ARTIGOS

Sábado, 30 de Outubro de 2010, 08h:40 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:28

Artigo

Lúdio diz que Galindo faz as mesmas maldades de Wilson

Mais do mesmo!

   Francisco Galindo repete Wilson Santos. Lembrando Marx, “a história se repete, a primeira vez como tragédia, a segunda como farsa”. A administração Wilson Santos foi tragédia. Seguindo o caminho do antecessor, a gestão de Chico Galindo se apresenta como farsa, aprofundando maldades. É o que nos mostram as medidas recentes do governo do ex-vice e quase prefeito, que aprofunda as maldades de um mesmíssimo pseudo-modelo de gestão.

   Há algumas semanas, através do seu líder na Câmara, vem a público ameaçar a extinção do passe livre estudantil e a privatização da Sanecap, com o mesmo cinismo do seu antecessor, que só não levou a cabo tais propostas graças a uma forte resistência popular.

   Na semana que comemora o dia do servidor público, o ex-vice e atual prefeito anuncia a demissão de mil trabalhadores contratados como prestadores de serviço, especialmente nas áreas de saúde e assistência social. Ao lado disso, anuncia a suposta extinção de 100 cargos comissionados de confiança, mas ao mesmo tempo envia à Câmara um projeto onde cria em torno de 20 novos cargos de “assessores especiais”  e conta com a aprovação submissa da quase todos os vereadores.

   É a velha e maldosa regra: dá-lhe demissão de trabalhadores contratados precariamente, que praticamente já não têm direitos assegurados e vivem submetidos a um cotidiano de assédio moral permanente, em serviços de saúde e centros de assistência social. Quem merece demissão são as centenas de apadrinhados políticos do prefeito e dos seus candidatos a deputado nas eleições deste ano, que foram contratados e admitidos pela porta dos fundos e não trabalhadores que pelejam e se dedicam ao município, há anos submetidos a formas precárias de contratação porque a administração se nega, por exemplo, a cumprir a nossa lei que obriga a realização de concursos públicos anuais na saúde.

   Para essa administração, com os apadrinhados ninguém mexe, já os coitados sem padrinho, um abraço e até nunca mais.

   A mais recente maldade: na última sessão do mês de outubro, véspera de um feriado prolongado, Galindo envia à Câmara um projeto de lei que aumenta o IPTU em mais de 200%, isso mesmo, em mais de 200% e, pasmem, consegue a sua aprovação em regime de urgência no mesmo dia, a toque de caixa, com a aprovação da maioria mais que absoluta dos vereadores, apenas com o meu voto contrário.

   Para quem se recorda, é a tragédia de 2005, quando Wilson Santos fez a mesma coisa com o IPTU, repetida 5 anos depois por Chico Galindo, infelizmente, com a mesmíssima submissão do parlamento municipal.

   Eles só se esqueceram que em 2005 a população resistiu e, com um projeto de lei de iniciativa popular assinado por mais de 22 mil pessoas, conseguimos reverter o aumento.

   Vem mais resistência por ai. Podem esperar!

   E enquanto isso: o lixo toma conta da cidade esburacada, de trânsito entupido e sem água.

   Lúdio Cabral é médico sanitarista e vereador pelo PT em Cuiabá

Postar um novo comentário

Comentários (18)

  • Mário José Campos | Domingo, 31 de Outubro de 2010, 16h37
    0
    0

    o rapaz da cadeira q nao dará rasteira está ficando no interior com a namorada bancaria e no final de semana eles estao aqui na capital,cada um com seus devidos familiares,pq parece q alguém aí não aprova o namoro e entãio estrao fazendo este joguyinho de mentirinha entemderama meus queridos curiosos,mas aqui ele tem amiguinhas que o consolam tá amigaaaaaaasssss,sei de tudo,e de pertinho.Satisfeitos?

  • Mário José Campos | Domingo, 31 de Outubro de 2010, 16h35
    0
    0

    Mário José Campos, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Mario Marcio Silva | Domingo, 31 de Outubro de 2010, 16h28
    0
    0

    Cuiabanoooooos prestem atenção....o vereador LUDIO CABRAL já foi político bom e dedicado,nesta eleição não votei nele porque ele e sua digníssima esposa já se consideravam ELEITOS,subiram no salto antes da eleição,e o eleitor inteligente muda o voto na boca da urna,na fila da votação ,e bem feito que Ludio perdeu servirá para ele e a esposa refletirem e na desprezarem eleitores cativos,dançou,aprenda viu seu DR.Lúdio e esposa.

  • agenor feliciano neto | Sábado, 30 de Outubro de 2010, 21h18
    0
    0

    o vereador a de lutar pelo municipio buscando alternativas junto a união e estado responsabilizando pelos repasse dos estudantes das escolas estaduais e federais. Que tanto o sr presidente e o governo falam e usam como propaganda eleitoreira. Na hora quem paga e o municipio, quem recarda a maioria dos imposto e governo Federal. O ICMS e o Estado. O IPTU tem mas de oitoanos sem reajuste. O responsavel pelos passes da escolas particular e quem a recarda a maioria dos impostos.

  • adelmo cezar | Sábado, 30 de Outubro de 2010, 20h00
    0
    0

    o iptu ja e um imposto sem volta se aumentar a tendencia e piorar , tem que ter gestao, nao superarrecadacao o galinho e o galao sao farinhas do mesmo saco, so restar o pobre chorar e comer menos, beber menos agua, e enterrar lixo no quintal , nao ao aumento do iptu, se o salario aumentar 200 por cento pode aumentar 20 por cento o iptu

  • mario_agio | Sábado, 30 de Outubro de 2010, 19h53
    0
    0

    tem puxa saco do psdb a ufa neste site deus me livre so pode ser uns que vao mamar nas tetas do galindo e laskar a vida dos trabalhadores cuiabanos e triste como o povo mais pobre votou em pop, tonhinho e outros que viram as costa para os pobres e triste

  • leo dallas | Sábado, 30 de Outubro de 2010, 19h48
    0
    0

    nao existe gestores competentes em cuiaba e ainda vem loucos de sao paulo para aumentar imposto, isso e uma vergonha, para os puxa saco simbolico e uma moeda que se coloca no saquinho da igreja, nao um monte de dinheiro de uma casinha no grilo, que nao tem agua , nem coleta de lixo ,e que ainda tenho que parcelar, vamos criar coragem e sair para as ruas e lutar se fosse na coreia ta tinha tacado fogo no palacio do prefeito

  • Jão | Sábado, 30 de Outubro de 2010, 18h48
    0
    0

    Ô vereador, vamos deixar a burrice e a politicagem de lado. O valor do IPTU em cuiabá é um valor simbólico....a planta de valores genéricos teria que ser atualizada anualmente. Em cuiabá, faz 10 anos que não se atualiza. O imóvel valorizado, tem que ser taxado mesmo, sempre foi assim desde o império romano. Não tem investimentos nas ruas? Claro pô! Arrecada uma miséria no IPTU! O correto é atualizar mesmo, subir o IPTU e cobrar no ano subsequente as melhorias. Vamos ser mais racional e menos passional! Obs: não sou eleitor do galindo nem do pinoquio, nem petista, sou "apartidário" e brasileiro.

  • mario gutward | Sábado, 30 de Outubro de 2010, 17h30
    0
    0

    Esse vereador e aquele que elegeu como deputadocom votaçao expressiva(rsrsrsr),voce nao pensa em cuiaba mesmo ,garanto que nem IPTU ele paga ,nao sabe que esta defasado a muitos anos por isso o povo fala bem de campo grande porque la os vereadores olha para a cidade assim como os daqui estao começando a olhar ,alias num universo de 19 apenas um votar contra e ´PARA APARECER MESMO AINDA MAIS QUE SEU PARTIDO MORREU ABRAÇADO EM MT`.

  • jota ribeiro | Sábado, 30 de Outubro de 2010, 15h21
    0
    0

    meu caro paulo macedo ser a favor do povo é ser demmagogo , ora ser canalha tomar a grana do povo ,aumentar tarifas , mandar gente embora isso e demagogia me desculpe mas deve estar mamando ou nos safados do psdb ou nas barbas do galindo ser a favor do povo agora ´e ser demagogo né vc é um brincalhão

Pátio, vice, o MDB e ex-secretário

adonias fernandes 400 curtinha   Em Rondonópolis, o prefeito Zé do Pátio não desistiu de vez do seu antigo partido, o MDB, no qual militou por mais de duas décadas. Embora em rota de colisão com alguns líderes emedebistas, Pátio ainda tem bom contato com o ex-padrinho político, o...

Prefeito de Sapezal e aditivo com 15%

valdecir casagrande 400 curtinha sapezal prefeito   O prefeito de Sapezal, Valcir Casagrande (foto), autorizou o quarto aditivo de um contrato sem licitação, firmado em 2019 entre o município e a Casa de Saúde Santa Marcelina. Chamam atenção o valor e o aumento. A continuidade do atendimento aos...

Partidos acirram disputa a vice de Léo

leonardo 400 curtinha   Em Primavera do Leste, o prefeito emedebista Léo Bortolin (foto), um dos mais bem avaliados gestores mato-grossenses, convive com uma disputa acirrada de pretendentes ao cargo de vice-prefeito de sua chapa. A corrida por novo mandato está tão confortável que Léo praticamente não tem...

MDB e PRB devem se juntar em ROO

luizao 400 curtinha   Ao menos dois blocos de oposição em Rondonópolis estão levando a sério a observação do ex-governador e ex-senador Blairo Maggi, para quem Zé do Pátio ganharia a reeleição numa boa se o município tiver várias candidaturas. Ou seja, quanto...

Parlamentares numa disputa cômoda

thiago silva 400 curtinha   Parlamentares que estão se aventurando na disputa a prefeito nada têm a perder. Não precisam nem se afastar dos mandatos para concorrer ao pleito. Em caso de derrota nas urnas de novembro, continuam com suas cadeiras garantidas até 2022 (situação de estadual e federal) e...

Sob recall e apoiamento de Bolsonaro

roberto franca 400 curtinha   Mesmo isolado e sem grupo político da época em que foi prefeito por duas vezes, Roberto França (foto), filiado ao nanico Patriota, não desiste da pré-candidatura em Cuiabá. E há um motivo forte que o deixa empolgado. Seu nome vem se consolidando como o segundo nas...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.