ARTIGOS

Quinta-Feira, 17 de Setembro de 2020, 14h:29 | Atualizado: 17/09/2020, 14h:55

Vinicius de Carvalho

Jogo de gente grande

Vinicius de Carvalho

Nas eleições deste ano há uma coreografia envolvendo o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro, os irmãos Júlio e Jayme Campos, o Governador Mauro Mendes e o deputado federal Carlos Bezerra. No caso do Governador com os irmãos vimos essa discussão sobre a candidatura própria do Democratas a prefeito de Cuiabá, que foi colocada como condição para que eles não levassem o partido inteiro para apoiar a reeleição. Desde então vários nomes foram colocados e a discussão foi sendo adiada. Alguns secretários de Estado, depois o vereador Marcelo Bussiki, o presidente da Assembleia Eduardo Botelho e, com mais força, o ex-deputado federal Fábio Garcia. Nessa semana Garcia anunciou que não é candidato e que apoiará o ex-prefeito Roberto França. Isto garantiu a participação do Democratas num projeto de oposição à atual gestão, encabeçado pelo ex-prefeito que concorre com o atual na mesma faixa de eleitorado onde este é mais forte. Portanto, o objetivo estratégico do Governador foi alcançado.

Saíram várias candidaturas de oposição com acesso a segmentos variados do eleitorado, como é o caso da Gisela Simona e do Abílio Júnior. Só precisamos ver como se darão os apoios na prática, uma vez que há também a candidatura de Júlio a suplente de senador na chapa de Nilson Leitão. As notícias apontam que houve uma trégua nessa matéria, com Mauro apoiando Fávaro e os Campos trabalhando por Nilson Leitão. A conferir.

Outro aspecto importante a ser observado é o fortalecimento de Emanuel Pinheiro. Ele vem quebrando algumas regras consideradas de bom tom numa racionalidade política convencional. A principal delas é não concentrar muito poder, de modo a evitar que os outros se juntem contra ele para restaurar o equilíbrio do sistema. Optou por apoiar a eleição de seu filho para deputado federal sem carreira política prévia, baseado na sua força eleitoral no município de Cuiabá e também no peso da máquina da Prefeitura. Apesar da pouca idade, o deputado Emanuelzinho vem se destacando como um dos principais da bancada federal de Mato Grosso. Mas muitos entendiam este movimento como uma jogada arriscada, por possíveis ressentimentos que poderiam surgir entre os demais candidatos.

Agora vem sendo articulada uma candidatura do deputado federal a prefeito de Várzea Grande, junto com a de seu pai a reeleição em Cuiabá. De novo a sabedoria política convencional recomendou escolher entre uma ou outra candidatura, de modo a não concentrar muito poder e/ou caracterizar o surgimento de uma nova oligarquia. Afinal, um dos grandes segredos da arte política é saber distribuir os recursos de poder ou, dito de outra forma, reconhecer o poder que cada um dos aliados tem.

A presença de Emanuelzinho em Várzea Grande faz sentido, já que serve tanto a ele quanto aos Campos

Vinicius de Carvalho

A presença de Emanuelzinho em Várzea Grande faz sentido, já que serve tanto a ele quanto aos Campos, porque amplia o eleitorado dele lá, introduz uma terceira via na eleição e quebra um pouco o discurso da oposição de lá contra a família. Mas precisamos ver como os outros reagirão a este arranjo inédito de pai e filho disputando as prefeituras das duas maiores cidades do Estado em população de forma simultânea.

O deputado Carlos Bezerra já manifestou desagrado, porque o crescimento de Pinheiro o capacita a ser o sucessor natural do MDB em Mato Grosso. É claro que Bezerra quer conduzir sua própria sucessão com mais liberdade quando assim decidir. Outro movimento de Emanuel, desta vez em relação a Mauro Mendes, foi um possível apoio à candidatura de Pedro Taques a senador. Vejamos os próximos passos desse jogo de gente grande.

Vinicius de Carvalho é gestor governamental, analista político e professor universitário

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

TCE vê superfaturamento em Juara

carlos sirena 400 curtinha   Em plena campanha eleitoral o prefeito de Juara, Carlos Sirena (foto), candidato à reeleição pelo DEM, está tendo que buscar explicações sobre irregularidades apontadas pelo TCE-MT em alguns casos de dispensa de licitação, especialmente nas compras de produtos para...

Doação à campanha a pedido de Jayme

jayme campos 400 curtinha   O senador Jayme Campos (foto) não tirou um centavo do bolso para colocar na campanha de Kalil Baracat, mas é o responsável pela entrada de praticamente a metade dos R$ 1,4 milhão doados ao candidato do MDB à Prefeitura de Várzea Grande. Graças à...

Ex-senadora ajuda a afundar Reinaldo

selma arruda 400   Mesmo entregue ao ostracismo político, após ser cassada neste ano da cadeira de senadora por crimes eleitorais, como caixa 2, Selma Arruda (foto) ainda acha que consegue "arrebanhar" eleitores. E foi pensando nisso que ela apareceu no curto tempo do horário eleitoral de Reinaldo Morais para pedir voto ao...

Taques agora na lista de ficha-suja

pedro taques 400 curtinha   O ex-senador e ex-governador Pedro Taques (foto) entra na lista dos fichas-sujas. Ele se inscreveu para concorrer ao Senado pelo SD, mas teve registro indeferido pelo TRE devido a uma condenação aplicada pelo próprio Tribunal pelo uso eleitoreiro da Caravana da Transformação...

Briga eleitoral de parentes em General

renato vilela 400 general carneiro   A briga política, jurídica e eleitoral na pequena General Carneiro, de 14 mil habitantes, está acirrada e envolve, em palanques diferentes, grupos com vínculos familiares. São dois na disputa pela prefeitura. A ex-prefeita Magali Vilela desistiu de tentar de novo o teste das...

Ataques a EP e o revide dos amigos

fabinho 400 curtinha   O empresário Fábio Martins Defanti, o Fabinho Promoções (foto), que em 2016 disputou para vereador e perdeu, está sendo bombardeado de críticas em grupos de WhatsApp, inclusive pelos próprios amigos, por causa de comentários, gravados em dois vídeos, com um...

MAIS LIDAS