alcança, mas o ouvido recebe. Um exemplo clássico são as trilhas sonoras dos filmes. As cenas perdem a plasticidade e diminuem as emoções se os efeitos forem ausentes. A mesma coisa pode acontecer com os espaços se não houver uma preocupação acústica.

O entorno em que está inserido deverá ser aproveitado de maneira positiva às condicionantes do tempo e uso, como, por exemplo, home offices. Muito se fala sobre eles hoje em dia.

Há perfis de pessoas que não trabalham com excelência em lugares barulhentos. O afastamento da rua, materiais construtivos isolantes, tapetes, móveis de madeira, entre outras soluções podem beneficiar esse tipo de usuário. Assim como o barulho do vento, o canto dos pássaros e a interferência da natureza podem trazer a sensação de integração com o externo em uma realidade de isolamento social.

Oferecer contato com materiais orgânicos é uma estratégia bastante eficiente para promover bem-estar

Estela Takase

Já o olfato nos leva a uma memória esquecida, nos fazendo sonhar acordados, como também podem aflorar algo totalmente novo. Estudos apontam que os cheiros cítricos são estimulantes, já os adocicados nos relaxam. Ambientes aromatizados tornam a permanência no espaço mais prazerosa, personificando e ocasionando boa impressão. Imagine-se em uma casa luxuosa, porém com odor desagradável, sua percepção final não será das melhores, não é mesmo?!

E o paladar, o que tem a ver com isso? Bom, o olfato e o paladar estão fortemente ligados. As partículas que sentimos por meio do nariz passam pela boca estimulando o paladar. Essa relação pode ser aplicada na arquitetura através dos espaços destinados à jardinagem e à cozinha, onde o cheiro das frutas, dos temperos e especiarias nos dispõe há querer experimentar, como também nos remetem a memória gustativa.

O tato, por sua vez, permite o acesso a informação tridimensional, onde todos os outros sentidos são seus extensores, identificando e remetendo a forma física do que se vê, ouve, sente (de maneira olfativa) e prova (de modo gustativo), analisando texturas, densidades e temperaturas da matéria. Esses aspectos podem proporcionar maior bem-estar e conforto, como também segurança.  A escolha do material utilizado em estofados, tampos de mesa, textura das paredes garantem isso.

Você já levou em consideração a superfície da sua mesa de trabalho? O toque em uma mesa de vidro é completamente diferente do que em uma mesa de madeira. A textura natural é mais agradável para grande maioria das pessoas. Oferecer contato com materiais orgânicos é uma estratégia bastante eficiente para promover bem-estar. Tal como diferentes texturas, piso e paredes permitem orientação para pessoas com deficiências e limitações visuais.

Com base nessa problemática, estou me aperfeiçoando nos projetos e consultorias online, onde meu principal objetivo é diagnosticar e indicar soluções para que meus clientes consigam atingir bem-estar, conforto e segurança, respeitando o estilo e orçamento de cada cliente.

E aí, conseguiu identificar o que pode ser melhorado dentro da sua casa para que você se sinta mais à vontade nesse período?

Estela Takase é arquiteta com especialidade em ambientação de espaço e design de interiores. Compartilha conteúdos sobre arquitetura e designer de interiores nas redes sociais @arq.estelatakase

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Túlio, inabilidade política e frustração

tulio fontes 400 curtinha   Túlio Fontes (foto), que ainda faz mistério sobre disputa à sucessão em Cáceres, ficará mesmo fora do embate das urnas. Ex-prefeito e derrotado duas vezes para deputado estadual, ele não moveu uma palha para fortalecer o seu nanico PV. Conclusão: o partido só...

Pátio, vice, o MDB e ex-secretário

adonias fernandes 400 curtinha   Em Rondonópolis, o prefeito Zé do Pátio não desistiu de vez do seu antigo partido, o MDB, no qual militou por mais de duas décadas. Embora em rota de colisão com alguns líderes emedebistas, Pátio ainda tem bom contato com o ex-padrinho político, o...

Prefeito de Sapezal e aditivo com 15%

valdecir casagrande 400 curtinha sapezal prefeito   O prefeito de Sapezal, Valcir Casagrande (foto), autorizou o quarto aditivo de um contrato sem licitação, firmado em 2019 entre o município e a Casa de Saúde Santa Marcelina. Chamam atenção o valor e o aumento. A continuidade do atendimento aos...

Partidos acirram disputa a vice de Léo

leonardo 400 curtinha   Em Primavera do Leste, o prefeito emedebista Léo Bortolin (foto), um dos mais bem avaliados gestores mato-grossenses, convive com uma disputa acirrada de pretendentes ao cargo de vice-prefeito de sua chapa. A corrida por novo mandato está tão confortável que Léo praticamente não tem...

MDB e PRB devem se juntar em ROO

luizao 400 curtinha   Ao menos dois blocos de oposição em Rondonópolis estão levando a sério a observação do ex-governador e ex-senador Blairo Maggi, para quem Zé do Pátio ganharia a reeleição numa boa se o município tiver várias candidaturas. Ou seja, quanto...

Parlamentares numa disputa cômoda

thiago silva 400 curtinha   Parlamentares que estão se aventurando na disputa a prefeito nada têm a perder. Não precisam nem se afastar dos mandatos para concorrer ao pleito. Em caso de derrota nas urnas de novembro, continuam com suas cadeiras garantidas até 2022 (situação de estadual e federal) e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.